Visite também: UnderLinux ·  VivaOLinux ·  LinuxSecurity ·  Dicas-L ·  NoticiasLinux ·  SoftwareLivre.org ·  [mais] ·  Efetividade ·  Linux in Brazil ·  Floripa  

Qual a melhor distribuição de Linux?

Mais lidas de hoje:
No início de 2004 fui convidado a publicar no website da revista Geek um texto sobre a sempre presente pergunta: "Qual a melhor distribuição de Linux?"

Minha resposta, traduzida no "Método BR-Linux de seleção de softwares livres", é ampla, porque acredito que esta pergunta não pode ser respondida de forma definitiva, categórica e específica. A distribuição que é melhor para a secretária do departamento de finanças talvez não seja a ideal para o departamento de desenvolvimento, e nem a que está rodando no servidor de e-mail da empresa. Mas como aparentemente o texto foi retirado do site para o qual foi escrito, publico novamente aqui no BR-Linux.

Veja abaixo a íntegra do texto original, e leia também o texto sobre como adquirir ou fazer download do Linux.


Qual a melhor distribuição de Linux?

Não tenho a menor dúvida de que esta é a pergunta mais frequente na absoluta maioria dos fóruns e listas de discussão sobre Linux do mundo.

Ela pode vir de várias formas. Pode ser genérica ou específica, aberta ou qualificada. O usuário estreante que quer instalar o Linux em seu computador de casa pergunta qual a melhor entre as distribuições que ele viu na banca de jornal. O administrador de sistemas acostumado a outras arquiteturas quer saber qual a melhor distribuição para seu servidor. O usuário que não conseguiu fazer funcionar seu hardware quer saber qual a melhor para funcionar com Winmodems e outros periféricos de projeto exótico. E todos continuam perguntando: qual a melhor distribuição?

Ao contrário de outras perguntas frequentes, esta é uma que costuma ser sempre respondida. Isto porque a maior parte das distribuições possui verdadeiros fã-clubes, com usuários que recorrem a argumentos inflamados para tentar demonstrar mais uma vez, e definitivamente, que a sua distribuição de Linux preferida é a melhor de todas, incontestavelmente a única escolha sensata para instalação, não importando se é para rodar o Oracle em um servidor de 4 processadores, um programa de ensino à distância no Pentium 133 de uma escola ou os ambientes de trabalho da área de marketing de uma multinacional.

Entretanto, como as respostas dos vários fã-clubes se entrechocam, o usuário que fez a pergunta corre o risco de terminar com mais dúvidas do que tinha quando começou. Se a instalação é em um servidor, aparecem três bons argumentos para uso do Debian, mais três para o Red Hat, mais 3 para o Slackware, outros tantos para o SUSE, alguém dirá que o ideal é criar
sua própria distribuição e outros responderão aos demais explicando por que eles não devem usar Debian, Red Hat, Slackware nem SUSE.

Ato contínuo, todos passarão a discutir entre si, buscando argumentos complexos sobre sistemas de gerenciamento de pacotes, dependências, quem é mais antigo, quem é mais livre, quem deu origem a quem e até sobre a vida pessoal dos mantenedores de cada uma das distribuições. Quem ainda não assistiu a este debate em uma lista de discussão?

A questão é antiga, e provavelmente insolúvel. Enquanto tivermos múltiplas distribuições, teremos seus fã-clubes e também os usuários querendo saber qual a melhor. Não há como evitar. Entretanto, os usuários experientes tendem a se importar com a desorientação causada nos novatos por este tipo de confusão, e procuram oferecer conselhos comuns, cheios de bom-senso e relativamente neutros. Sugerem consultar os websites das distribuições, consultar usuários da sua região (se você vai querer recorrer a eles para obter suporte, é bom usar a distribuição que eles conhecem), ou até mesmo experimentar mais de uma até encontrar a que mais se adapta a você.

Mas será que esta é a melhor resposta? Provavelmente sim, se tivermos que dar uma resposta curta. Entretanto, havendo tempo e espaço para elaborar, pode-se dar respostas mais completas, sem indicar alguma distribuição específica - já que em geral não se pode indicar uma distribuição específica sem conhecer exatamente as necessidades e as capacidades do interessado.

Afinal, qual é a melhor distribuição?

Já vi muitas tentativas de resposta a esta pergunta, baseadas nos mais diversos argumentos: uma seria a melhor por ser a mais antiga, outra por ter o maior número de pacotes, outra por dispensar instalação, outra por ser usada pelo próprio Linus Torvalds, outra por ser "a mais parecida com o Unix de verdade" (seja lá o que isso queira dizer), outra por ter um sistema de empacotamento superior, outra por não ter gerenciamento de dependências automático, outra por ser a mais livre, outra por ter o ciclo de atualizações mais longo, outra por oferecer mais documentação...

Como se vê, os critérios são múltiplos, e até mesmo conflitantes: os fãs de uma distribuição acham que a sua é a melhor por oferecer o maior reconhecimento automático de hardware, e os de outra acham que a sua é a melhor de todas porque não tem reconhecimento automático nenhum, deixando tudo nas mãos do administrador do sistema.

Há algumas classificações folclóricas também. Dizem que a distribuição X seria melhor para desktop, outra é a rainha dos servidores, a terceira suporta mais hardware... Embora várias delas tenham méritos em áreas específicas, também não é possível afirmar de maneira genérica que alguma delas seja a líder isolada e incontestável nestas categorias.

Mas estou no meu oitavo ano de participação em listas e fóruns de Linux, e já tive minha quota de entrar nesta discussão infinita. Com o tempo, fui desenvolvendo uma resposta padronizada (e que não menciona nenhuma distribuição específica) para oferecer a quem me pede ajuda para selecionar uma distribuição, e agora vou compartilhá-la com vocês. Use, adapte, copie, modifique, ou simplesmente ignore e continue fazendo tudo como você já fazia. Software livre é assim ;-)

O método BR-Linux de seleção de softwares livres

Não é possível responder de forma ampla qual é "a melhor distribuição de Linux" - a melhor sempre será a que atender mais perfeitamente às suas necessidades. A resposta depende do que você pretende fazer com o sistema, da sua capacidade e interesse de administrar o sistema, e até mesmo de sua atitude em relação a algumas questões políticas e filosóficas.

A maior parte das distribuições de Linux consegue disponibilizar o mesmo conjunto de serviços, embora às vezes de maneiras bem diferentes. Algumas já vêm com todos os aplicativos e serviços incluídos nos CDs de instalação, outras exigem downloads e instalações adicionais. Algumas se distinguem por uma ênfase em aspectos específicos do sistema, como a facilidade de configuração, a quantidade de aplicativos, a segurança, a personalização e vários outros.

No site LWN você pode encontrar uma lista atualizada e dividida em categorias das distribuições de Linux, das mais conhecidas às mais obscuras. Já no LinuxISO você encontra links para download de imagens de CD da maior parte delas. E eu mesmo preparei e disponibilizei em br-linux.org/download um guia sobre como fazer o download ou comprar suas cópias do Linux, explicando até mesmo como gravar as imagens de CD que você obteve da Internet - tanto no Linux como no Windows.

E já que são tantas as opções, como escolher uma? O primeiro passo é saber o que recomendam as pessoas a quem você pretende pedir ajuda na hora das dificuldades. Sejam os colegas, ou um grupo de usuários, ou até mesmo um website ou revista, tente descobrir o que eles usam - se a distribuição indicada satisfizer os seus requisitos, poder contar com o suporte deles pode ser interessante.

Em seguida, faça uma lista de perguntas sobre os diversos aspectos que podem ser do seu interesse na hora de selecionar uma distribuição. É claro que eles variam de acordo com seu objetivo: selecionar uma distribuição "para ver qual é a cara desse tal de Linux" no seu micro pessoal é bem diferente do que escolher onde rodar o banco de dados do CRM de uma empresa com 1000 funcionários. Algumas perguntas que você deve tentar responder com a ajuda dos websites das distribuições, das revistas especializadas, da comunidade Linux e (por que não?) com uma mãozinha do Google são:

- Esta distribuição é compatível com todo o meu hardware, infra-estrutura e demais aplicativos já em produção?
- Ela inclui os recursos e pacotes de software de que necessito?
- O processo de instalação e configuração está de acordo com minhas aptidões?
- Ela tem documentação e treinamento em um idioma que eu entendo?
- O suporte prestado (gratuito ou pago) atende minhas necessidades?
- Há uma comunidade de usuários da qual eu possa participar?
- Ela lança atualizações de segurança quando necessário?
- Ela continuará sendo atualizada?
- Ela é livre? É grátis? O preço é aceitável?

Sob um conjunto de critérios objetivos, todas as distribuições podem competir em pé de igualdade, e você pode selecionar a que pontuar melhor nos critérios que fizerem mais sentido para a sua situação específica. Procure as informações, conte os pontos e faça sua escolha!

O mesmo método pode ser aplicado para a seleção de outros softwares livres (SGBDs, servidores dos mais diversos protocolos, ambientes, suítes de escritório, etc.), com adaptações simples e evidentes.

Mas é errado preferir uma distribuição?

Claro que não, todos fazem suas escolhas. Eu mesmo tenho as minhas favoritas, embora não ache que elas sejam as melhores de todas. Conheço pessoas que tentam instalar todas as distribuições possíveis e não se fixam em nenhuma, e outras que são ferrenhas defensoras de alguma distribuição específica.

Mas na próxima vez que alguém lhe perguntar qual a melhor distribuição, pare para pensar: ao invés de simplesmente dizer que a sua preferida é a melhor, que tal ajudar a pessoa a fazer sua própria escolha? Ensinando a pescar, ao invés de simplesmente dar o peixe que estava mais à mão, talvez você preste um serviço de mais valor a quem perguntou - e ao Linux.

(c) 2004 Augusto Campos (brain@br-linux.org). É dada permissão para copiar, distribuir e/ou modificar este documento sob os termos da Licença de Documentação Livre GNU, Versão 1.2 ou qualquer versão posterior publicada pela Free Software Foundation, sem seções invariantes.

Comentários dos leitores

Os comentários abaixo são responsabilidade de seus autores e não são revisados ou aprovados pelo BR-Linux. Consulte os Termos de uso para informações adicionais. Esta notícia foi arquivada, não será possível incluir novos comentários.
Comentário de Anônimo
melhor distro não: ai, não, de novo não !!!............
Cê tá sem assunto pro blog ????????
P..... esse assunto tá mais batido que café no terreiro.....

Comentário de Anônimo
''e até sobre a vida pessoal: ''e até sobre a vida pessoal dos mantenedores de cada uma das distribuições''

caramba discutem até sobre isso, isso é loucura
Comentário de vmedina
É sempre bom lembrar: Isso deveria ser algo básico, mas que todo mundo esquece na hora de falar de distro. Ah que o Slackware é pra servidor e é difícil, que o debian é complicado, que o Conectiva não presta e etc. Olhe nas discussões e veja se não é assim.
Temos que nos lembrar que no fundo, no fundo é tudo Linux(GNU/Linux).
Agora só falta um outro artigo: "Como fazer perguntas de forma inteligente e como responder de forma educada"! :P
Comentário de brain
Como fazer perguntas de forma inteligente: Este artigo já existe: How To Ask Questions The Smart Way.

Tem uma tradução em português aqui.

No fórum do BR-Linux também tem um mini-mini-guia sobre como obter mais e melhores respostas.
Comentário de juca
... mas e a sua?: Augusto, o artigo é ótimo e merecia ser dado de presente pra toda e qualquer pessoa que faça a pergunta e também àqueles que a respondem apressadamente só com um rótulo - que tal um poster?.
Mas fico sempre curioso: qual é a distribuição que VOCÊ, Brain, usa na sua máquina pessoal ? ;-)
Comentário de cavera
Confundindo os iniciantes...: Sou usuário iniciante (e bota iniciante nisso) e sempre me vejo meio confuso ao me deparar com discussões, muitas vezes ferrenhas, sobre a "melhor distribuição". Onde trabalho, as equipes de desenvolvimento usam SuSE, alguns amigos trabalham com Slackware e outros com conectiva, têm os que usam Kurumin e os que usam Red Hat. Escolhi o SuSE para aprender a trabalhar por conhecer um numero maior de usuários ficando mais facil pedir suporte. Confesso que antes disso já havia passado por várias distros, algumas nem sequer tive tempo de me acostumar. Resolvi agora ficar na que estou para pelo menos poder comparar com outra que eventualmente venha usar no futuro. E deixar um pouco esse questao da "melhor distribuição" de lado para nao me confundir.

Daniel Cavera Régis
daniel.regis@gmail.com
Comentário de minholi
O slackware é assim...: O software livre é tão livre que chega ao ponto de permitir diferentes arranjos político-organizacionais na constituição de uma distribuição. Dentre as distribuições de linux existem desde as distribuições criadas por empresas e disponibilizadas de forma livre numa tentativa de "recrutar" apoiadores, passando por distribuições onde não existe qualquer órgão ou pessoa centralizando o processo de desenvolvimento, até distribuições em que o mantenedor se torna um semi-deus frente aos seus usuários.

A poucos dias os problemas de saúde do Patrick Volkerding foram publicados abertamente para toda a comunidade de usuários do Slackware e, com o apoio crucial de um grupo de brasileiros, a distribuição manteve-se em pleno funcionamento, com correções de segurança garantidas e usuários satisfeitos, sabendo que mesmo que ocorresse o pior não seriam deixados na mão por haverem pessoas preocupadas o suficiente com o andamento das coisas para não deixar a peteca cair.

O mundo do software livre tem dessas coisas, nada é loucura, é a simples humanização de algo que foi propositalmente desumanizado durante anos.
Comentário de wrochal
Debian na cabeça.....: Atualmente nem precisa citar qual a melhor distribuição, sempre fui fã do Slackware, mas depois de usar o Debian me deparei porque esta distruição é a base de várias outras como Knoppix, Ubutun, Kurumin, Kalango, APLinux, e etc. Sua facilidade e a forma que a mesma é desenvolvida nas versões Stable / Unstable / Testing, acho fantâstico e recomendo usar.

No meu ponto de vista o Debian é a melhor distribuição e a mais usada....


William da Rocha Lima
wrochal(NOSPAM)linuxit.com.br
www.linuxit.com.br
www.linuxit.com.br/blog
Comentário de Backz
"Ensinando a pescar, ao invé: "Ensinando a pescar, ao invés de simplesmente dar o peixe que estava mais à mão" ... são sábias palavras.

Ah, eu também gosto de Debian, e também acredito que não existe uma "única solução" ou uma "única verdade".
Comentário de Flavio
Na minha opinião pessoal a m: Na minha opinião pessoal a melhor distribuição é o Slackware...
O Slackware é além disso a distribuição mais familiar ao modelo original, a mais próxima do Unix, entre as principais...
É totalmente customizável...
Para usuários mais novos pode parecer complexa, entretanto após utilizar Slackware este estará habilitado a usar qualquer outra distro...




Comentário de CSENA
Qual o melhor sabonete??: Engraçado, eu estava passando agora a pouco pelo supermercado e acho que esta pergunta pode ser estendido para esta outra: Qual é o melhor sabonete??

Basta voce ir no mercado que verá que tem uma variedade enorme de sabonetes...ficar procurando pelo melhor, eh perda de tempo, pois cada um existe por um motivo...
Comentário de Cadu
Resposta errada...: Olha, parece-me que não era prá dizer qual a distro preferida aqui na área dos comentários. Se todos forem fazer isso, vai começar outra guerra de distros (como sempre começa quando alguém fala "A distro X é a melhor!").
Comentário de André
Outro dilema: Eu tb estou num dilema:
Qual é a melhor distribuidora?
alguns dizem q eh a Esso... eu particularmente prefiro a Sheel...
alguem ai jah usou Texaco? oq achou?
Comentário de cavera
Acho que nao me expressei bem: Quando falei que estava usando suse não foi com a intenção de dizer que ela era a melhor ou coisa parecida.... apenas quis dizer que para um iniciante entrar no meio dessa guerra é algo muito chato. Concordo com a ideia de que cada um usa a distro X por ela atender melhor sua necessidade. No fim todas sao as melhores dentro de suas caracteristicas e aplicações. Se não fossem ninguém as usaria :)

Daniel Cavera Régis
daniel.regis@gmail.com
Comentário de Heitor Moraes
Qual é o melhor comentário?: Qual é o melhor comentário? :P


In a world without wall and fences, who needs windows and gates?
Comentário de Ednei Pacheco
Resposta certa...: Olha, uma coisa é dizer que sua distro é melhor; outra coisa é quererem queimar outras distros por não se enquadrarem em sua preferência. Não vejo mal algum cada um elogiar sua distro preferida, mas sinceramente fico bastante chateado quando falam que minha distro preferida é difícil, somente para experts, não indicada para tal e etc...

Att., Ednei Pacheco,
http://www.linuxhome.eti.br/
Comentário de Ednei Pacheco
Qual é o melhor comentário?: É aquele que todo mundo concorda. Concorda comigo? &;-D

Att., Ednei Pacheco,
http://www.linuxhome.eti.br/
Comentário de vmedina
Eric Raymond é o melhor!: Linus, Stallman, Maddog e etc. são caras legais mas Eric Raymond é muito bom! Todo iniciante na comunidade devia ler os seus artigos, pois mostram a comunidade como ela é.

Eu estava mesmo achando que já tinha lido este artigo.

Só falta o guia de boa educação, uma netiqueta ia bem de vez em quando. :P Tá bom que alguns novatos chegam a dar dor de cabeça, mas todos nós já fomos, ou ainda somos, novatos.

[]s!
Comentário de vmedina
E qual distro você usam?: Galera, sem flames ou flamebaits, digam qual distro usam . Sem querer dicutir, só pra falar mesmo sem compromisso de quem ganha de quem. Lembrem-se que gosto não se discute.

Eu começo dizendo que uso Debian-BR-CDD e Conectiva 10. :)

Espero que todos tenham entendido que não quero começar uma nova guerra, e sim um bate-papo informal. Vejam, não importa quem "vence" na quantidade de usuário e sim ver se conseguimos conversar sobre distro sem ninguém moderar ninguém!

[]s!

Comentário de brain
Distribuições favoritas: A pesquisa de Favoritos da Comunidade Foi realizada durante o mês de dezembro, e incluía esta pergunta.
Comentário de Anônimo
cara essa pergunta é bem dif: cara essa pergunta é bem dificil pois os bugs que uma distro tem a outra pode não ter, mas ela vai ter os delas com certeza. Sem falar que quando uma distro lança uma norva versão, o que não demora muito, veja mandrake e fedora, parecem novos bugs de coisas que funcionavam blz na versão anterior. Alias outro problema do linux, falta compatibilidade entre versões de uma mesma distro!!! O ideal seria experimentar algumas distros e depois escolher qual a melhor para vc. Já usei boa parte das distros(suse, conectiva, fedora, mandrake, kurumin, knoppix), e até hj ainda procuro uma que realmente preste.

t+
Comentário de Heitor Moraes
Esse comentário é o melhor!: Esse comentário é o melhor! :D


In a world without wall and fences, who needs windows and gates?
Comentário de Heitor Moraes
Está ai uma boa sugestão. : Está ai uma boa sugestão.
Podia haver um campo "Distro Favorita" no PROFILE de cada usuário cadastrado.
Agora que o Br-linux.org está tão bem adaptado ao Drupal (ou o Drupal à ele), pode ser uma boa pensar em adicionar algumas coisas, como mais opções do profile.


In a world without wall and fences, who needs windows and gates?
Comentário de Cadu Ellery
Não existe!: Por tudo o que é dito no artigo, quando me perguntam qual a melhor distribuição, eu digo logo:

"Não existe a melhor, existe a adequada".

Daí procuro saber as necessidades e o perfil do cara pra só então dar alguma sugestão de qual, naquele momento, é a distribuição adequada pra ele.
Comentário de Ednei Pacheco
Está aí uma boa sugestão: Beleza, gostei da idéia!

É o 2o. melhor comentário que vejo aqui... &;-D

Att., Ednei Pacheco.
Comentário de Ednei Pacheco
Todas elas prestam: TODAS elas prestam. Talvez o BUG seja o "burrinho de centro"...

Brincadeirinha! &;-D

Att., Ednei Pacheco.
Comentário de Anônimo
Europeus & Pingüins: Há pouco mais de 500 anos níguém imaginava que o mundo seria ao longo deste tempo eurocêntrico - e do modo como os EUA vão... A Europa era a região mais atrasada - social e tecnologicamente. Muito mais provável àquela época a evolução e a conquista do mundo pela China. Um dos diferenciais era o fato da Europa ser dividida (concorrência)- entre outros. Mas este fato só ocorria lá - o Império Otomano bem que tentou... Calma, eu vou chegar lá. Enfim, hoje ela está mais unida do que nunca através de uma paulatina aproximação econômica iniciada pelo modo como os EUA resolveram ajudá-la após a segunda Grande Guerra(Plano Marshall) que evolui para outros campos. A pergunta é: o que é melhor ser Italiano ou Francês? Haverá divergências de certo, mas não há dúvidas sobre uma coisa: ambos são europeus! Resumindo: é muito bom para o Linux ser distribuido em diferentes formas de IDÉIAS, ou seja: distribuições, e eu prefiro usar o Linux.

O texto está muito bom. Acho que ele responde outra pergunta que muitas vezes quem pergunta "qual a melhor distribuição Linux" também não se toca: quais são minhas necessidades? Você mostra como responder esta questão.

Até!
Comentário de andresimoes
O melhor comentário é...: ...aquele que não diz besteira, ou aquele que é engraçado e au mesmo tempo inteligente.


[]'s
André Simões
digitalwarlock [arroba] xxx com br
Comentário de vmedina
AKA...: Erro de interface cadeira-teclado. :P
Comentário de ferdam
nem frances, nem italiano, o: nem frances, nem italiano, o melhor é ser alemao...

xiii !!!
Comentário de Ednei Pacheco
"Este dia não é hoje!": Sou fã da trilogia "O Senhor dos Anéis" e uma citação que gostaria de fazer - que considero interessante analizar - é aquela cena em que Aragorn desafia o exército de Sauron em frente aos portões de Mordor para dar à Frodo a chance de destruir o Um Anel. Ao encontrar seus homens receosos, ele isto para dar confiança e moral:

"Eu vejo nos seus olhos o mesmo medo que me tirava a coragem, haverá um dia em que a coragem do homem falhará, em que falharemos com nossos amigos traindo-lhes a sua devoção. MAS ESTE DIA NÃO É HOJE. Um dia de lobos, em que espadas cairão e escudos quebrarão e os homens perderão essa terra que lhes pertence. MAS ESTE DIA NÃO É HOJE. Hoje nós lutamos. Lutamos por tudo o que nos é querido, por está terra valiosa que nós temos. Hoje é o dia de glória dos homens!"

http://www.setzergabbiane.blogger.com.br/2004_02_01_archive.html

Será que este comentário não deixa "algo no ar" para a comunidade livre?

Att., Ednei Pacheco.

Comentário de Anônimo
Santa paranóia Batman...: Santa paranóia Batman...
Comentário de semente
A questão é qual você usa!: A questão não é qual é a melhor, mas sim qual você prefere utilizar (o porquê).
Comentário de Luc
A "comunidade" custa muito a: A "comunidade" custa muito a entender que muita gente, na verdade a maioria, não está nem um pouco interessada em "aprender a pescar". Querem o peixe, e pronto. E têm todo o direito de querer assim.

Mas o linuxista não desiste. Torra a paciência do comedor de peixe. E o comedor de peixe volta correndo pro Windows. E fica feliz porque encontra lá o que queria.

Imagine se eu levo meu televisor no japonês e ele se recusa a entregar o aparelho consertado:

" - Não, senta aí e lê todos esses livros sobre circuitos e tubos, e sobre como consertar o televisor. Você precisa 'aprender a pescar'..."

Até parece que a gente não tem mais o que fazer.

O mais gozado é que um monte de gente não concorda comigo mas baba ovo no Kurumin, cujo maior mérito é *justamente* tornar tudo mais automático e fácil para o usuário.
Comentário de Cesar
A "comunidade" custa muito a: Discordo do que você escreveu Luc.
Usando a analogia do "pescador", eu e muitos amigos vivemos de pescar e vender peixe e mesmo assim participamos da comunidade ajudando pescadores novatos a aprender o oficio. :D
Em outras palavras ganho a vida vendendo, desenvolvendo e fornecendo suporte para software livre e tenho muitos amigos que fazem a mesma coisa.
Se quer comprar o peixe temos fresquinho, se quer aprender a pescar sobe no barco e tenha umidade como um bom grumete. :D
Comentário de Leandro GFC DUTRA
ESR muita pose:
> Eric Raymond é muito bom! Todo iniciante na comunidade devia ler os seus artigos, pois mostram a comunidade como ela é.


Não é bem assim... ele escreve algumas coisas interessantes, mas é muito megalomaníaco, auto-referente, e emocionalmente instável -- e isso aparece nos textos. De vez em quando dá para falar mal do Stallman à tôa, parece até inveja.

Comentário de Leandro GFC DUTRA
Não é bem assim:
> Há pouco mais de 500 anos níguém imaginava que o mundo seria ao longo deste tempo eurocêntrico - e do modo como os EUA vão... A Europa era a região mais atrasada - social e tecnologicamente.


Nem de longe. A China tinha brinquedinhos mais interessantes, mas não usavam porque eram um império em fase de decadência, centralizado e preocupado com o próprio umbigo. A

Comentário de Leandro GFC DUTRA
Não é resposta:
> que tal ajudar a pessoa a fazer sua própria escolha? Ensinando a pescar


Só se você não precisar trabalhar, ou tiver um trabalho maneiro que te dê tempo de tanto voluntariado... verificar as necessidades a fundo é trabalho para dedéu, principalmente quando a pessoa não sabe o que quer.



Muito mais honesto responder: Debian para aprender e para servidores, Ubuntu e Gnoppix para iniciar, SuSE para programas proprietários como IBM DB2.


Comentário de Ednei Pacheco
"Aprender à pescar": Luc,

Em parte concordo com você sobre este aspecto. Tanto é que considero melhor verificar primeiro se o novo usuário tem condições de "realizar a pesca", para depois definir uma metodologia de acordo.

Quando vocês substituíram o Microsoft Office pelo OpenOffice.org, nunca deu aquele "friozinho na barriga" pelo medo de acontecer algum problema na conversão de documentos .doc para .sxw? Ou ainda, ter medo de fazer alguma "besteira" e perder alguns dos trabalhos arquivados? Sabem porque acontece isto? É porquê simplesmente vocês não tinham confiança na aplicação por ela ser um "território desconhecido". E conforme disse em meu artigo: "O desconhecido causa: dúvida, aversão, desconfiança, temor, insegurança, entre outras sensações indesejáveis".

http://www.linuxhome.eti.br/site/docs/linux-and-users.html

Pois é justamente isto que acontece com um usuário que utiliza uma distribuição automatizada: ele sente-se bem em utilizá-la (e por isso não à descarto para que eles tenham seus primeiros contatos), mas à partir do momento em que houver uma pane no sistema, eles não terão base-técnica suficiente para buscarem a solução; sentirão-se inoperantes - e consequentemente inseguros - em um ambiente que ainda é desconhecido por eles, isto porque a distribuição automatizada ocultou-lhe detalhes técnicos que imposssibilitou-o obter aprendizado para intervir em tais circunstâncias. E o que acontece? Voltam correndo para um ambiente em que (julgam) ter conhecimentos técnicos sobre ele.

Reafirmando, é apenas uma questão de analizar qual atitude deveremos tomar: "dar o peixe" ou "ensiná-los à pescar". O problema é que boa parte realmente não têm condições (imediatas) de "aprender à pescar", mas existem outros têm condições de fazer isto, e não o fazem por pura preguiça e mau hábito = Windows.

Att., Ednei Pacheco.
Comentário de Ednei Pacheco
O melhor comentário é...: Depende, caro André.

Muitas vezes alguém faz aquele comentário "besteirol" que nós teríamos vontade de fazer e não procedemos seja lá por motivos quaisquer... os sábios pressupõe certos conceitos e os ignorantes comprovam na prática sua existência. &;-D

Att., Ednei Pacheco.
Comentário de Ednei Pacheco
Slack & Debian: Hehehe... Deu Slack & Debian! &;-D

Att., Ednei Pacheco.
Comentário de Ednei Pacheco
Enquanto isso...: Enquanto eles ainda não têm condições de aprenderem "à pescar", eles vão saboreand um Kurumin na grelha... &;-D

Att., Ednei Pacheco.
BR-Linux.org
Linux® levado a sério desde 1996. Notícias, dicas e tutoriais em bom português sobre Linux e Código Aberto. "A página sobre software livre mais procurada no Brasil", segundo a Revista Isto É.
Expediente
Sobre o BR-Linux
Enviar notícia ou release
Contato, Termos de uso
FAQ, Newsletter, RSS
Banners e selos
Anunciar no BR-Linux
BR-Linux apóia
LinuxSecurity, Tempo Real
Suporte Livre, Drupal
Verdade Absoluta
Pandemonium
Efetividade, Floripa.net
sites da comunidade
Ajuda
Moderação
Flames: não responda!
Publicar seu texto
Computador para Todos
Notícias pré-2004
Tutoriais, HCL pré-2004