Visite também: UnderLinux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L ·  NoticiasLinux ·  SoftwareLivre.org ·  [mais] ·  Currículo ·  Efetividade

Lançado o Debian 8 "Jessie"

Tags:

A Jessie chegou trazendo uma série de novidades interessantes, incluindo ter o controverso systemd como seu init default (o sysvinit continua disponível como opção).

A novidade que mais me atraiu a atenção, entretanto, foi que essa será a primeira versão do Debian a chegar com um compromisso de ser LTS (long term support), ou seja, de ter atualizações e manutenção por 5 anos, como acontece com determinadas versões do Ubuntu.

Bem-vinda, Jessie! E o personagem de Toy Story que vai ser o nome do Debian 9 já está escolhida: vai ser o Stretch. (via www.debian.org - “Debian -- Notícias -- Lançado o Debian 8 "Jessie"”)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Suporte a Linux passa de 20% dos jogos da Steam

Tags:

Aos poucos o Linux vai se espalhando por lá: já são 1.113 jogos listados na Steam com suporte a Linux. Numericamente a plataforma já está se aproximando do OS X, que tem 1760 jogos listados – mas no caso do Linux a proporção de jogos independentes ou de pouca repercussão ainda permanece maior. Ainda assim, está indo na direção certa para quem quer conteúdo da Steam no seu desktop Linux. (via www.phoronix.com - “There's Now More Than 1,100 Games On Steam For Linux - Phoronix”)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

X2Go: Uma solução para desktop remoto open source para Linux

Tags: instalar, servidor

Enviado por zeuslinux (zeuslinuxΘyahoo·com):

“O X2Go é um aplicativo de desktop remoto Open Source para GNU / Linux que utiliza o protocolo de tecnologia NX. A principal diferença entre X2Go e outros aplicativos de desktop remoto é que proporciona sessões remotas autônomas seguras via SSH. Assim, cada sessão conectada usando X2Go está fortemente criptografada e segura.

O X2Go permite, principalmente, conectar-se a sistemas Linux a partir de sistemas de Linux, Windows ou Mac. Além disso, muitos clientes podem simultaneamente conectar-se e usar um único servidor X2Go.

Ele vem com dois componentes, nomeadamente servidor X2Go e cliente X2Go. O cliente será capaz de se conectar ao(s) servidor(es) X2Go e iniciar, parar, continuar e terminar sessões de desktop (em execução). O cliente armazena diferentes conexões de servidor X2Go e pode solicitar automaticamente os dados de autenticação de diretórios LDAP. Além disso, pode ser utilizado como tela de logins em tela cheia (substituto para geranciadores de login como o xdm).

O servidor X2Go só pode ser instalado em sistemas Linux, enquanto pacote do cliente X2Go pode ser instalado em muitos sistemas operacionais, incluindo Linux, Windows e Mac OS X.” [referência: unixmen.com]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Usando a API do Google Analytics no Python

Tags:

Enviado por Pedro Jefferson (pedrojefferson·developerΘgmail·com):

“O Google Analytics permite que você avalie seu ROI de publicidade, bem como acompanhar seus sites e aplicativos em Flash, vídeo e redes sociais. É uma ferramente indispensável para aqueles que gostam de monitorar seus sites e saber informações relacionadas aos acessos.” [referência: blog.butecopensource.org]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

RC do Mageia 5 lançado com suporte UEFI

Tags: office, instalar, distribuicoes, falha, comunidade

Enviado por macxi (emebipeΘyahoo·com·br):

“Foi disponibilizado neste domingo, 26, para testes, a Mageia 5 RC, com muitas correções de bugs e atualizações. Faça o download da Mageia 5 RC aqui.

As principais novidades são o suporte ao UEFI, a implementação do sistema de arquvio btrfs, a integração do grub2, a adoção do Adwaita como tema padrão em vez de oxigênio-gtk e a adoção de um novo padrão de dependências dos pacotes da Mageia 5, tornando-os mais próximos do sistema dos pacotes da Fedora/Suse/etc. Foram feitas muitas outras melhorias, atualização de muitos pacotes, como o Libreoffice 4.4 O, e novos pacotes adicionados ao repositório. Ler mais em Notas de Lançamento da Mageia 5 RC

Como informa o Blog Mageia, o atraso neste lançamento decorreu dos ajustes que foram feitos na integração do suporte UEFI e nas correções no suporte ao RAID, na integração do GRUB 2, nos problemas gráficos ligados as evoluções do GTK+3, na adição de mais recursos de login e depuração de recursos do urpmi e do instalador, além de melhoramentos no particionamento padrão para refletir melhor as necessidades dos usuários.

A Mageia 5 RC vem com oito ambientes gráficos: KDE 4.14.3 e Plasma 5.1.2, GNOME 3.14, LXDE, XFCE, LXQT (substituindo o RazorQt), Mate, Cinnamon e Enlightenment E18, além dos gerenciadores de janelas leves como afterstep, awesome, dwm, fluxbox, fvwm2, fvwm-crystal, i3, icewm, jwm, lightdm, matchbox, openbox, pekwm, sugar, swm e windowmaker.

O Lançamento final da Mageia 5 está previsto para a primeira quinzena de maio, por isso sejam bem-vindos todos que desejarem colaborar com o desenvolvimento desta distro comunitária, auxiliando na caça aos bugs, dando sugestões ou simplesmente participando da comunidade.

Lembramos que a Mageia 5 RC (Release Candidate - candidato a lançamento) é uma versão para testes, está ainda em desenvolvimento, por isso não deve ser instalado em máquinas de produção.” [referência: blog.mageia.org]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Vaga para Analista de Suporte no Oeste do Paraná

Tags: apache, distribuicoes, curso, banco-de-dados, servidor

Enviado por João Paulo de Lima Barbosa (joaoΘpti·org·br):

“A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU – BRASIL (FPTI-BR) torna público que serão recebidas as inscrições para o Processo Seletivo no 42.15 sob contratação em regime CLT (Consolidação das Leis de Trabalho) com Contrato por Tempo Indeterminado, para preenchimento da vaga de Analista de Suporte para atuar na área de Tecnologia da Informação e Comunicação.

REQUISITOS MÍNIMOS PARA PARTICIPAÇÃO Atender o perfil do cargo, conforme os requisitos mínimos abaixo descritos: Graduação em Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Engenharia da Computação, Tecnologia em Gerenciamento de Redes ou outros cursos de tecnologia equivalentes que sejam reconhecidos pelo MEC como curso superior; Experiência profissional mínima de 06 meses atuando como analista de suporte ou função equivalente; Conhecimentos de inglês técnico; Conceitos de Software Livre e Licenças GNU / GPL; Conhecimentos avançados em administração de sistemas GNU/Linux, preferencialmente Debian (ou Ubuntu Server) e Red Hat Enterprise Linux (ou CentOS) voltados a ambientes de servidores; Conhecimentos sobre sistemas de arquivos EXT4 e XFS; Comandos básicos e avançados para administração de servidores através de interface de linha de comando CLI baseados em Bash; Conhecimento e administração de ferramentas de gerenciamento de pacotes baseadas em DEB e/ou RPM; Conhecimentos em serviços de rede: acesso remoto via SSH, servidor Web (Apache, Tomcat), autenticação centralizada com OpenLDAP, DNS (Bind), controlador de domínio e compartilhamento de arquivos com SAMBA3 e SAMBA4, monitoramento com Zabbix,soluções de correio eletrônico baseadas em Postfix e Cyrus, gerenciamento centralizada de logs com syslog-ng; Conhecimento em soluções de Virtualização baseadas em RHEV/Ovirt, KVM, Virt-Manager; Segurança: conceitos de IDS (Intrusion Detection System), IPS (Instrusion Prevention System) e Firewall baseado em IPTables; Conhecimentos na arquitetura TCP/IP: endereçamento, roteamento e NAT; Conhecimentos básico em protocolo IPv6: endereçamento e roteamento; Habilidades: Trabalho em equipe, comunicação e negociação de prazos; Capacidade analítica e raciocínio lógico; Flexibilidade para execução de atividades; Atitudes: Ter iniciativa e disciplina; Persistência para buscar soluções de problemas diversos; postura profissional e ética; Comprometimento.

HABILIDADES E CONHECIMENTOS DESEJÁVEIS: Conhecimentos em Configuração e Administração de equipamentos CISCO; Conhecimentos em redes SAN (Storage Area Network); Conhecimentos em Configuração e Administração de Controladores de Domínio baseados em Samba4 e/ou Active Directory; Experiência em ambiente de Data Centers; Configuração básica de servidores PostgreSQL e MySQL; Alguma das seguintes Certificação: - RHCSA (Red Hat); - RHCE (Red Hat); - LPI (Linux); - ITIL (Processo); - CCNA (Cisco); - DCS (Furukawa); - FCP (Furukawa);” [referência: pti.org.br]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Aprenda a plataforma Linux em Belém

Tags: evento

Enviado por Virtuallink (ascomΘvirtuallink·com·br):

“Você sabe ou não sabe Linux ? Quer ingressar neste Universo de Conhecimento ? Em Belém, a VirtualLink, mensalmente, realiza Treinamentos para Iniciantes e Profissionais de T.I., visando preparar mão-de-obra qualificada na Plataforma para o Mercado de Trabalho Local e na Região Norte. Ambiente adequado com Laboratórios de última geração, extremamente, confortáveis. Quer mais ? Nossos Treinamento são hands on – 100% práticos ! Ensinamos tudo que você e sua Equipe necessitam saber para dominar o Sistema Operacional que mais cresce no Mundo. Aproveite nossa promoção e obtenha sua Certificação Internacional em Linux. Saiba mais acessando: http://www.virtuallink.com.br/treinamentos/linuxmais/” [referência: virtuallink.com.br]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

KDE: Campanha de doações para o LaKademy 2015

Tags: video, comunidade

Enviado por Filipe Saraiva (filipeΘkde·org):

“O KDE Brasil lançou uma campanha de doações para o LaKademy 2015.

O LaKademy - abreviação para Latin America Akademy - é o encontro dos usuários e colaboradores latino-americanos do KDE. Este ano será a quarta reunião da comunidade, e esse encontro mostra-se muito importante para desenvolvermos ações para a América Latina e também para trabalharmos juntos nos diferentes projetos que desenvolvemos.

KDE é uma das maiores comunidades de Software Livre do mundo, e juntos desenvolvemos uma ampla gama de aplicações de todos os tipos, que são utilizadas por diversas pessoas em diferentes projetos. A comunidade Latinoamericana é pequena, porém bastante ativa no desenvolvimento e na promoção do projeto, inclusive fora do continente.

A meta de arrecadação está em 10 mil reais, que será investido nos custos de passagens e hospedagem em hostel para 8 colaboradores vindos de diferentes partes da região. Ajude a divulgar e colabore! Faça o LaKademy 2015 acontecer! Obrigado, em nome da comunidade KDE.” [referência: http:]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Fazendo backup para o Amazon S3 com Python

Tags:

Enviado por Pedro Jefferson (pedrojefferson·developerΘgmail·com):

“Fazer backup é algo muito importante quando se tem um site ou sistemas em produção. Existem várias formas de se fazer um backup. Você pode optar por um software, pago ou não, ou criar a sua própria ferramente ou script dependendo de sua necessidade.” [referência: blog.butecopensource.org]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Deixe o Ubuntu completo – instale o Ubuntu After Install

Tags: instalar, distribuicoes

No rastro do lançamento do Ubuntu 15.04.

Enviado por Edivaldo Brito (edivaldobezerraΘgmail·com):

“Se depois de instalar ou atualizar seu sistema você achar que está faltando algo, experimente instalar o Ubuntu After Install para ter um Ubuntu completo. O programa instala uma grande coleção de programas no Ubuntu que ajudam a deixar seu Ubuntu completo, seja para usá-lo em casa, empresa ou organização.” [referência: edivaldobrito.com.br]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

DatabaseCast 56: Sintaxe SQL

Tags: banco-de-dados

Enviado por Mauro Pichiliani (pichilianiΘgmail·com):

“Neste episódio do DatabaseCast, Mauro Pichiliani (@pichiliani), Wagner Crivelini (@wcrivelini) e os ouvintes Alex Zaballa (@alexzaballa) e Henrique Jardim (@henriquejardim) quebram a cabeça tentando descobrir o problema na sintaxe do comando SQL. Você também vai saber um pouco mais sobre o padrão SQL, descobrir por que fugir da álgebra relacional, evitar colocar hints de instrução na forma de comentários, odiar a sintaxe (+)= e =(+) e não dar ouvidos ao diabinho e ao anjinho que ficam em cima dos ombros.” [referência: imasters.com.br]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Promoção curso de Shell Script

Tags: curso, desenvolvedores

Enviado por Fernanda Santos (fefaoleverΘgmail·com):

“Promoção no curso de introdução ao Shell Script. O curso é desenvolvido para iniciantes no Linux e programadores que desejam conhecer a linguagem de programação Shell Script.

Preço promocial: R$ 70,00. Professor: Ronaldo Ferreira, Programador Shell há mais de 10 anos e consultor Unix. Link informativo: http://tux4.com.br/elearning/Cursos/introducao-ao-shell-script/

* Disponível também o curso Unix Shell de nível intermediário.” [referência: tux4.com.br]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Hangout Introdução OPNsense

Tags:

Enviado por Luiz Gustavo Costa (luizgustavoΘluizgustavo·pro·br):

“Olá meu povo, com prazer, volto com a programação de nossa série de Hangouts sobre software livre, e dessa vez venho fazer uma apresentação e introdução sobre o projeto OPNsense.

O Hangout esta agendado para o dia 12 de Maio/2015, em uma terça-feira, com inicio as 20:00hrs

Antes de mais nada, o que é OPNsense? OPNsense é um projeto que nasceu como fork do pfSense 2.2.x com o intuito de melhorar a parte de interface e aprimorar componentes internos com métodos alternativos ao usado no pfSense®.

Todas as informações sobre o projeto, você poderá encontrar nesse link ou no dia do Hangout :-) Sobre o que vamos falar então no Hangout ?

Bom, serão 2 (duas) horas de interatividade através da ferramenta da Google, abordando os seguintes itens: Introdução - Sobre o Projeto - Vantagens vs. Desvantagens - Porque usar OPNsense ? - Mão na massa - Ambientes - Instalação - Configuração inicial - Características da interface - Um pouco de console - Tempo para responder dúvidas

Para participar deste Hangout, o minimo necessário do usuário é ter noção básica de utilização de interfaces de gerenciamento web, assim como estar familiarizado com ambiente de firewall.

Iremos trabalhar já com a versão a última versão disponível para o dia do Hangout e iremos implementar uma mão na massa de ambientes propostos pelo os participantes do Hangout.

Semelhantes aos outros Hangouts, as pessoas que querem participar ativamente do Hangout com perguntas, devem enviar um email para mim no endereço luizgustavo@luizgustavo.pro.br estarei fazendo uma cobrança de R$ 50,00 para a participação, o limite de participantes é de 10 pessoas. Envie um email solicitando o convite e a data em que irá participar que eu irei enviar instruções de pagamento (Paypal esta incluido).” [referência: luizgustavo.pro.br]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

FLISoL Campinas 2015 - Divulgação e Chamada de Trabalhos

Tags: office, instalar, distribuicoes, evento

Enviado por Sergio Durigan Junior (sergiodjΘsergiodj·net):

“O LibrePlanet São Paulo tem o prazer de anunciar o FLISoL Campinas 2015! Neste ano, o evento acontecerá no Laboratório Hacker de Campinas (LHC), que está dando um apoio logístico ao evento (obrigado!).

O FLISoL Campinas será totalmente alinhado com o Movimento Software Livre, o que significa que os participantes poderão instalar distribuições 100% Livres, como aquelas que o projeto GNU reconhece como compatíveis com as Recomendações para Distribuições de Software Livre, e o Debian GNU/Linux (*somente o repositório main*).

Gostaríamos também de aproveitar e convidar palestrantes para o evento. Como estamos falando de um evento sobre Software Livre voltado para usuários, a prioridade será dada para propostas de palestras que tenham como enfoque ensinar os usuários sobre Software Livre e/ou sobre alguma ferramenta Livre; palestras que sejam voltadas para desenvolvedores, por exemplo, receberão prioridade menor na seleção. Para ajudar, criamos uma lista de possíveis áreas específicas que podem ser o tema de alguma palestra:

1) Suítes de escritório Livres (LibreOffice, Calligra, etc.).
2) Softwares Livres para edição gráfica (GIMP, Inkscape, etc.).
3) Jogos Livres.
4) Software Livre educacional e para crianças.
5) Navegação segura na Web utilizando Softwares Livres.
6) Software Livre para edição de vídeos (Kdenlive, etc.).
7) Software Livre para editoração.
8) Software Livre para música (Lilypond, Denemo, Audacity, Ardour, etc.).
9) Ferramentas de desenvolvimento Livres (IDE's)

Obviamente, essa é só uma lista de possíveis tópicos; é perfeitamente possível sugerir novos assuntos, desde que eles sejam relacionados ao Software Livre (mas a gente nem precisava falar isso, né? :-).

Se você estiver interessado em propôr uma palestra, atividade, ou a ajudar na organização, pedimos que entre em contato conosco através da nossa lista de discussão, em: flisol-campinas@lists.libreplanetbr.org

Você pode se inscrever na lista aqui: http://lists.libreplanetbr.org/cgi-bin/mailman/listinfo/flisol-campinas

E sugerimos também que você acompanhe nosso site: http://libreplanetbr.org/flisol-campinas/2015/index.html

Postaremos atualizações e nossa grade de programação lá! Esperamos você no dia 25 de Abril de 2015 no LHC! Venha nos ajudar a fazer um FLISoL 100% Livre!” [referência: libreplanetbr.org]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Lançado o Centreon 2.6

Tags: instalar, distribuicoes, evento, desenvolvedores

Enviado por Luiz Gustavo Costa (luizgustavoΘluizgustavo·pro·br):

“Hoje foi feito oficialmente o lançamento da versão 2.6 do Centreon. Eu fiz abaixo uma tradução livre do post original, acompanhe:

Experiência do usuário aprimorada e melhor exploração do ambiente…

Centreon 2.6 oferece uma série de melhorias e aprimoramentos para permanecer fiel ao que os usuários de longa data mais esperam sobre o Centreon, em destaque:

Escalabilidade continua em termos de uso - Melhor controle do usuário e adaptabilidade - Configuração mais fácil no uso geral - Adicionais de compatibilidade com os padrões da indústria de código aberto

Continua Escalabilidade de Usuário

Gerenciamento de ACL foi melhorada para permitir um maior número de usuários simultâneos para trabalharem na mesma plataforma de monitoramento. Com o lançamento do 2.6, Centreon está aumentando esses limites ainda mais.

Agora você pode esperar de forma razoável, a ter 30 usuários que exploram a mesma plataforma de monitoramento, trabalhando em mais de 200 mil checagens a cada vez. Melhor de Controle do Usuário

Uma das maiores vantagens da utilização de código aberto está na flexibilidade para adaptar as suas capacidades técnicas ao nível do contexto do usuário e ambiente. No Centreon, mantemos essa vantagem e para oferecermos tais capacidades para nossos usuários.

Na versão 2.6, um desses recursos é permitir que você possa promover traps SNMP com execução do Centreontrapd. Você tem agora a possibilidade de:

Transformar ou adaptar uma mensagem de saída de um trap SNMP, por exemplo, para padronizar as mensagens de saída de acordo com o que você precisa para monitorar; Executar um código específico vinculado à uma mensagem de um trap SNMP, para acionar, por exemplo, algum serviço ou reiniciar processo; Desconsiderar alguns traps SNMP de um host específico quando é declarada um tempo de inatividade.

Outro exemplo, 2.6 permite reconstruir de forma eficiente a sua visão de relatórios no caso de perda de informações devido a um incidente. Centreon 2.6 faz isso executando uma simples análise do banco de dados de log para regerar eventos necessários para a reconstrução. Tudo que você precisa fazer é especificar uma data de início do incidente para recuperar as informações necessárias. Dessa forma, a análise de todo o banco de dados não é mais necessário e você economiza tempo e recursos. Mais fácil de configurar

A configuração é simplificada com o lançamento da versão 2.6, para alcançar uma integração homogénea com alterações óbvias para o ambiente de monitoramento existente.

Centreon 2.6 introduz a capacidade para os serviços dependentes de uma série de herdar automaticamente a sua criticidade configurado. Também é possível definir os níveis de criticidade global de um determinado host e de cluster serviços dependentes, graças à utilização de templates.

Compatibilidade com a versão 5.4 do PHP

Fãs de Debian 6, Ubuntu 13.04, Redhat 7 e CentOS 7 vai apreciar a nova compatibilidade da versão 5.4 do PHP para a interface de usuário do Centreon 2.6.

A instalação do Centreon 2.6 para versão Entreprise é muito simples e de forma rápida, terá um ambiente de monitoramento homogêneo, distribuído e seguro!

Disponibilizado pela primeira vez na versão 2.6, a compatibilidade PHP é planejada como uma melhoria ao longo do tempo para todos os produtos Centreon, de forma gradual e segura.” [referência: luizgustavo.pro.br]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]