Visite também: UnderLinux ·  VivaOLinux ·  LinuxSecurity ·  Dicas-L ·  NoticiasLinux ·  SoftwareLivre.org ·  [mais] ·  Efetividade ·  Linux in Brazil ·  Floripa  

Moderação de comentários agora terá opção para marcar trolls e flames

Mais lidas de hoje:
Recentemente as áreas de comentários do BR-Linux têm sido freqüentemente poluídas por participantes que desrespeitam os demais usuários, seja por empregar vocabulário chulo ou expressões agressivas, seja pelas tentativas de monopolizar a discussão e mantê-la fora do tema da notícia, pela desvalorização agressiva das opiniões contrárias, ou mesmo pelas acusações e ataques diretos contra pessoas e entidades.

Além de desrespeitar os demais usuários, estas manifestações fogem ao objetivo da área de comentários provida pelo BR-Linux, que é permitir a discussão e as complementações sobre os temas apresentados nas notícias, e também deixam de atender aos termos de uso do site.

Não é minha intenção bloquear ou remover comentários de ninguém do site (embora eu faça isso - e notifique - quando percebo necessidade, conforme os mesmos termos de uso), mas também não tenho interesse em ver a área de comentários continuar sendo desvirtuada, apesar dos diversos pedidos amplamente divulgados para que os participantes mantenham a linha. Por esta razão, venho recorrendo a diversos efeitos para tornar menos aparentes e evidentes os comentários moderados negativamente pelos leitores (todos os usuários registrados no site podem moderar comentários).

Nova opção de moderação:Nas últimas 24h ativei uma opção extra de moderação: além de poder votar positivamente (+1) e negativamente (-1), o usuário passa a também poder selecionar a opção "troll/flame", que tem exatamente o mesmo peso numérico da moderação negativa, mas um efeito bastante diferente: quando um determinado comentário alcança saldo negativo suficiente para ser marcado como moderado negativamente, o sistema passa a verificar se os leitores votaram nele usando a opção "-1" ou a opção "troll/flame". Se mais de 55% dos votos negativos tiverem usado esta última opção, o comentário será considerado como troll/flame, e tratado adequadamente.

Os comentários marcados como troll/flame continuam sendo exibidos aos usuários que desejarem vê-los, mas o sistema passará a empregar diversos métodos de codificação (incluindo MIME, uuencode, rot-13, compress e outros), todos amplamente conhecidos e documentados, bem como razoavelmente simples de reverter, para ofuscar o texto considerado como troll ou flame pelos leitores que chegaram a lê-lo. A intenção é desestimular as respostas aos comentários ofensivos (que são o fator que de fato desvia as discussões, na existência das condições acima), e principalmente desestimular o envio freqüente de comentários ofensivos por leitores do site.

Tentativas de abuso do sistema de moderação, ou de abuso sistemático e repetitivo destes termos de uso, também serão prevenidas ou corrigidas por intermédio dos recursos técnicos que estiverem disponíveis, sempre que possível.

Conto com a colaboração e participação de todos, com o uso responsável dos novos recursos,e mais uma vez peço aos leitores para que usem da educação, polidez e respeito aos demais participantes ao manifestar seus posicionamentos.

Neste momento a moderação está operando em modo debug, com commit manual, para que os testes das novas rotinas continuem. Caso haja alguma sugestão ou questionamento, estou à disposição pelo formulário de contato.

Atualização (11/8/2007): Acrescentei também uma opção "fora do tema", para fins estatísticos. Ela tem exatamente o mesmo efeito de votar na opção "-1".

Comentários dos leitores

Os comentários abaixo são responsabilidade de seus autores e não são revisados ou aprovados pelo BR-Linux. Consulte os Termos de uso para informações adicionais. Esta notícia foi arquivada, não será possível incluir novos comentários.
Comentário de silveira
Ótimo: Eu já acho o sistema de comentários aqui do Br-linux muito bom.

Nem todo mundo sabe se comportar numa conversa pela internet principalmente quando essa pessoa não tem o compromisso de se identificar ou de ter sua reputação arranhada. Em fórums e comentários de blogs a situação é crítica.

Sistemas como o karma (do slashdot) e esse do br-linux minimizam as baixarias e são muito bem vindos por mim. É uma pena o Wordpress não ter um sistema tão bom.

Para melhorar aqui seria legal mais gente usar o Gravatar.

--
Silveira Neto - Fortaleza-CE.
www.eupodiatamatando.com

Comentário de sonolento
Sinceramente, li esse post: Sinceramente, li esse post com surpresa.

Ultimamente tenho achado os comentarios aqui bem calmos, sem muita polemica do tipo troll.

Ou vc estah tendo muito trabalho com a moderacao de comentarios ou andei perdendo as discussoes :)

Se puder dar exemplos (sem com isso mesmo provocar um flame) seria legal.

Abraco.

p.s.: Sim, estou sem acentuacao, sono e preguica de procurar como fazer isso agora :)


Comentário de vini_bill
Concordo: Concordo contigo silveira. O gravatar seria uma boa ideia ( eu não conhecia, mas acabei de ler a descrição dele ). Acho que vai ter muito usuário "queimado" por ai.

Parabéns pela iniciativa Augusto.

--
"Software is like sex: it's better when it's free." - Linus Torvalds
Comentário de spook
Ótima idéia: Sempre gostei do método de moderação dos comentários do Br-Linux, e esta opção só tende a melhorá-lo. Conheço blog que se tivesse uma opção parecida nem os próprios editores escapariam.
Comentário de andersonjackson
Gravatar: Legal mesmo a historia do gravatar.

Abraço
Comentário de brain
Gravatar: vini_bill, embora a intenção do uso do Gravatar por aqui não seja esta, já temos suporte ao sistema desde abril de 2006.
Comentário de 7933-0
Um exemplo...: A discussão com Trolls e com quem desreipeita os usuários com ataques pessoais é um grande problema, e parabenizo aos moderadores do site a melhoria no sistema que visa coibir essas práticas. Um exemplo de como uma discussão assim pode ser difícil pode ser encontrada no seguinte tópico:

http://meiobit.com/open_source/richard_stallman_n_o_use_consoles_de_videogames

Lá tentei ao máximo responder a todas as piadinhas e críticas infundadas a respeito de RMS e da filosofia do software livre. E acabou que o tópico ficou interessante para ver como dos argumentos falaciosos dos Trolls não tem sustentação e, diante disso, partem pra todo tipo de ataques pessoais e desvalorização agressiva contra quem os responde. Vale a pena dar uma olhada e comentar também, se for o caso.


=================================
Para ser realmente livre, use GNU!
Comentário de Gustavo Bittencourt
Opinião: Augusto, sempre admirei a forma como você conduz o BRLinux e particularmente a questão dos comentários. Contudo, não me agrada esta última medida, lembra a época da censura oficial onde matérias em jornais apareciam com uma tarja negra ou eram substituídas por receitas culinárias. Lembrando que depois de obscurecido fica difícil para outros usuários avaliarem se aquele comentário era realmente um troll.
Comentário de brain
comparando: Gustavo, obrigado! Quanto a lembrar uma situação de censura, creio que vale também apontar que nestes jornais a decisão de em que conteúdos incluir a tarja não era tomada pelos seus próprios leitores, e que não era oferecida a oportunidade de remover a tarja aos leitores que discordassem.
Comentário de Metatron
Chefe Troll: O próprio dono desse 1/2 bit e seus amigos são trolls, basta ler os comentários, até sugerem que o comportamento do Stallman é devido ao abuso de drogas alucinógenas (basta ver o "Realmente acho que o tapa na pantera já começou a afetar a mente dele").
E parabéns pelas suas explicações naquele site.

"De profundis clamo ad te Domine"
Comentário de ThigU
E se...: Augusto, e se um comentário classificado e codificado como troll for moderado positivamente? Ele voltará a ser visível?

--
http://localdomain.wordpress.com
Comentário de brain
Saldo: Thigu, a moderação é o resultado de um saldo aritmético. O resultado sempre pode ser alterado, bastando para isto que mais pessoas moderem no sentido contrário. No caso dos comentários em que já tenha ocorrido ofuscação devido ao voto de um número suficiente de pessoas na opção "troll", os eventuais interessados em decodificar para ler ainda podem, sim, concluir que discordam da classificação corrente, e moderar em sentido contrário.
Comentário de Sonolento
Sim, o sujeito que não: Sim, o sujeito que não citarei o nome.... é um belo exemplo de Troll.

Ele claramente sabe o que é certo, e vira e mexe demonstra contradição. Não sei se ele faz esses comentários contra tudo que for software livre por pura diversão ou pra atingir um nicho de mercado (os "anti-FOSS"), afinal, são a maioria, provêem mais clicks e page views. Seria isso ?

Nada contra monetizar seu site, mas ficar provocando flame-wars... lamentável.

É verdade que qualquer fã exagerado é um exagero, mas como alguém já comentou lá... "ser fanboy da MS ou Apple é tão ruim quanto do Linux, mesmo que tentem fazer parecer que não".

Não é um comentário com intenção de pra provocar Flame war (Embora eu admita que tem boa chance de acontecer), é que realmente, a coisa anda de mais. Pena, é um portal que quando resolvem ficar calminhos, é muito bom.

Finalizando... seria divertido se um dia o programa AdSense baixasse a classificação de qualquer site com a String "Fanboy" ou sinônimos. Acho que iriam fechar, afinal, "metralham" isso várias vezes ao dia :)
Comentário de spook
Acompanhei a discussão desde o início: Estava se referindo também desta discussão aqui: http://www.br-linux.org/linux/moderacao-de-trolls-e-flames#comment-69256

E foi realmente lamentável. A Fabiane e o Cardoso são o exemplo de como não se comportar em uma discussão, exemplos perfeitos de trolls, e ambos colunistas do MeioBit. O tal Cobalto e naio, sem comentários, e na situação atual não me espanta chamarem o tal Cobalto como colunista convidado. Enquanto você sustentava argumentos consistentes, sofria apenas ataques sem qualquer conteúdo. No final, reuniram-se e você acabou levando o "finish-him" do clube da luluzinha (criancisse pouca é bobagem).

Fico triste com o MeioBit. No geral o blog é muito bom, mas atitudes como estas vindas de "cima" não ajudam na imagem do mesmo.
Comentário de lagaz
gravatar não funcionou direito pra mim...: só eu que tive problemas com o Gravatar?

não consegui sequer cortar uma imagem...
usei o firefox no ubuntu feisty...

de volta ao assunto.
já gostava antes do sistema de moderação.. agora está melhor ainda
parabéns!
Comentário de phantomx
Amigo 7933-0,: Virei seu fã! ;)

Quanto ao tema do tópico, gostei! Boa iniciativa.

--
Linux User #399643
Tudo que postei acima é minha opinião. :)

Comentário de emanuelsan
Qual o saldo afinal?: Puxa! Vc sempre dá um jeito de não dizer os números. Sei que pode ser um dado secreto, comercial, etc. ou variável, dependendo do número de visitas, tempo, etc. Mesmo assim não posso deixar de perguntar agora diretae claramente:


Quantos votos são necessários para "moderar negativamente" uma mensagem? (supondo que não haja nenhum voto a favor)


Se é variável, vc pode abrir o critério ou senão poderia dizer no exato momento que ler este meu comentário quantos votos seriam necessários para "negativá-lo"?

É claro que vai gerar algum comentário tipo "mas meu comentário pode ser negativado só com n votos?". Basta lembrar aos possíveis reclamantes que o site é seu e você decidiu que o número era esse e ponto.

Que acha da idéia de mostrar o saldo, ou melhor ainda, o número de votos contra e a favor que os comentários têm?


Comentário de MARCELO2007
Censura disfarçada: Augusto, esta foi de longe a coisa mais cretina que você já fez no seu site. Isso aí é censura mesmo. Só que:

- disfarçada em código e, a rigor, você pode rebater a acusação de censura alegando que o conteúdo não foi apagado;

- empurra a responsabilidade para um número misterioso de pessoas igualmente misteriosas com critérios mais misteriosos ainda que supostamente determinaram a censura em seu lugar.

Hoje você se colocou ABAIXO daqueles que dizem "censurei mesmo, o site é meu, quem quiser que faça o seu".
Comentário de popolony2k
Em minha opinião....: ...é uma censura tecnológica.

Sempre citei que o sistema do br-Linux é obscuro, mas venho através desse post me desculpar com o autor, na verdade o amigo MARCELO2007 disse o que eu queria dizer, os números (dados) é que são obscuros.

Seu comentário foi um pouco agressivo, mas vários pontos citados por vc foram pertinentes, pena que vc vai ser moderado como troll..."misteriosamente".

--
Popolon Y2k
PlanetaMessenger.org
FreeBSD/OpenBSD/NetBSD/Linux - My dream team

Comentário de popolony2k
Jogo rápido....: ...Sim ou Não !

"Augusto, e se um comentário classificado e codificado como troll for moderado positivamente? Ele voltará a ser visível..."

...se o "resultado de um saldo aritmético" for atingido ??

Não se irrite com as aspas...sou o rei delas.

#.D

--
Popolon Y2k
PlanetaMessenger.org
FreeBSD/OpenBSD/NetBSD/Linux - My dream team

Comentário de Wallacy
Por favor leia direito o: Por favor leia direito o post antes de fazer tal comentário..
Ele disse claramente no quarto paragravo..

....Se mais de 55% dos votos negativos tiverem usado esta última opção....

E também é uma questão de lógica né... esses números não são misteriosos, se a maioria dos usuários votarem que é um trool assim o sistema o classifica, simples assim.. e a encriptação é uma medida ao meu ver positiva, assim como ideais ruins não devem ser passadas a diante, comentários também não! ( pensamento que tirou propagandas de cigarro do ar, entre outras )

E esses números de pessoas misteriosas que você cita não seria os usuários que se registraram no br-linux?? O voto é democratico! se as pessoas votarem que é troll, assim será..

Por favor, um pouco de bom senso não faz mal a ninguém...
Comentário de MARCELO2007
Mistérios: Ah, você não acha os números misteriosos? Então escolha algum comentário classificado como "troll", qualquer um, e diga lá QUANTAS pessoas votaram contra, quantas a favor, quem são elas, o motivo de cada uma e prova irrefutável de que os números não foram manipulados por, digamos, alguém que tenha privilégios de administrador do site, comece com a letra "A" e termine com "ugusto"?

Vamos lá. Quero ver.

Você deve ser muito bobinho para achar que "a voz do povo é a voz de Deus". Democracia é dois lobos e uma ovelha votando para decidir qual vai ser o jantar. Se você é mesmo partidário da vitória inquestionável da maioria, vá usar Windows. É o sistema operacional da maioria absoluta. O "bom senso" que você recomenda é o mesmo que o meu provedor ou ouvidoria do banco me recomendam quando eu digo que uso Linux. O mundo inteiro usa Windows! Logo o bom senso determina que eu use também.

Você não tem qualificação para falar de "lógica".
Comentário de Wallacy
Acontece que mesmo que seja: Acontece que mesmo que seja exibido os "números" isso será totalmente indiferente...
Participei por quase dois anos da administração do site usinavirtual, sou amigo do dono, na época o site possuía mais de 30mil membros, e 2,8mil acessos diários, e sei muito bem como é difícil administrar um site com muitos membros, muitos membros mal educados e sem o mínimo de consideração por um trabalho feito gratuitamente...
E se tivesse lá um "placar" tenha certeza que o administrador poderia altera-lo, logo é totalmente indiferente.. será assim em qualquer site...
E quanto ao windows, comentários a parte, chega a ser triste ligar para um lugar para reclamar que colocaram um "sistema de detecção" de sistema operacional e não deixa ninguém entrar que não possua windows, e eles falaram para trocar de plataforma.. bla bla.. bem... isso é outra historia...
E quanto ao sistema de "censura" como você o chama, como disse, tenho experiência em administrar sites com numero massivo de usuários, e cada um usa o seu método de evitar transtornos, baseado no seu proprio publico alvo, aqui creio que qualquer um saiba desencriptar uma mensagem, ainda mais que fala qual encriptação foi utilizada, e pra min isso não é censura, já que se quiser ver está lá...

Até mais.
Comentário de brain
Repetindo: "Thigu, a moderação é o resultado de um saldo aritmético. O resultado sempre pode ser alterado, bastando para isto que mais pessoas moderem no sentido contrário."
Comentário de popolony2k
Reformulando....: ...a pergunta.

Caso o resultado da moderação seja revertido para positivo, o comentário que outrora estava codificado (com base em algum algoritmo) voltará a ser legível ?

--
Popolon Y2k
PlanetaMessenger.org
FreeBSD/OpenBSD/NetBSD/Linux - My dream team

Comentário de popolony2k
E por acaso vc ...: ...conseguiu desencriptar algum comentário depois de ontem ?

Mesmo sendo esse um simples base64 ?

--
Popolon Y2k
PlanetaMessenger.org
FreeBSD/OpenBSD/NetBSD/Linux - My dream team

Comentário de brain
Mostrar o saldo e o número de votos: Emanuelsan, a sua frase é interessante: "Basta lembrar aos possíveis reclamantes que o site é seu e você decidiu que o número era esse e ponto." Não é algo que eu diria, mas de fato a decisão dos números e critérios me compete, e me parece que meu histórico tem sido bom neste aspecto.

No passado já revelei os números e os detalhes do funcionamento, do método, etc. Isso me causa problemas adicionais, porque mesmo quando não esclareço já tenho que lidar todos os dias com pessoas que fazem scripts para tentar abusar do sistema de moderação. Na época em que eu deixava claro o número de votos e a maneira como o cálculo era feito, lidar com estes scripts era muito mais chato, porque os autores sabiam exatamente o que precisavam fazer para obter seus intentos, e eu tinha que ficar depois dando rollbacks, algo que me desagrada profundamente.

Hoje prefiro revelar apenas a idéia geral. A moderação é um saldo aritmético, computado por um algoritmo razoavelmente estável, usualmente rodando em batch, e com parâmetros que raramente mudam, considerando a árvore completa dos comentários de cada notícia. Em épocas de muito acesso, quando muda o total de votos de moderação que é dado por dia, às vezes eu realizo ajustes nestes parâmetros, mas o número total de votos diários em geral é baixo e estável: hoje por exemplo foram menos de 200 até o momento, sem descontar os invalidados (múltiplos votos do mesmo usuário no mesmo comentário, votos do próprio autor do comentário, tentativa de votar sem estar logado, etc).

Comprei recentemente um livro sobre desenvolvimento de módulos para o CMS do BR-Linux, e uma de minhas idéias é aprender o suficiente para transformar este sistema de moderações em um módulo (parametrizável), aí posso colocá-lo à disposição do público. Mas não tenho qualquer interesse em fazer isto antes de estar plenamente apto, inclusive porque não quero desperdiçar a oportunidade de aprendizado.

Quanto a mostrar o saldo, não acho uma boa idéia. Prefiro que as análises de cada leitor sobre os comentários que lêem sejam influenciadas apenas pelo teor do próprio texto, embora o aumento daqueles comentários que eu considero inapropriados tenha me levado a tomar atitudes que reduzem a visibilidade daqueles que obtêm moderação negativa, como forma de desestimulá-los, sempre partindo do pressuposto de que os leitores tendem a votar negativamente justamente naqueles comentários que são inapropriados a uma discussão produtiva, com respeito a todos os participantes e envolvidos, e mantendo o tema da notícia em questão.

Vem funcionando bem, e eu estou bastante satisfeito. Imagino que haja um conjunto de pessoas que não aprecie esta condução, mas elas sempre têm uma série de alternativas de outros locais de discussão que adotam políticas diferentes das do BR-Linux, e sempre podem ter acesso ao texto integral de qualquer um dos comentários moderado negativamente.

O que eu preferiria é que os usuários se portassem com cortesia e civilidade, debatendo e complementando os temas específicos das notícias apresentadas, e é para privilegiar este tipo de comportamento que eu oriento meus esforços. Conto com sua contribuição neste sentido.
Comentário de brain
codificação: A codificação não é "um simples base64". Em alguns horários até pode vir a ser, mas não em todos. A codificação adotada é sempre mencionada no cabeçalho do comentário.
Comentário de brain
Que pena que você não gostou: Marcelo, que pena que você não gostou. Você é bem-vindo para continuar participando, se desejar. A codificação adotada em cada comentário moderado negativamente como troll pelos leitores é mencionada no cabeçalho do mesmo, e estou usando exclusivamente métodos conhecidos e amplamente documentados, de modo a permitir a leitura do texto integral a todas as pessoas que assim desejarem.
Comentário de popolony2k
Falha minha...: ...percebi isso agora !

--
Popolon Y2k
PlanetaMessenger.org
FreeBSD/OpenBSD/NetBSD/Linux - My dream team

Comentário de brain
Codificação: A codificação é empregada quando o saldo é negativo e mais de 55% dos votos negativos tiverem ocorrido pela opção troll/flame.
Comentário de popolony2k
Com tais respostas....: ...não me resta dúvida que o br-Linux lançará um candidato a Vereador/Deputado ou Senador nas eleições seguintes.


--
Popolon Y2k
PlanetaMessenger.org
FreeBSD/OpenBSD/NetBSD/Linux - My dream team

Comentário de emanuelsan
Base64: Eu consegui ver 2 comentários (na verdade eu já os tinha lido antes de serem moderados foi só para testar meus procedimentos), um foi o base64 do TerraMel, o detalhe foi passar o parâmetro -i:

base64 -i -d terramel.msg

O outro não lembro de quem, mas foi vc mesmo que passou o link para o decodificador web do rot13 (acho). Só que a decodificação do site deixou um monte de %20 (e outros escapes web) entre as palavras, dificultando a leitura. Mas acho que um programa rodando localmente não teria essa falha. Não achei um programa no Fedora, mas deve ser fácil encontrar e mesmo fazer um decodificador, pois esse rot13 é um algoritmo bastante simples, só têm que ver alguns detalhes para fechar o algoritmo completo.


Comentário de emanuelsan
Táticas anti-moderação: Caro MARCELO,

Acho que todo sistema têm falhas e pode ser melhorado. A democracia, por exemplo, não é perfeita, mas nos permite pelo menos ficar falando "besteiras" aqui sem temer que venham invadir nossos lares para fazer interrogatórios ou execuções sumárias.

Acho que isso não é nem inerente da democracia, alguém pode fazer uma lei no congresso, convencer um monte de gente que é uma lei válida e aprová-la... de modo a fazer um cara que é moderado como troll aqui no site também levar 5 chibatadas! hehe Sei... o exemplo, foi longe. Mas eu queria falar é do poder de convencimento. Vc têm que convencer os caras que 'tão lendo, ou mesmo, o administrador do site (já que vc sugeriu que ele pode/vai manipular) a não moderá-lo.

Veja só, um cara retrucou, veio vc e disse que ele não tinha qualificação para falar de lógica! Bastava vc ter ficado no seu parágrafo anterior, não precisava desqualificar totalmente o interlocutor.

Sugerir que o Augusto vai manipular e que deve dar garantias de que não manipulou! Sejamos práticos, quanto ele ia gastar para oferecer essa garantia, aliás quanto vc gostaria de pagar para acessar aqui, comentar, e, sendo moderado, ter a garantia de que tudo está sendo justo e não foi manipulado? Tá vendo... não dá, temos que confiar nele ou ir para outras paragens.

Nós que somos taxados de excêntricos (pois usamos um sistema que "ninguém" usa), de geeks/nerds pois vivemos nessa de computador e de acessar blogs/orkuts/etc até altas horas da noite, temos que ser mais sociáveis e flexíveis para convencermos os outros das nossas idéias, e ao menos poder expô-las, aumentarmos nossa audiência e poder de convencimento, sermos políticos (no bom sentido do termo, se ainda resta algum bom sentido nesta palavra).

Sendo taxados de radicais, xiitas e excêntricos damos margem a sermos pré-censurados por pessoas que talvez nos entendessem e nos dessem razão, se não nutrissem esse pré-conceito.

Teve um tópico que nosso amigo PopolonY2K foi visivelmente caçado e moderado indiscriminadamente, algumas mensagens não tinham nada demais, mas alguns devem ter corrido a página de alto a baixo e moderando tudo que tinha o nome dele. Hehe, ele foi sútil como um elefante, mais tinha que ser "ixperto" para dizer aos caras o que eles não queriam ouvir.

Se vc acha que aqui têm censura, então que tal usar os artifícios dos artistas durante a ditadura militar para escaparem dela?

Por exemplo, um nosso camarada TerraMel (desculpe citá-lo novamente, mas me pareceu que foi o 1o. a ser moderado como troll). Falou que todos que são contra o ODF e a favor do MOOX estão precisando lavar a boca com sabão. Veja só, lavar a boca pq? Estão sujas? Sim, e pq? ... Ele falou na verdade o que eu pus como "..." e foi moderado, podia ter feito o raciocínio contrário, "eu queria dizer ... mas se é assim, então quer dizer que eles precisam lavar a boca com sabão". Talvez se tivesse usado essa última expressão não tivesse sido moderado e aí teria uma audiência maior para o que ele realmente queria passar a frente: MOOX, no thanks! (aí teria o voto +1 de muita gente, para contrabalançar os oponentes dele e do Popolon no tópico em questão), mas com aquele palavreado ficou dificil salvar a mensagem dele.

Quer outro exemplo, eu falei paragens, talvez querendo sugerir algo bucólico (campo, sítio, animais ou mesmo por ter semelhança com pastagens), bom... daí vêm animais, se estou chamando uma pessoa de animal geralmente é no mal sentido do termo. Então eu PODIA estar pensando: os aNi+ que não gostarem da medida, que vão pastar n'outro lugar. Mas se digo isso sou moderado na hora, então eu digo: que vão para outras paragens :)

Espero que tenham entendido e não me moderem, mas se for, fazer o quê? Da próxima serei mais contido e tentarei encontrar as palavras certas.

















Comentário de censurado
Vamos ajudar ?: Que tal postarmos os comentários já codificados para poupar o trabalho e o uso de recursos por parte do CMS do BR-LINUX ?? (Nem loguei porquê já sei que serei negativado mesmo...)

Comentário de popolony2k
Ignore o meu ...: ...comentário anterior. Vou moderar esse meu último comentário negativamente !

--
Popolon Y2k
PlanetaMessenger.org
FreeBSD/OpenBSD/NetBSD/Linux - My dream team

Comentário de MARCELO2007
O que interessa: Lamento informar que não, não entendi a maior parte do que você escreveu. Seu post inteiro está longo e confuso. Tive a impressão que você sugere que todos sejamos menos impulsivos, mais moderados, etc., e que tudo que está acontecendo tem justificativas.

Não tem justificativas. Antes eu clicava uma caixinha e lia o que eu queria tranqüilamente. Agora o comentário é bloqueado de um jeito que dá muito trabalho para ler. Tanto trabalho que nem estou mais lendo.

Ora, se antes o site já escondia sutilmente e alertava os leitores que o que estava oculto tinha uma determinada classificação, por que esconder ainda mais, com tanto obstáculo? Eu já respondi essa pergunta. O Augusto quer mesmo é que os comentários "troll" sejam apagados. Mas, para PARECER menos tirano, ele não apaga; agora ele codifica tudo ao ponto de nos fazer desistir de ler. Ele sabe que a decodificação é tão pentelha que a gente vai simplesmente parar de ler. Mas se alguém evocar aquela palavra maligna (CENSURA), ele já tem defesa pronta: alega que o comentário não foi apagado. Censura? Aqui? Imagine. O comentário está lá, só está... hahaha... ilegível! De quebra, o Sr. Augusto empurra essa tarefa degradante para a equipe de carolas e coroinhas de plantão que adoram aplicar a censura em seu lugar. E assim ele diz que não foi ele que censurou. É o povo que está dizendo. A voz do povo é a voz de Deus. E faz de conta que ninguém percebe que QUEM FEZ E ENTREGOU A ARMA para os xiitas foi ele mesmo. Eu não falei sério que o Augusto estivesse manipulando números. Mas o único responsável por esta CENSURA é o Augusto. Quem tomou a decisão e implantou o esquema foi ele.

Vamos ao que interessa: o que interessa é que agora tem gente decidindo por mim o que eu devo ler ou não. Esta é a própria definição de CENSURA. Simplesmente constrangedor para o currículo de alguém que promove software LIVRE.

Software livre, idéias reprimidas. No dos outros, é refresco.
Comentário de brain
O que interessa: Marcelo, que pena que você não gostou. Você é bem-vindo para continuar participando, se desejar. A codificação adotada em cada comentário moderado negativamente como troll pelos leitores é mencionada no cabeçalho do mesmo, e estou usando exclusivamente métodos conhecidos e amplamente documentados, de modo a permitir a leitura do texto integral a todas as pessoas que assim desejarem.

Mas vamos ao que interessa: você é livre para ler o que quiser, onde quiser, na Internet ou fora dela, no que me diz respeito. No caso do BR-Linux, todas as notícias publicadas pelo site estão livremente disponíveis para sua consulta. O site mantém também uma área de comentários, que tem regras, termos de de uso e um sistema de moderação de acesso público. Comentários que atendam a estes termos de uso e que sejam aprovados por este sistema de moderação também estão disponíveis para este seu acesso, sem quaisquer obstáculos. Comentários que não atendam a estes termos de uso, ou que tenham sido avaliados negativamente pelo sistema de moderações público, também podem estar disponíveis caso queiras fazer um esforço maior para lê-los.

Reforço, entretanto, que não é intenção, interesse ou objetivo do BR-Linux tornar disponíveis para sua leitura os comentários que não se enquadram nos seus termos de uso, ou que não sejam aprovados pelo sistema de modereação público. Se o seu interesse é ler este tipo de material, de fato é melhor que procure em algum lugar onde eles sejam parte das regras do jogo.
Comentário de Wallacy
xiitas...: Só uma ressalva quanto uma coisa que o Marcelo disse...

O grande problema vai ser os comentários repreendidos por xiitas como ele mesmo disse, pra mim o sistema é bom, mais isso é minha opinião, mais que seria um grande "problema" ter comentários classificados injustamente por usuários "xiitas", por exemplo alguém escrever algo do windows que represente a opinião dele, não uma ofensa/mentira (sendo essa ultima valida para tal classificação na minha opinião)...

Mais tudo é passível de alterações / melhorias, espero que esse detalhe possa ter correção...
Nesse caso, não seria melhor por a encriptação somente para os usuários não registrados? ou um botão para reversão automatizada da encriptação para os usuários registrados?, para quem deseja "julgar" o que foi comentado.. pois pensando melhor, isso vai da preguiça para muita gente rs... e novamente comentários classificados injustamente poderão pagar...

Bem, sei lá... a principio gostei do sistema, mais depois quando parei pra pensar nos outros problemas que poderia gerar.. tenho minhas duvidas...
Comentário de 7933-0
Pensando um pouco melhor...: "(...)Nós que somos taxados de excêntricos (pois usamos um sistema que "ninguém" usa), de geeks/nerds pois vivemos nessa de computador e de acessar blogs/orkuts/etc até altas horas da noite, temos que ser mais sociáveis e flexíveis..."

Eu mesmo comentei aqui que sou a favor de táticas de moderação mais agressivas pra conter os supostos "Trolls". Mas analisando sua argumentação, passo a concordar com você quando diz que isso não vai ajudar a resolver o problema, ao contrário, só vai reforçar ainda mais as opiniões de quem pensa que somos "xiitas freetardados", como fui chamado recentemente. Acho que o melhor mesmo é partir pra tolerância moderada, ou seja, a cada comentário sem fundamento, tentar responder com argumentos sólidos a questão, sem ataques pessoais; eu percebi também na discussão que tive lá no 'meio bit' que os ataques dos "Trolls" são derivados em grande parte de respostas irônicas que damos a eles. Daí, todo mundo passa a ter razão em criticar sem aceitar argumentos contrários, e os usuários acabam se dividindo em duas grandes "facções": a dos 'xiitas' e dos 'Trolls'.


==================================
Para ser realmente livre, use GNU!
Comentário de brain
extremistas e desvios da moderação: Wallacy, não gosto da idéia de usar o nome de um grupo religioso para se referir pejorativamente a extremistas.

De qualquer forma, se eu perceber incidência considerável de comentários moderados como troll/flame por questões de mera divergência de opinião, certamente vou atuar para ajustar o sistema.

O que tenho percebido, analisando as estatísticas de moderação, é que os comentários que recebem maior número de moderações negativas são exatamente os que eu classificaria como trolls e flames clássicos, contendo ofensas, fazendo pouco-caso da opinião alheia, generalizações preconceituosas, maniqueísmo, tentando monopolizar as discussões, etc - em geral fora do tema da notícia que está sendo comentada. Acredito que o mesmo efeito irá ocorrer com a nova opção de moderação.
Comentário de brain
slippery slope: Não acho que a proposta de tentar responder, de uma forma ou de outra qualquer, a todos os comentários sem fundamento sobre o código aberto possa levar a dissipar alguma imagem de extremismo.

Na minha opinião, melhor seria empregar o mesmo recurso e tempo para realizar algo de produtivo e pró-ativo, e não para ficar reagindo a provocações, algo que não vai acabar tão cedo.

É necessário considerar que em muitos casos o provocador tem exatamente o objetivo de gerar comoção, atrair público ou desviar o foco da discussão produtiva que poderia ser travada. A partir do momento em que se morde a isca, ele já conseguiu o que queria, e a oportunidade da discussão sobre o tema original já foi perdida.

Não pretendo ser agente ou parte em qualquer iniciativa que incentive que pessoas da comunidade gastem seus esforços na tentativa de responder a provocações. Prefiro incentivar que empreguem sua iniciativa e sua motivação em atitudes construtivas.
Comentário de Wallacy
Foi só uma alusão aos: Foi só uma alusão aos mesmos xiitas que o Marcelo citou... (minha mãe, historiadora, ao ler meu comentário comentou o mesmo.)

Bem, espero que realmente tenha esse mesmo efeito... Pois me preocupou um pouco isso...

No mais. Boa sorte ai, espero que esse novo sistema tenha "bons frutos".
Comentário de 7933-0
Seus argumentos também são: Seus argumentos também são bastante relevantes. Mas vamos pensar um pouco mais: tudo bem, responder a "todos" os comentários sem fundamento foi exagero meu; mas o sistema atual do site já não é bastante eficiente no bloqueio a esses provocadores intencionais, na medida em que faz o alerta "comentário moderado negativamente pelos usuários - manter bloqueado" sobre esses comentários? Não vejo mais a necessidade de se criar outra barreira como a que você está propondo.

================================
Para ser realmente livre, use GNU!
Comentário de brain
Nem eficiente e nem eficaz: Infelizmente, nas últimas semanas tem ocorrido grande número de discussões provocadas justamente da forma como mencionei, e que não é objetivo do BR-Linux promover.

Sintomático sobre este ponto foi o comentário com maior número de moderações positivas da semana passada, que questionava justamente este mau uso e desvio de objetivo da área de comentários. O fato de ele ter recebido um número elevado de moderações positivas me leva a acreditar que uma medida mais enérgica no sentido de desestimular a entrada de comentários com características de flame e troll se faz necessária.

Comentário de popolony2k
Não adianta tentar...: ...responsabilizar alguns (ou muitos) nessa hora.

O que isso quer dizer ? Tudo bem o blog é de sua propriedade, mas me parece daqui democrático na maioria das coisas (exceto quanto a postura da censura tecnológica), mas mesmo com tal democracia, não devemos nos esquecer de que primeiramente trata de um assunto que é Linux e SL e que certamente é o que atrai o público participante do mesmo e seguindo o link do comentário com maior número de moderações positivos, percebi que se tratou de um tópico que tratava de um sistema proprietário (MacOSX) e portanto um "pote cheio de mel para os trolls", como queiram chamar, ou seja, ser mais seletivo nas escolhas dos posts também contribui para uma moderação natural dos usuários de seu blog, se vc assim o deseja.

Não adianta querer abraçar o mundo se o seu público principal não o quer fazer também, caso contrário vc vai ter que abraçar sozinho, o que eu realmente não acredito vc querer fazer.

--
Popolon Y2k
PlanetaMessenger.org
FreeBSD/OpenBSD/NetBSD/Linux - My dream team

Comentário de brain
Democracia: Neste caso específico, é interessante perceber que você falou em democracia, e em seguida na possibilidade de rejeição a notícias sobre o Mac OS X. Eu me dei ao trabalho de perguntar ao público se havia interesse em notícias sobre o Mac OS X com maior freqüência, e o público respondeu (em maioria absoluta - 63%) que sim, por variadas razões. Mesmo assim, em respeito à minoria considerável (34%, mais de 1/3) que votou pelo "não" também, eu não aumentei a freqüência - basta contar a quantidade de matérias sobre o Mac OS X que apareceram por aqui desde então.

E mesmo que assim não fosse, creio que não seria razão para que alguém, ou um conjunto de pessoas, se julgasse no direito de comentar com flames ou trolls, como forma de protesto. Na verdade, creio que flames e trolls não são a solução para a questão que você apontou em nenhum caso.

No caso de haver interesse em discutir ou debater a pertinência de determinada notícia, existe uma forma ideal: usar o formulário de contato e falar diretamente comigo. Outra forma, menos ideal, é debater a questão nos comentários da própria notícia, com respeito e civilidade. Mas quando a questão começa a envolver ironias sobre o Papai Noel, "mirar no coração" das pessoas que se dignam a responder, chamar de idiota os demais participantes da discussão, e outras expressões usadas naqueles comentários, não vejo aí um protesto efetivo.

A civilidade, a educação, o respeito pelos demais participantes e pelo recurso de debate que está sendo fornecido servem para qualquer tema que esteja em discussão, e não apenas para aqueles que o leitor julga apropriados.
Comentário de Everaldo Canuto
Parabéns, gostei do novo: Parabéns, gostei do novo sistema de moderação, por mim poderia até ser mais agressivo, pessoalmente acho que você poderia remover qualquer comentário que tivesse ofensas.
Comentário de popolony2k
Ah.....: ...aquela pesquisa !!!

Ok !

--
Popolon Y2k
PlanetaMessenger.org
FreeBSD/OpenBSD/NetBSD/Linux - My dream team

Comentário de 7933-0
Isso descaracteriza a finalidade de um blog...: "(...) E mesmo que assim não fosse, creio que não seria razão para que alguém, ou um conjunto de pessoas, se julgasse no direito de comentar com flames ou trolls (...)"
"(...) No caso de haver interesse em discutir ou debater a pertinência de determinada notícia, existe uma forma ideal: usar o formulário de contato e falar diretamente comigo. Outra forma, menos ideal, é debater a questão nos comentários da própria notícia,(...)"

Desculpe mas esses argumentos seus descaracterizam o objetivo maior de um blog de notícias, que é o de permitir que os usuários, curiosos, ou pessoas que têm o interesse em se informar sobre determinados assuntos possam se manifestar como acharem melhor. E não procede essa questão de que uma pessoa não tem o direito de responder com "flames", etc; isso às vezes é inevitável e ocorre em qualquer tipo de discussão. Agora quando você diz que a forma "melhor" pra resolver esse ou aquele caso que seria uma conversa direta com você, isso praticamente retira do usuário a opinião e faz com que o blog seja realmente dirigido, e acabe no final ficando empobrecido de idéias e novas questões. Isso faz me lembrar o tempo de aluno primário ou secundarista em que o professor não queria saber o que eu achava sobre uma matéria, ou como aquilo afetava ou não a minha vida, mas sim que eu tivesse as palavras do livro decoradas na ponta da língua. Isso traz benefícios? Sim, o aluno aprende, mas aprende num horizonte muito restrito, que na maioria das vezes reduz as chances de sucesso quando um fato ou ocasião que não estava previsto nos livros ocorrer.

Por outro lado, a filosofia do software livre nunca objetivou que um usuário aderisse à ela de forma totalmente dirigida e sem questionamentos, mas sim que as pessoas tivessem opções de escolha para resolver os seus problemas. E como escolher implica em analisar e provavelmente debater o que é melhor ou não, não cabe essa tentativa de direção que você está implementando por aqui. Justamente por isso esse tema está se tornando polêmico, já que praticamente introduz uma forma de "DRM" contra o usuário, de forma talvez pararela à Microsoft e outras.

Em casos difíceis como este, sugiro uma votação aberta durante um período de tempo, seja 24, 48 ou mais horas, em que cada voto identifique o usuário que apóia ou rejeita este novo modelo, algo como: Usuário 7933-0 "contra", usuário Y..., etc, para que no fim todo mundo aceite o que a maioria decidiu.

================================
Para ser realmente livre, use GNU!
Comentário de brain
Objetivo maior: Caro 7933-0: comentários pertinentes aos temas das notícias, de acordo com os termos de uso do BR-Linux e que respeitem os demais leitores e outros participantes mencionados ou de alguma forma relacionados à discussão são muito bem-vindos, e continuarão sendo.

Não sei se ao afirmar que o maior objetivo de um blog de notícias é permitir que cada leitor discuta como achar melhor, você está querendo dizer que considera que este é o maior objetivo do BR-Linux. Se for o caso, preciso te informar que a afirmação não procede. O principal objetivo do BR-Linux é informar. A área de debates de cada notícia é disponibilizada como um serviço adicional, e os usuários que desejam utilizá-la para oferecer seus comentários relacionados ao tema de cada notícia, de acordo com os termos de uso e respeitando os demais leitores e outros participantes mencionados ou de alguma forma relacionados à discussão são muito bem-vindos, e continuarão sendo.

Quanto a discutir comigo a linha editorial do BR-Linux, ou a pertinência de determinada notícia, de fato a melhor forma é me procurando, de forma a debater este tema sem prejudicar a discussão do assunto da notícia em si. Mas, como eu disse acima, uma forma alternativa de alcançar o mesmo intento é tratando deste assunto na própria área de comentários da notícia. A afirmação a que eu estava respondendo era de que os flames e trolls de uma determinada notícia surgiram como reação relacionada à pertinência do seu tema, e eu mantenho o que disse: flames e trolls em discussão com os demais usuários não são uma boa forma de alcançar o objetivo de questionar comigo a pertinência de uma determinada notícia.

A filosofia do software livre prega muitos aspectos interessantes, e eu sou favorável à pluralidade de idéias. Não tenho nenhum problema quanto a você questionar algum assunto, expor opiniões contrárias, levantar pontos de vista divergentes, divulgar posicionamentos menos comuns. Mas vejo, sim, problemas quando um usuário chama o ponto de vista do outro de "idiota", desvia o tema de uma discussão para tratar de assuntos completamente diversos, ou usa expressões chulas.

Você é muito bem-vindo para continuar usando o BR-Linux como fonte de informação, se assim desejar. Se estiver disposto a atender os termos de uso, manter-se no assunto das notícias e respeitar os demais usuários (e sim, me parece que você vem se saindo muito bem em todos os quesitos), é muito bem-vindo para comentar também.
Comentário de popolony2k
Que maestria ...: ...argumentativa, que sutileza e perfeição em cada virgula redigida em um post fabuloso.

Hoje é um dia realmente especial, acordei e logo cedo ao me levantar da cama meu "cachorro me sorriu latindo", parti para mais uma jornada diária na implementação de parte de um protocolo de rede para um cliente, com o cuidado de modelar cada camada necessária para uma perfeita abstração dos serviços básicos providos pelo sistema, como jamais havia codificado anteriormente.
Descansei ao final do dia e agora ao findar do mesmo, leio tal post para fechar com chave de ouro um dia explendoroso.

Tú és magnifico 7933-0.

--
Popolon Y2k
PlanetaMessenger.org
FreeBSD/OpenBSD/NetBSD/Linux - My dream team

Comentário de 7933-0
Obrigado.: Obrigado! mas não é pra tanto.

================================
Para ser realmente livre, use GNU!
Comentário de Patola
Eu não gosto que falem de Windows...: ...insistentemente como se fosse a única saída. Detesto alguns tipos de comentários, como certa parte dos comentários do Marcelo2007.

Mas ele está certo. Com esse sistema de moderação, fica tudo ideologicamente sob controle do dono. Não existe possibilidade real de uma auditoria independente - não existe jeito de saber os nomes de quem moderou, por exemplo.

É uma vergonha isso que está sendo feito no br-linux. Pode ser que muita gente se irrite, mas tem os como eu que gostam sempre de saber os dois (ou mais) lados da questão, mesmo que recheados de xingamentos e calúnias. Pra isso, ter acesso direto aos posts "troll" é fundamental (isso considerando que os posts serão mesmo desse estilo. Muita gente, aposto, clica direto no troll, nem quer saber de "-1").
Comentário de Patola
Fazendo uma analogia: "Negros, que pena que vocês não curtem ser escravos. A maioria da população é branca e votou pra que vocês o sejam, então respeitem a democracia!!!"
Comentário de Patola
Ditador benevolente? Sei!: De qualquer forma, se eu perceber incidência considerável de comentários moderados como troll/flame por questões de mera divergência de opinião, certamente vou atuar para ajustar o sistema.

"Vou". Ou seja, você demonstra que no fundo não está permitindo aos usuários - você continua com tudo sob seu controle cerrado, bem na coleira.

Nem toda opinião que gostamos de ouvir é agradável. Esconder os comentários com javascript já é bastante ruim, codificá-lo fazendo o leitor ter que ter um trabalho a mais (e conhecimento técnico para realizar a decodificação) é abominável.

E não, eu não confio em você para fazer o juízo de qual post é "valoroso" ou não.
Comentário de brain
Não confiar: Patola, você é bem-vindo se quiser continuar lendo os comentários do BR-Linux, confiando em mim ou não. Mas a avaliação que você mencionou acima, grifando que será feita por mim, compete a mim mesmo.

Outras pessoas podem fazer avaliações diferentes da minha, sobre o teor dos posts que venham a ser moderados como troll, e aí elas podem me procurar e discutir a questão comigo, se desejarem.

E todo mundo continua podendo colocar sua opinião em diversos outros locais, na Internet ou fora dela, se não desejarem usar a área de comentários do BR-Linux para isso. Por aqui, os comentários que atendam aos termos de uso, sejam relacionados ao tema da notícia e respeitem os demais leitores e outros sujeitos mencionados na discussão continuam sendo muito bem-vindos, e o sistema de moderação vai continuar procurando favorecer exatamente esta situação.
Comentário de brain
Controle do dono: De fato, a lista das pessoas que votou, a forma como cada pessoa votou, e os totais envolvidos não são divulgados, e nem auditáveis. Isto é assim no BR-Linux desde o início de 2005.

Vem funcionando bem mas, insisto, há cada vez mais blogs sobre tecnologia e sobre código aberto no Brasil, a comunidade está sabendo oferecer suas próprias alternativas diferenciadas, e eu sou leitor de muitas delas. Cada um tem plena liberdade de escolher seu caminho, e se você quiser criar um fórum com suas próprias regras, ou adotando algum outro estilo de gerenciamento, ou moderação, conte comigo para ajudar a divulgar.

Não acho errado que você não se importe de ler comentários com xingamentos e calúnias, e não tenho dúvida de que há muitas fontes de informação em que você poderá encontrá-los e que ativamente os aceitem ou tolerem.

Quanto ao seu chute sobre o comportamento alheio, eu venho acompanhando as estatísticas com atenção, e o número de votos na opção "-1" aumentou bastante desde que surgiu a opção "flame/troll". Não tenho como verificar o processo decisório de quem votou em "flame/troll", mas o percentual deste tipo de voto em relação aos demais é bem baixo.
Comentário de popolony2k
Grande .....: ...Patola !

Gostei de seu posicionamento e digo mais, TODA opinião contrária à nossa é desagradável nos primeiro momentos e o primeiro sentimento natural contra tais opiniões é a tentativade completo exterminio da mesma.......e a opção "democrática" do Troll adicionada é um convite escancarado para tal ato.

Abraço,

--
Popolon Y2k
PlanetaMessenger.org
FreeBSD/OpenBSD/NetBSD/Linux - My dream team

Comentário de Fernando
Alternativa ao sistema atual: Já que o sistema atual está gerando tanta confusão, por que não implementar uma opção para os usuários cadastrados poderem escolher se querem ou não ver os comentários moderados como troll/flame?

Não sei como o sistema foi implementado, mas me parece algo bem simples de ser executado.
Comentário de brain
boa idéia: Boa idéia, vou colocar na to-do list. Mas não acho que o sistema atual esteja gerando alguma confusão.
Comentário de terramel
Analogia genial: Genial esta analogia! Merece meus parabéns. Não sei porque alguns emos moderaram negativamente! Terrinha moderou positivamente!

--
http://terramel.wordpress.com
BR-Linux.org
Linux® levado a sério desde 1996. Notícias, dicas e tutoriais em bom português sobre Linux e Código Aberto. "A página sobre software livre mais procurada no Brasil", segundo a Revista Isto É.
Expediente
Sobre o BR-Linux
Enviar notícia ou release
Contato, Termos de uso
FAQ, Newsletter, RSS
Banners e selos
Anunciar no BR-Linux
BR-Linux apóia
LinuxSecurity, Tempo Real
Suporte Livre, Drupal
Verdade Absoluta
Pandemonium
Efetividade, Floripa.net
sites da comunidade
Ajuda
Moderação
Flames: não responda!
Publicar seu texto
Computador para Todos
Notícias pré-2004
Tutoriais, HCL pré-2004