Visite também: UnderLinux ·  Dicas-L ·  SoftwareLivre.org ·  [mais] ·  Currículo ·  Efetividade ·  makerNews ·  Arduino

Como instalar um kernel 100% livre no seu Linux

Interessante artigo do Elias Praciano para quem tem visão de licenciamento diferente daquela dos autores do kernel que prefere usar.

Os anos passam, e as questões de nomenclatura continuam interessantes. Mantive o título original porque me pareceu curiosa a justaposição de ideias (instalar um kernel no Linux). Me atraiu a atenção também o trecho citado abaixo, que fala em usar com Linux o kfreeBSD e o GNU/Hurd (que acredito estar se referindo ao GNU Hurd, e não ao GNU/Hurd) – certamente um experimento divertido, se não for com uma prosaica virtualização.

Deixando à parte o meu interesse na terminologia, o procedimento apresentado é bem detalhado, consistindo em editar o apt-sources, baixar e verificar uma chave GPG, selecionar e baixar uma imagem de kernel. A não ser, é claro, que você também prefira usar o libreboot para substituir o BIOS proprietário do seu equipamento – neste caso, também será necessário criar um link simbólico para um arquivo no diretório do gerenciador de boot.

Via elias.praciano.com:

O GNU Linux-libre é um projeto que tem o objetivo de disponibilizar um kernel Linux 100% livre para seus usuários. Caminha ao lado do projeto oficial do kernel Linux, sempre mantendo uma versão “filtrada” – ou seja, sem o código proprietário.

(...) Outras opções de kernel livres e menos conhecidas — que você pode usar com o Linux — são o kfreeBSD e o GNU/Hurd. Sim, o primeiro é o kernel do freeBSD. O Hurd é um projeto da organização GNU, anterior ao próprio Linux. Seu objetivo era substituir o kernel do Unix, por uma opção 100% libre, mas o kernel Linux acabou se provando mais viável e é o que nós usamos hoje, nas nossas distribuições. O kernel GNU/Hurd ainda está em fase experimental.

Comentar

 
comments powered by Disqus

Comentários arquivados