Visite também: UnderLinux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L ·  NoticiasLinux ·  SoftwareLivre.org ·  [mais] ·  Currículo ·  Efetividade

Coordenador Geral do FLISOL Brasil recomenda não instalar Ubuntu no evento

Tags: drivers, instalar, distribuicoes, evento, comunidade

Após publicar a nota abaixo (enviada ao BR-Linux pelo Anahuac), em que recomenda aos coordenadores regionais do evento que "não distribuam ou realizem instalações de Ubuntu durante o FLISOL" e fala em trazer "total desconforto à comunidade como um todo", Thiago Paixão – o coordenador do FLISOL brasileiro – achou por bem acrescer um adendo esclarecendo que isso é a posição dele, e não a da organização FLISOL.

Por falar em posição pessoal, eu pessoalmente lamento ver um evento com um histórico tão inclusivo tomar essa posição excludente, em especial se o coordenador em questão não tiver enviado antes esse mesmo posicionamento à comunidade Ubuntu e aguardado a resposta dela.

Mas o FLISOL optou por escolher esse coordenador geral e permite a ele publicar no site flisol.info esse posicionamento (que recebeu a bênção do Bom Doutor, em espanhol), então me parece que isso está de acordo com a governança da organização, é o direito dela de tomar as atitudes excludentes que quiser.

Eu estarei aqui à disposição para publicar o posicionamento do FLISOL internacional, de coordenadores regionais ou da comunidade Ubuntu, caso tenham algo a acrescentar.

Enviado por Anahuac de Paula Gil (anahuacΘanahuac·eu):

“FLISOL sem Ubuntu

O FLISOL - Festival Latino-americano de instalação de Software Livre é reconhecido como um dos mais antigos e importantes eventos descentralizados da comunidade latino-americana de Software Livre, completando em 2015 sua 11ª edição.

Ao longo de todos esses anos, o FLISOL teve como compromisso levar gratuitamente instalação de Software Livre, compartilhamento e conhecimento a todos os interessados da sociedade, especialmente à quem ainda não teve, até então, a oportunidade de conhecer e utilizar Software Livre. Com base nesse compromisso, sempre foi respeitada a utilização e instalação exclusiva de Software Livre em todas as edições, não havendo a necessidade de debates em torno de que softwares devem ser instalados ou não durante o evento.

Mas os tempos mudaram, o mercado adotou amplamente o GNU/Linux tornando-se hoje um sistema tão popular quanto seus concorrentes privativos, presente nos mais diversos produtos do mercado. Infelizmente, o que ganhamos em popularidade, perdemos em liberdade. Na grande maioria das vezes, os esforços e opiniões da comunidade não são levadas em consideração pelas empresas que distribuem soluções baseadas em GNU/Linux, havendo uma total negligência e desrespeito quanto as liberdades trazidas pelo Software Livre.

Hoje temos esse cenário ocorrendo em diversas distribuições GNU/Linux, mas é inegável que o exemplo mais emblemático fica a cargo da distro mais popular da atualidade, o Ubuntu da Canonical e suas variantes. É de amplo conhecimento que o Ubuntu vem recheado de drivers e softwares privativos em sua instalação padrão, não orientando e muito menos dando opção de não instalação à seus usuários, gerando uma grande desinformação e dependência, em especial dos usuários mais novos. Sua situação se agrava quando em 2012 foi identificado que, sem um prévio aviso adequado e autorização do usuário, o Ubuntu coletava e vendia dados de seus usuários para empresas como a Amazon, tornando-se a primeira distro a adotar tais praticas invasivas que desrespeitam seus usuários e a tudo que é defendido pelo Movimento de Software Livre. No geral, as políticas empregadas pela Canonical em seus produtos, sempre foram questionáveis do ponto de vista das liberdades e filosofia propostas pelo Software Livre, trazendo total desconforto à comunidade como um todo, trazendo à tona todo esse debate.

Ainda não há um consenso da organização latino-americana do FLISOL quanto a posição a ser tomada em torno do tema, por isso cabe a nós, coordenadores e colaboradores do FLISOL, reagirmos, realizando o debate em torno da questão e levando a situação ao conhecimento de todos. Portanto, como Coordenador Geral do FLISOL Brasil, recomendo fortemente aos Coordenadores Regionais que não distribuam ou realizem instalações de Ubuntu durante o FLISOL. No caso do usuário levar um computador com o Ubuntu já instalado, e ele não quiser substitui-lo por outra distribuição, não negue ajuda, oriente-o da melhor forma. A autonomia das coordenações regionais continua inalterada, ou seja, cabe a elas decidir quais distribuições instalar, mas a recomendação foca em indicar um caminho de coerência com o objetivo primário do FLISOL que é difundir exclusivamente Software Livre.

Thiago Paixão Coordenador Geral FLISOL Brasil” [referência: flisol.info]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

LXQt no Debian: veja como instalar o ambiente

Tags: instalar, distribuicoes

Enviado por Edivaldo Brito (edivaldobezerraΘgmail·com):

“Se você usa Debian e está na expectativa para experimentar o próximo ambiente gráfico do LXDE, veja como instalar o ambiente LXQt no Debian, através de repositórios externos. Assim, você terá o ambiente de trabalho e aplicações dedicadas no seu sistema e manterá eles sempre atualizados.” [referência: edivaldobrito.com.br]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Laravel do Começo ao Fim [parte 3]

Tags:

Enviado por Jonathan A Schweder (jonathanschwederΘgmail·com):

“Parte 3 do tutorial sobre Laravel 5, nessa parte falarei sobre Model's e View's,aproveitem e vejam as duas outras partes em nosso blog \o” [referência: blog.butecopensource.org]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Docker, infraestrutura simples e rápida

Tags: kernel

Enviado por Rafael Gomes (gomexΘriseup·net):

“Uma plataforma aberta para desenvolvedores e administradores de sistemas, usada para construir, executar e distribuir máquinas.

Tudo isso é possível por conta da Docker Engine, que é um forma de empacotamento portável, simples e pequena de infraestrutura, que constitui facilmente várias máquinas executando no mesmo kernel, porem isoladas logicamente, usando as tecnologias LXC, AUFS e BTRFS.” [referência: techfree.com.br]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Red Hat desenvolverá aplicativos móveis corporativos

Tags:

Enviado por Lino Neto (linoΘvirtx·com·br):

“A Red Hat entende que o desenvolvimento de uma aplicação móvel não é o mesmo que construir um aplicativo para a área de trabalho, razão pela qual a empresa tem aumentado sua linha de softwares com novas tecnologias para o desenvolvimento de aplicativos móveis. “A arquitetura Web está dando lugar a uma arquitetura móvel emergente”, disse Cathal McGloin, vice-presidente de plataformas móveis da Red Hat. Assim como a IBM e Oracle, a Red Hat vem trabalhando para ampliar seu portfólio de software da empresa para que ele possa suportar aplicativos móveis, bem como, particularmente aqueles em que os seus clientes possam desenvolver em casa.

Para as empresas, o desenvolvimento de aplicações móveis para clientes ou funcionários pode ser uma tarefa exigente, especialmente quando os programas precisam ser perfeitamente conectados com sistemas back-end complexos.

A Red Hat quer ajudar a unir os mundos de aplicativos móveis e sistemas back-end de registro.” [referência: virtx.com.br]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Carros ganham tecnologia da informação de código livre

Tags: desenvolvedores

Enviado por Christian Piva Franzen (cpfranzenΘgmail·com):

“Engenheiros da Universidade Técnica de Munique criaram um sistema com duas camadas, uma voltada ao entretenimento e outra somente para questões de segurança, como freios, por exemplo.

O sistema deverá ser disponibilizado como software livre usando Java e a plataforma de hardware PandaBoard, fabricada pela Texas Instruments.” [referência: inovacaotecnologica.com.br]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Transmission + Nginx: Gerenciando torrents remotamente usando HTTPS

Tags: servidor

Enviado por Felipe (felipehwΘgmail·com):

“O Transmission é um cliente de torrent bastante conhecido no mundo GNU/Linux. Entretanto, há muitas pessoas que desconhecem que ele pode ser usado como um serviço (daemon) subindo sempre que a máquina está ligada e sem necessitar de interface gráfica para gerenciá-lo (pode ser gerenciado remotamente via browser, cli, gtk, etc.).

Esse post demonstra como configurar o serviço do Transmission para gerenciar remotamente downloads e como aplicar criptografia (HTTPS) na conexão estabelecida entre o cliente remoto usado para gerenciar os torrents e o servidor.

Link: [felipehw.github.io/…]” [referência: ]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

SSH: Cifra versus taxa de transmissão

Tags:

Enviado por Fernando Auil (fernando·auilΘgmail·com):

“Sabe-se de longa data que a escolha da cifra (cipher) no SSH afeta a taxa de transmissão de dados. Para quem tiver curiosidade sobre como testar e gerar gráficos a partir dos resultados.” [referência: auil.net.br]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Unity: Instalando a ferramenta de configuração Unsettings no Ubuntu

Tags: instalar, distribuicoes

Enviado por Edivaldo Brito (edivaldobezerraΘgmail·com):

“Unsettings é uma ferramenta de configuração que permite que os usuários alterem as configurações do ambiente Unity, como temas GTK, gerenciador de janelas, ícones, cursores e até desativem o menu global e as sobreposição das barras de rolagem para o usuário atual. Por isso, se você quer fazer alguns ajustes no seu sistema e deixá-lo realmente quer, veja como instalar a ferramenta de configuração Unsettings no Ubuntu.” [referência: edivaldobrito.com.br]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

redislite: Redis sem necessidade de servidor para Python

Tags: instalar, desenvolvedores, servidor

Enviado por Alexandre Vicenzi (vicenzi·alexandreΘgmail·com):

“O time de desenvolvedores do Yahoo anunciou uma implementação do Redis para Python sem a necessidade de instalar e configurar um servidor Redis. A grande vantagem é a remoção de uma dependência do seu código, quando o quesito é testes.” [referência: blog.butecopensource.org]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Acelerando o desenvolvimento com glade

Tags: desenvolvedores

Enviado por Pedro Jefferson (pedrojefferson·developerΘgmail·com):

“Glade é uma ferramenta Opensource para desenvolvimento de aplicações Gtk+ altamente intuitiva e fácil de manusear. Ele gera um xml que pode ser manipulado dinamicamente pelo código. O que te deixa livre para utilizar a mesma interface com diversas linguagens de programação.” [referência: blog.butecopensource.org]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Série de artigos sobre o AWS OpsWorks

Tags:

Enviado por Ricardo Martins (contatoΘricardomartins·com·br):

“Pessoal, Finalizei minha série de artigos sobre o AWS OpsWorks e estão disponibilizados nos links:

Parte I: [ricardomartins.com.br/…]

Parte II: [ricardomartins.com.br/…]

Parte III: [ricardomartins.com.br/…]

São posts básicos mostrando as principais funcionalidades e formas de utilização, que mostram de modo geral o poder desta excepcional ferramenta.”

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Oportunidade para prestação de serviços de desenvolvimento de software

Tags:

Enviado por sergio pimenta (sergio·pimentaΘmontreal·com·br):

“Engenheiro de software, especializado em desenvolvimento em Linux, com experiência em programação para smartcards, certificados digitais, PKI, MUSCLE, OpenSC/OpenCT. Enviar currículo para pcsmartcard@pcservice.com.br”
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

gnu-social-mode: instalação e dicas de comandos

Tags: instalar

Enviado por Albino Biasutti Neto (bino no_spam riseup dot net):

“O grupo LibrePlanet Brasil [1] possui um espaço social desenvolvido pelo GNU Social. Para participar da rede é preciso fazer parte do grupo e/ou pedi convite pela lista de discussão LP-BR-SP.

Baixe o código no Savannah: [savannah.nongnu.org/…]

se quiser contribuir participe da lista de discussão e envie seu patch: [lists.nongnu.org/…]

Dica atualizada do identica-mode. 1 - [libreplanetbr.org/…]

Feliz hacking” [referência: softwarelivre.org]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Liberada a grade do treinamento LPIC3 do HowTo Online

Tags: patrocinador, evento

Enviado por Bruno Odon (admΘbrunoodon·com·br):

“O instituto HowTo Online liberou a grade do treinamento para a prova 300 (Mixed Environments) da certificação LPIC3. O treinamento será liberado para a venda no dia 6/4.” [referência: brunoodon.com.br]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]