Visite também: UnderLinux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L ·  NoticiasLinux ·  SoftwareLivre.org ·  [mais] ·  Currículo ·  Efetividade

Valve anuncia promoção na Steam com títulos importantes para Linux: Batman, Grid e mais

Tags: jogos, jogos

Enviado por Francivan Bezerra (fba·igΘig·com·br):

“A Valve anunciou em sua loja online Steam a pré-venda de novos jogos para Linux, entre eles, vários AAA. Batman: Arkham Knight, Saints Row IV, Payday 2 e Grid Autosport são alguns dos títulos que estão chegando para a plataforma do pingüim.” [referência: linux.softpedia.com]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Valve oficializa lista de jogos que virão portados para o SteamOS

Tags: jogos

Enviado por Erik Chendo (qrcyenΘgmail·com):

“Valve lançou uma lista de games que estão garantidos os ports deles para SteamOS.

Dentro dessa lista temos : Payday 2, Saints row IV, shadow of Mordor, Company of Heroes e "Batman Arkham Night"” [referência: store.steampowered.com]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Síndrome de Stallman, por Anahuac

Tags: instalar, pos-pc, bom-doutor

Enviado por Anahuac de Paula Gil (anahuacΘanahuac·eu):

“O Stallman não é fácil. Ele é duro, reto, honesto, rude, impaciente e consegue estar certo quase sempre. Se você já assistiu algum episódio da série americana The Big Bang Theory e já esteve com o Stallman, fará o link inevitável entre Sheldon Cooper e Richard Stallman. Os dois são geniais, querem mudar o mundo e são quase ineptos sociais. A diferença real entre eles é que Stallman existe e vem revolucionando o mundo a mais de 30 anos, enquanto o outro é apenas um palhaço megalomaníaco.

Mas não se pode julgar um livro pela capa, certo? Ao menos assim deveria ser. Me parece absurdo ter que dizer isso, mas é fato que boa parte da militância do Movimento Software Livre se deixou levar pelas propaganda anti Stallman e vem reagindo ao conceito filosófico do Software Livre baseando-se no seu comportamento (anti) social. Em um mundo cada vez mais fútil e frívolo a imagem pesa muito. Cabelo cortado, um sorriso no rosto, uma pitada de maldade e boom! O que quer que o candidato a galã das seis, tenha a dizer, deve ser ouvido. Mesmo que não seja algo bom. Vide a forma como a mídia age de maneira condescendente com o Lunis Torvalds, mesmo sendo ele mesmo uma pessoa reconhecidamente rude.

A aversão à pessoa do Stallman é algo tão marcante que um colega do movimento, depois de uma longa conversa, em tom de brincadeira disse sofrer da "Síndrome de Stallman". Então vamos tentar explicar isso e ver se, você, por acaso, sofre do mesmo mal?

Primeiro vamos conceituar: "Trata-se de uma reação visceral, subconsciente, instintiva de rechaço às conceituações filosóficas do Software Livre definidas pela Free Software Foundation, graças ao comportamento anti social, rude e indelicado do criador do Movimento, do projeto GNU e da sua Fundação. Sua principal característica é justificar o Software Livre usando conceituações da Open Source Initiative."

Sintomas:

* Repúdio visceral ao nome Stallman; * Incontida associação dos nomes GNU, FSF, Stallman ou GPL ao xiitismo como sinônimo de radicalismo inconsequente; * Convicção que Software Livre deve dar dinheiro de alguma forma, pois não há almoço grátis; * Sentir, que entender e praticar os preceitos filosóficos do Software Livre tem conotação religiosa; * Certeza de que liberdade é sim "liberdade de escolha", inclusive a de usar Software Privativo; * Descrença por essa ideia de mudar o mundo, afinal de contas o mundo é capitalista e nada vai mudá-lo; * Calafrios sempre que alguém cita que Open Source e Software Livre são coisas diferentes; * Convicção que esse lance de GNU e Software Livre é coisa de comunista; * Discordar com veemência que Software Livre é um movimento social e político.

Se você sente três ou mais desses sintomas simultaneamente, então você sofre da Síndrome de Stallman. Provavelmente você é um militante, ativista ou simpatizante fervoroso do código aberto, que não aceita os supostos extremismos do Stallman. Durante seu tempo de uso do Software Livre, lentamente, sua percepção sobre a seriedade e comprometimento dos princípios do copyleft e suas implicações filosóficas foram se suavizando. Lentamente os apelos da simplicidade de uso das ferramentas privativas on-line, somados à simplicidade de instalação de "Linux" com partes privativas em qualquer notebook, somado ao seu fantástico smartphone, foram minando sua capacidade critica de combater o uso cotidiano de Software Privativo. Assim o discurso do Stallman e seu séquito, foi se tornando cada vez mais agressivo, surreal, inverossímil, apelativo e pouco pragmático. O que um dia era um sonho, uma utopia que te convenceu a usar Software Livre, foi convertido em certeza pragmática de que apenas o acesso ao código é o que importa.

E assim, você se convenceu de que continua sendo um defensor, ativista, fã de Software Livre e que foi o Stallman, a FSF e seus seguidores os que não evoluíram. Ficaram estacionados no tempo e na ingenuidade de fazer do mundo um lugar melhor. Ele são agora, mais que nunca, um bando de radicais intransigentes.

A Síndrome de Stallman é um acometimento que vai se tornando mais grave com o passar do tempo, culminando com o auto convencimento de que não foi você quem se transformou em outra pessoa, mas que o próprio Software Livre deveria ser aquilo que você quer que ele seja, deixando de ser o que sempre foi. Você deseja, do fundo da alma, que o Software Livre se adéque ao mercado, ao cotidiano, que seja mais maleável, compreensível e que não cause tanta controvérsia. A incapacidade de perceber que essas características nunca foram do Software Livre e sim do OSI é o ápice da síndrome.

Tem cura?

Como a maior parte das síndromes a cura é muito difícil, podendo até ser incurável. Mas as etapas são relativamente simples:

1. Assuma-se. Olhe para dentro de si e certifique-se de que realmente deseja lutar por um mundo melhor; 2. Separe a pessoa Stallman, do conteúdo de suas ideias. Não é porque ele é impaciente ou grosseiro que o que ele diz está errado; 3. Entenda de uma vez por todas que não há concessões plausíveis para o Software Livre. Quem cede, coaduna e se mistura com Software Privativo é OSI; 4. Tenha bem claro que Software Livre e Código Aberto são coisas bem diferentes. Misturá-las apenas reforça a síndrome em você e nos demais; 5. Reconhecer que foi você quem mudou é fundamental; 6. E finalmente, ter que decidir se vai voltar a defender o Software Livre, como ele sempre foi ou se vai assumir sua mudança, e passar a defender outro conceito, como o OSI, por exemplo.

Vencidas as etapas do tratamento, a sua vida será mais prazerosa e honesta, especialmente porque qualquer que seja o seu caminho, ele estará claro para você os demais ao seu redor. Assim o que o Stallman diz voltará a fazer sentido ou não terá a mínima importância.

Saudações Livres!” [referência: anahuac.eu]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Procura-se Instrutor Linux/Open Source/Mikrotik (outros idiomas inclusive)

Tags: patrocinador, evento, curso

Enviado por Paulo Oliveira (treinamentoΘlinuxsolutions·com·br):

“Procuram-se novos instrutores Linux/Open Source/Mikrotik para cursos online e presenciais no Brasil todo.

É desejável fluencia em espanhol e ingles. Favor enviar CV / Linkedin para treinamento@linuxsolutions.com.br relacionando experiencias didaticas e conhecimentos especificos.” [referência: escolalinux.com.br]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

LAMP: Instalando o Apache no CentOS 7

Tags: apache, instalar, servidor

Enviado por Alexandre Vicenzi (vicenzi·alexandreΘgmail·com):

“Dando continuidade ao tutorial de instalação do LAMP no CentOS, hoje vamos ver como instalar o Apache. No tutorial anterior, vimos como instalar o MariaDB.

O Apache é o mais bem-sucedido servidor web livre. Ele representa cerca de 47.20% dos servidores ativos no mundo. Além disso, é a principal tecnologia da Apache Software Foundation.” [referência: blog.butecopensource.org]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Jogos: Unity 5 vem com suporte a WebGL e você pode conferir alguns exemplos

Tags: jogos

Enviado por Alexandre Vicenzi (vicenzi·alexandreΘgmail·com):

“Esta nova versão da mais popular ferramenta de desenvolvimento de jogos inclui uma prévia do exportador para WebGL. Os desenvolvedores de jogos estão a um passo de publicar os seus jogos para a Web de uma nova forma, tirando proveito do WebGL e do asm.js.

Confira os samples jogáveis.” [referência: blog.butecopensource.org]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Fim da linha para o CrunchBang Linux

Tags: distribuicoes

Enviado por Crunchboy (dradicchiΘgmail·com):

“Como fã do projeto, fiquei consternado ao saber do encerramento do projeto CrunchBang Linux, uma remasterização do Debian Testing, mas que também mantinha seus repositórios próprios. Nascido para ser a salvação de computadores de baixo desempenho, o CrunchBang Linux ultrapassou este propósito com uma oferta elegante e afinada do OpenBox + Tint2, conquistando muitos usuários do Debian puro. Daí, por esta "extrapolação" do público-alvo original, é que não concordo (mas respeito) com as justificativas apresentadas pelo mantenedor do projeto, disponível em: [crunchbang.org/…]” [referência: crunchbang.org]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Tutorial GPG em português

Tags:

Enviado por Eduardo Elias Ferreira (camponezΘgmail·com):

“GPG ou Gnu Private Guard é uma ferramenta pra comunicação segura. Nesse post vou exemplificar algumas maneiras de usar tentando descrever alguns casos de uso. Se quiser uma explicação mais detalhada do que é, você pode encontrar wikipedia ou no site oficial.

Também fiz um vídeo que está no final do artigo para mostrar as coisas que descrevo aqui em ação. Os dois tipos de criptografia que vou mostrar são as Simétrica e Assimétrica.

Todos os exemplos mostrados valem para qualquer tipo de conteúdo.” [referência: tech.eduardoelias.com]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Conheça o Elementary OS

Tags: distribuicoes

Enviado por Pedro Jefferson (pedrojefferson·developerΘgmail·com):

“Elementary OS é uma distribuição Linux baseada no Ubuntu, com foco em rapidez, design e simplicidade.

A distribuição veio para suprir as necessidades de pessoas que querem ao mesmo tempo as funcionalidades do Ubuntu e um design mais apurado.

Conheça alguns detalhes sobre a distro, os prós e os contras e veja opinião de quem utiliza!” [referência: blog.butecopensource.org]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Tradutoroootext, Traduz seus Textos direto do Openoffice ou Libreoffice

Tags: office

Enviado por Claudemir de Almeida Rosa (claudemir·arΘgmail·com):

“Nova versão do TradutorOOotext para Openoffice e Libreoffice, aqui no brasil poucos conhecem mas existem alguns posts lá fora.” [referência: extensions.openoffice.org]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

De novo: falha grave no SSL compromete a segurança dos acessos à web

Tags:

Está virando rotina, e desta vez é uma falha interessante, porque se baseia em levar o cliente (o navegador do usuário, geralmente) a aceitar se comunicar com o servidor usando as chamadas cifras 'qualidade exportação', que eram propositalmente enfraquecidas para poderem ser exportadas pelos EUA.

Os clientes vulneráveis incluem vários produtos com marcas como Google e Apple, e também é necessário considerar os servidores que suportam esse mesmo conjunto de cifras: eles são – pasme – mais de 25% dos que estão acessíveis na Internet.

O site freakattack.com tem riqueza de detalhes (e detecta se o seu navegador está vulnerável). E a Mozilla tem um gerador de configuração para servidores para que você possa evitar que seus sites estejam em risco de terem suas comunicações interceptadas usando a falha. (via freakattack.com - “Tracking the TLS FREAK Attack”)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Tutorial de Big Data usando Amazon EMR e Hadoop

Tags:

Enviado por Cleuton Sampaio (cleuton·sampaioΘgmail·com):

“Para desmistificar o Big Data, e desmascarar os marqueteiros, criamos um tutorial de análise de sentimentos usando o Hadoop, e o executamos no Amazon Elastic MapReduce. O tutorial e o código-fonte para filtrar e traduzir tweets são livres e você pode usar para outros tipos de análises.” [referência: obomprogramador.com]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Super User em Português - Novo site da Stack Exchange

Tags:

Enviado por Antonio Maniero (manieroΘklip·net):

“Depois do sucesso do Stack Overflow em Português a Stack Exchange está analisando a possibilidade de lançar o Super User em Português para assuntos gerais de TI que não são de programação. Este novo site tratará de qualquer assunto de hardware e software, incluindo infraestrutura para usuários e profissionais de TI. Para conseguirmos criar o novo site precisamos ter um número mínimo de usuário inscritos no site em incubação da empresa do Stack Overflow e outros sites de Q&A, o Area 51. Para quem tiver interesse no site pode fazer o "commit" em [area51.stackexchange.com/…] (não esquecendo de confirmar o e-mail). Já houve uma fase preliminar de definição do conteúdo e agora é necessário ter pessoas interessadas para serem "fundadoras" do site. Se quiser saber mais ou esclarecer dúvidas: [meta.pt.stackoverflow.com/…] Também estou à disposição.” []
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

instalando a versão multiplataforma do IRPF no Linux

Tags: instalar

Enviado por Edivaldo Brito (edivaldobezerraΘgmail·com):

“Fazer a declaração de imposto de renda no Linux não é mais algo complicado. Para conseguir isso, só é preciso instalar o programa gerador da declaração (IRRF), que está disponível na página da Receita Federal. Mas se você teve dificuldade para instalar o IRPF usando arquivos .bin, veja como instalar o IRPF no Linux usando a versão multiplataforma, que permite instalar o o IRPF em qualquer distribuição.” [referência: edivaldobrito.com.br]
Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

FISL 2015 abre chamada de trabalhos

Tags: jogos, evento, desenvolvedores, comunidade

Enviado por Gabriel Galli (gabrielΘagenciamaga·com):

“A 16ª edição do Fórum Internacional Software Livre (FISL) está com a chamada de trabalhos aberta até dia 29 de março. O evento, que é considerado o maior encontro de comunidades de software livre da América Latina e um dos maiores eventos de Tecnologia da Informação do mundo, acontece de 8 a 11 de julho, no Centro de Eventos da PUCRS, em Porto Alegre, e tem sua grade de atividades construída através do envio de trabalhos da própria comunidade Software Livre, que propõe palestras, oficinas e debates dentro de suas diversas especialidades.

Este ano, as palestras serão distribuídas nas zonas temáticas “Administração”, que agregará atividades sobre administração de sistemas, segurança, sistemas operacionais e bases de dados, “Desenvolvimento”, incluindo ferramentas, metodologias, padrões e linguagens de programação, “Desktop”, englobando jogos, multimídia, distribuições GNU/Linux e aplicações em geral, “Ecossistema”, para tratar da cultura, filosofia e política do software livre, além das zonas de “Educação” e os “Encontros Comunitários”.

Há ainda a zona dos “Tópicos Emergentes”, na qual os temas prementes e a vanguarda da área serão discutidos e apresentados, incluindo propostas que tratam sobre hardware aberto, energia livre, dados abertos, privacidade, vigilância e governança na internet.

As inscrições para o evento abrem na próxima semana, e terão seus menores valores até dia 16 de março, com descontos especiais para estudantes e caravanas.” [referência: softwarelivre.org]

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]