Visite também: UnderLinux ·  VivaOLinux ·  LinuxSecurity ·  Dicas-L ·  NoticiasLinux ·  SoftwareLivre.org ·  [mais] ·  Efetividade ·  Linux in Brazil ·  Floripa  

Conheça antes a configuração do "Notebook para Todos", do governo federal

Mais lidas de hoje:
Ontem começaram a aparecer os primeiros detalhes sobre o programa "notebook para todos", do Governo Federal, incluindo a nova meta de oferecer notebooks a R$ 1800 (preço já disponível hoje em 12x sem juros no mercado legítimo) com financiamentos de longo prazo e juro baixo.



A configuração ainda não foi confirmada, mas o jornalista Guilherme Felitti, que escreve para o IDG Now, foi atrás e encontrou fontes do governo e da indústria que confirmaram em off o que está se desenhando. Escreve ele, em seu blog:


Agora, você já deve saber que o programa de notebook popular do Governo, conhecido informalmente como “Notebook para Todos”, chega às prateleiras até junho, em previsão até otimista.

A principal dúvida ainda não divulgada pelo Governo é a configuração do portátil. Era.

Fontes do Governo e de empresas envolvidos no processo de certificação do laptop popular garatem que a Assessoria Especial da Presidência procura a seguinte configuração para o notebook:

Chip Celeron M410 de 1,4 GHz; drive Combo; memória de 256 MB; disco rígido de 40 GB; Ethernet; modem; Wi-Fi; e provável tela de 14 polegadas.


Para mais detalhes, leia o blog do Guilherme.

Nota 10 para os técnicos do governo, se for confirmada esta configuração realista: esta velocidade, com combo de CD-RW e leitor de DVD, 256MB de RAM, modem e wireless, é o que já se encontra hoje no mercado nesta faixa de preço. Com incentivo governamental, talvez tenhamos mais variedade de máquinas nesta faixa de preço, e o preço das máquinas com 512MB, gravador de DVD e tela de 15 polegadas widescreen deve baixar um patamar.

Para mais detalhes sobre a situação corrente deste mercado, com as ofertas e preços reais para quem está tentando comprar hoje notebooks baratos no mercado formal, leia o artigo "Chegou a hora de comprar seu notebook - veja 10 opções de laptops baratos selecionados pelo Efetividade.net", que publiquei ontem.

Uma nota de rodapé interessante para quem gosta de entender melhor os bastidores da notícia é que não foi o próprio Guilherme ou o IDG que enviaram esta notícia (embora certamente não seja contra a vontade deles), mas sim um integrante das "forças ocultas" nas redações brasileiras - mas são as forças ocultas do bem, a rede de contatos entre redações e blogs, que fazem a informação fluir rapidamente em direção da comunidade, porque sabem o valor de manter bem informados os públicos de seus nichos de interesse, e sabem também que este fluxo corre nos 2 sentidos, com vantagens para todos. Obrigado pela dica, Sr. X!

Comentários dos leitores

Os comentários abaixo são responsabilidade de seus autores e não são revisados ou aprovados pelo BR-Linux. Consulte os Termos de uso para informações adicionais. Esta notícia foi arquivada, não será possível incluir novos comentários.
Comentário de Marcelo
Já era hora, sempre tive: Já era hora, sempre tive vontade (não dinheiro) para ter um notebook,quem sabe agora dá para ter. Espero que seja bastante comercializado para baixar ainda mais os preços.


Comentário de David
Pouca RAM: Celeron dói no meu coração, mas vá lá.
Agora, 256 não é aceitável.
Deveria ser no mínimo 512.

Tomara que o brain esteja certo e o movimento do mercado seja para configurações melhores nessa faixa de preço.
Porque não foi o que aconteceu com os desktops, onde vimos os fabricantes seguindo o mínimo do mínimo da configuração que a lei exigia. E o preço não ficou muito longe do máximo.

Abraços,
David
Comentário de Marcelo Mendes
Tá caro: pra essa configuração você encontra melhores preços,e 256 é uma piada.
Comentário de brain
preços e piadas: Oi Marcelo, se você puder me indicar onde comprar um micro nesta configuração, com nota e garantia, e por menos de R$ 1700,00, eu tenho o maior interesse em saber.

Os notebooks à venda no comércio abaixo de R$ 1900 hoje no Brasil, em sua maioria, tem 256 de memória.
Comentário de evandrofisico
celeron M: Preste atenção quanto a suposta configurção de processador ser um celeron M, e não um celeron. O celeron M é quase igual ao pentium M (anterior ao dual core, mas ainda assim um processador bom), com a diferença que ele não tem speedstep (ou seja, a velocidade do processador é fixa, não permitindo recursos de economia de energia) e tem em geral metade da memória L2 de um pentium M, o que faz que o seu desempenho se MUITO próximo ao de um pentium M. (a desvantagem é que em tarefas que exigam pouco do processador a bateria vai durar menos)

Quanto a memória ram, 256 é pouco para os padrões de hoje, mas as minhas máquinas desktop dificilmente passam de 200 Mb em uso normal, tipo navegando na web ou digitando texto
Comentário de Bira
Alternativas: A meu ver, amarrar o processador em uma única marca e série, fere a concorrência. Por que não permitir também processadores equivalentes da AMD? Com certeza ajudaria ainda mais a acirrar a competição e permitir notebooks um pouco mais acessíveis. Em todo caso, como já citaram, já se encontra em hipermercados notebooks com Linux (normalmente Mandriva) em torno do valor limite de 1800 reais.
256Mb para o usuário padrão de notebook dá e sobra. Como ferramenta para estudantes, ou mesmo profissionais que precisem eventualmente fazer uma apresentação, acessar a internet, digitar textos, mandar e-mails, é mais que suficiente. Devemos lembrar que o objetivo dos programas de "Computador para Todos" e "Notebook para Todos" é a inclusão digital, e não os "power users". Além disso, sempre existe a possibilidade de upgrade de memória.
Comentário de George Kihoma
Impressionante. Ainda usam a: Impressionante. Ainda usam a marca Intel como parâmetro. Porque não usam a AMD (Sempron) como parâmetro? Qualquer benchmark feito com processador AMD Sempron de mesmo clock que um Intel Celeron vai mostrar quem tem melhor desempenho. Aliás, mesmo que o clock do Celeron seja superior, a vantagem ainda é dos Sempron (http://www.clubedohardware.com.br/artigos/1294). Além disso, todos sabemos que a AMD tem sempre conseguido preços menores. Não faz sentido padronizar algo de baixo custo em cima de uma fabricante tradicionalmente careira e de produto específico (Celeron) de menor desempenho que a concorrente AMD (Sempron).
Minha sugestão é manter a configuração descrita, trocando o processador Celeron pelo Sempron.
E apenas, para constar, por que não incluir os Via também? Afinal, consomem muito menos, o que para um laptop é vital. O correto seria que eles especificassem como processador x86 equivalente a Celeron (modelo) ou Sempron (modelo) ou Via (modelo). E não sugerir de cara a marca do processador.
Comentário de popolony2k
Eu particularmente prefiro AMD....: ...tanto que todos meus computadores aqui são AMD's (AthlonXP2400+ e Semprom 2.6) exceto meu note que é P4, mas devo admitir que os Pentiums consomem menos e esquentam menos que os AMD's e por isso em notebooks eu ainda vou de Intel.

--
Popolon Y2k
PlanetaMessenger.org - Java Universal Messenger
FreeBSD/OpenBSD user

Comentário de Marcelo Mendes
Se procurar acha :P: Augusto, se pesquisar dá pra achar mais barato, por exemplo essa configuração do link abaixo acho que está um pouco melhor, o problema é que é à vista. :/

http://www.tray3.com.br/loja/produto.php?loja=58243&IdProd=1305&parceiro=3916


Comentário de brain
11 reais mais barato :): Pô, mas tá só 11 reais mais barato que a proposta do governo, continua 256MB e é só à vista, e não em 36x, né? E mesmo assim tá 89 reais acima do preço que eu te pedi :P

De fato o monitor está uma polegada maior, e inclui gravador de DVD, não apenas combo DVD+CD-RW. Está melhor do que a especificação mínima do governo.

Mas o meu desafio continua de pé, e até te dou uma colher de chá: vale um notebook (no Brasil, com nota, garantia e assistência) com as especificações do governo por menos de 1700, ou um notebook com 512 de RAM (e as demais especificações do governo) por 1800 :)
Comentário de profano
Governo define configuração...: *** Notícia veiculada pelo IDG Now (atualizada às 17:52h de hoje - 17/01/2007:

Processador--------1.4 GHz - (NÃO ESPECIFICA FABRICANTE);
Memória------------256 MB;
HD-----------------40 GB - (Não especifica velocidade);
Interface Ethernet; Acesso a redes Wi Fi; Modem; Dispplay LCD (mínimo de) 14 polegadas.

Com isenção de 9,25% PIS/Cofins, estima-se que tal equipamento possa ter preço entre R$ 1.700 e 1.800,00.

A configuração acima, como noticiado, é a chamada "MÍNIMA"; Nada impede que os fabricantes possam melhorá-la.

[]'s a todos.
Profano.


Comentário de Weber Ress
Windows Vista Starter Edition: Seria muito interessante se fosse incluído o Windows Vista Starter Edition. Simples de instalar e operar, sendo excelente para quem está começando. E além disso, o Vista consegue encontrar mais facilmente e com muito mais exatidão o hardware do notebook popular que as distro linux atuais.
Comentário de tux
Vejam o Absurdo -- Pagamos Caro!!!: Aí subdesenvolvidos e explorados

Por menos de R$2.000,00 vcs compra um top de linha ai no Brasil (http://www.amazon.com/Sony-VGN-N150G-Notebook-Intel-Processor/dp/B000J41Z7O/sr=1-23/qid=1169084634/ref=sr_1_23/102-5364240-5862522?ie=UTF8&s=pc)

É só procurarem q acham mais barato. E ainda ficam discutindo esse plano ridiculo do governo.

Chega de ser explorados e se expor ao ridiculo.

Prosteste!!!! Reclame contra este abuso!!!

Chega de ser BABACA!!!!
Comentário de sapere aude
Ele terá as mesmas: Ele terá as mesmas limitações do Windows XP Starter Edition? Caso tenha, melhor ficar sem Windows.
Comentário de emanuelsan
Vista caolha:
Sendo um Linux o S.O. pré-instalado os fabricantes cuidarão para que o hardware seja compatível, ou que o Linux esteja com qq driver extra necessário para usar o notebook.

Mas o Linux é mais fácil de instalar que qq Windows, ao final da instalação se tem de tudo, Office, BD, firewall, antivírus (para quem acha que é necessário), servidor Web, FTP, DHCP, software de desenvolvimento, ... tudo que se queira; já o Windows vem pelado e depois de instalado vc teria que ir atrás dessas coisas.

Mesmo assim acho dificil um usuário final querer se arriscar a instalar seja linux ou windows, os caras querem tudo pré-instalado, se não estiver, pagam alguém para fazer por eles, por isso não acho vantagem esse negócio de "mais fácil de instalar".

Quanto a esse Vista Starter Edition deve limitar o usuário na sua liberdade de usar o computador do jeito que ele quiser, amarrando-o ao que o fabricante acha que ele deve. Tanto por ser Vista com seu DRM e por ser Starter com suas limitações de abertura de janelas, etc.

Pq alguém iria colocar um S.O. oficialmente capado pelo próprio fabricante para um programa de inclusão social, sendo que o público alvo já são "excluídos" que precisam de ajuda para se "incluirem", pq haveria o governo de limitá-los artificialmente com um S.O. desses?

"Agente que incluir vcs, mas nem tanto" Ah! ah!



Comentário de hardware
Este te atende!: As lojas Americanas estao oferecendo um modelo da Positivo com Linux Mandriva 2006 com exatamente a mesma configuração da proposta do governo; e da pra parcelar em 'n' vezes. Vá em: http://www.americanas.com.br/prod/570380/eacom
Comentário de pilgerowski
Estão perdendo uma oportunidade histórica: Que é vender os notebooks com suporte a redes mesh.

Ou só ter wi-fi já dá para usar dessa maneira?

--
Charles Roberto Pilger http://www.charles.pilger.com.br #134499
Comentário de Nighto
Conheço muito pouco de rede: Conheço muito pouco de rede wifi, mas toda placa wifi (posso estar enganado) pode trabalhar no modo adhoc. Seria o suficiente para rede mesh?
Talvez algum comentador com mais conhecimento técnico saberia responder com exatidão.
Comentário de Douglas Augusto
O governo já detalhou o: O governo já detalhou o regulamento do "Notebook para Todos"? Qual seria o link oficial?

Me preocupa a questão de compatibilidade efetiva limitando-se ao uso de SLs, especialmente no que tange drivers para placa de vídeo (c/ aceleração) e dispositivo wireless.
Comentário de Tiago Dias Bugarin
OPA OPA: hehehe só rindo!

vamos lá: isso é o amazon.com (hummm .br não vai na linha... hummm então é gringo o domínio...) clico e tenho mais uma tab... vou lá ler!

hummm é o Amazon! Um gigante americano de vendas online!
É um "Sony VAIO VGN-N150G/W 15.4" Notebook PC (Intel Core Duo Processor T2050, 1 GB RAM, 100 GB Hard Drive, DVD+/-R Dbl Layer Drive)" -- copiei o título da página --
Ótimas especificações, ótima máquina!
preço: $1,128.53 -- copiei da página também --
hummm é impressão minha ou o site tá todo em inglês? mesmo reconhecendo que eu sou do brasil e sabendo que no brasil se fala português (do brasil) o site ainda tá em inglês?? que estranho, será que a moeda é Real ou é Dólar Americano? Bom, se tudo tá em inglês e o site é americano eu presumo que a moeda seja Dólar Americano, portanto são US$1,128.53 , o que colocando na formatação adotada no brasil é US$1.128,53 (mil, cento e vinte e oito dólares e 53 centavos de dólar)!
dito isso vamos ao câmbio! para essas coisas eu gosto de ir ao banco central do brasil bancocentral.gov.br
Agora é domingo portanto a última cotação do dólar foi de sexta-feira 19-jan-2006 e como diz no site foi as 17:36 -- a propósito o pregão terminou mais cedo nesse dia! :) -- e nesse último momento um dólar estava a R$2,1307 para venda e R$2,1299 para compra -- vale lembrar que esses valores só são reais para GRANDES trocas de dinheiro, estou falando de milhares de unidades de moeda não de poucas centenas de unidades de moeda como é o caso do laptop citado mesmo assim vamos levar o valor mais caro citado como nossa realidade --
1.128,53 * 2,1307 = R$2.404,5589 ou aproximando === R$2.404,56

estamos quase lá falta dois detalhes: frete e impostos!

vou parar por aqui pra não ficar mais triste...
Comentário de popolony2k
Só que são R$2400 para ....: ...um notebook de verdade e não para essa especificação ching-ling que temos por aqui, com qualidade pra lá de contestável.

Se chegar a uns R$2.800 a R$2900 com impostos, esse Sony VAIO é com certeza mais interessante que qualquer alternativa popular, sem contar que seu preço é aceitável pela característica e qualidade do produto.

Quanto ao site estar em Inglês, infelizmente Inglês é lingua Universal e quem quiser se dar bem inclusive na carreira, precisa domina-la..... Tudo isso enquanto o Brasil não se torne uma potência de língua portuguesa e coloque o português como língua Universal tb, mas está difícil isso acontecer, prefiro acreditar em Papai noel por enquanto.

--
Popolon Y2k
PlanetaMessenger.org
FreeBSD/OpenBSD/Linux - My dream team

BR-Linux.org
Linux® levado a sério desde 1996. Notícias, dicas e tutoriais em bom português sobre Linux e Código Aberto. "A página sobre software livre mais procurada no Brasil", segundo a Revista Isto É.
Expediente
Sobre o BR-Linux
Enviar notícia ou release
Contato, Termos de uso
FAQ, Newsletter, RSS
Banners e selos
Anunciar no BR-Linux
BR-Linux apóia
LinuxSecurity, Tempo Real
Suporte Livre, Drupal
Verdade Absoluta
Pandemonium
Efetividade, Floripa.net
sites da comunidade
Ajuda
Moderação
Flames: não responda!
Publicar seu texto
Computador para Todos
Notícias pré-2004
Tutoriais, HCL pré-2004