br-linux

Artigos br-linux.org
Artigos sobre Linux em bom português, originais e com qualidade

Instalando o Oracle 10 no SUSE 9.1 Professional
Publicado em 11 de outubro de 2004

Nosso colaborador regular Cabelo (alessandrofaria @netitec .com.br) enviou um relato de instalação do Oracle 10 no SUSE 9.1 Professional. O relato poderá ser útil também para quem tente instalar este banco de dados proprietário em outras distribuições não homologadas por seu produtor.

Driblando a instalação do Oracle 10 no Suse 9.1 Professional

Cabelo (alessandrofaria@netitec.com.br)

Após a conclusão da instalação Linux em um cliente, o DBA oracle ZUZA - zuzafgc@uol.com.br (um dos melhores DBA que ja conheci como profissional e pessoa) iniciou a instalação do pacote oracle 10. Foi neste momento que começaram as dores de cabeça pelo insucesso da instalação.

Pois estávamos em um sábado pela manhã. Teriámos que optar em resolver o problema ali no presente momento, ou retornar para efetuar as respectivas pesquisas e retornar no próximo fim de semana.

Constatei que o problema seria resolvido com mais facialidade com a presença de um DBA (Mestre ZUZA). Como esta história teve um final feliz, resolvi documentar as dificuldades para outros profissionais ou até mesmo eu não sofresse novamente.

1ª Dificuldade incompatibilidade de versões Linux.

O Oracle é certificado apenas para algumas versões Linux específicas. A instalação não será executada no método convecinal ser a sua distribuição não for homologa. Veja o erro no exemplo a seguir:

# ./runinstaller

Checking operating system version: must be redhat-2.1,UnitedLinux-1.0 or redhat-3
Failed <<<<
#

Para que o instalador não verifique a versão atual do Linux, basta utilizar o seguinte comando:

# ./runinstaller -ignoreSysPrereqs

2ª Dificuldade, o HugeTLBfs!

Oracle 10 utiliza este recurso chamado hugetlbpages, um recurso adicionado no kernel 2.6 que existem também em outras versões.

Os dados neste sistema de arquivos sao levados por grandes paginas de memória até CPU. Vale a pena resssaltar que foi criado exclusivamente para oferecer um suporte melhorado a bancos de dados de memória compartilhada.

Este recurso permite usar pagesize de 4M, assim evitando grande cliclos ao nucleo do processador gastos com paginações menores (nem vou mencionar o impacto na otimização de memória física).

O problema vem com a mensagem de erro abaixo durante a instalação:

ORA-27125: unable to create shared memory segment

A receita de bolo abaixo, contorna este problema habilitando tal recurso no sistema.

Edite o arquivo profile, inserindo a seguinte linha:

# vi /etc/profile

Insira ====> export DISABLE_HUGETLBFS=1

O Oracle deve ser instalado como usuário oracle, e a variável ambiental DISABLE_HUGETLBFS passa não existir quando executamos o runinstaller. Para resolver este problema execute os comando abaixo.



cd $ORACLE_HOME/bin
mv oracle oracle.bin
cat >oracle <<"EOF"
#!/bin/bash

export DISABLE_HUGETLBFS=1
exec $ORACLE_HOME/bin/oracle.bin $@
EOF

chmod +x oracle

Com estes procedimentos a instalação Oracle será concluída com sucesso!

Postado por brain em outubro 11, 2004 02:04 PM

Comentários para "Instalando o Oracle 10 no SUSE 9.1 Professional"

» Postado por: Marcelo Gondim em outubro 11, 2004 09:32 PM, 200.217.145:

    Muito útil as informacões acima e excelente a iniciativa de compartilhar conosco.
    Aproveitando a documentacão acima. Alguém tem alguma doc de instalacão do Oracle 9i ou 10 no FreeBSD 5.x?

 

» Postado por: Fernando em outubro 13, 2004 02:12 PM, 200.207.216:

    1ª Dificuldade incompatibilidade de versões Linux:
    Me parece um pouco infeliz a Oracle limitar àquelas versões. Mais ainda se existe a opção -ignoreSysPrereqs.
    A propósito, qual a versão do SuSE adere ao UnitedLinux-1.0 (já que ela é um dos signatátios) ?

    2ª Dificuldade, o HugeTLBfs! :

    Eu não entendi, o recurso hugetlbpages ficará desabilitado apenas durante a instalação, ou permanecerá assim durante a operação normal do servidor ?
    Não seria possivel outra saída, alterando-se os parâmetros de kernel para suprir os valores requeridos pelo Oracle (via sysctl) ?

    Fernando Dammous

 

» Postado por: Flávio Carmo em outubro 13, 2004 02:44 PM, 201.10.175.:

    Fernando, o SUSE LINUX ENTERPRISE SERVER 8 é o UNITEDLINUX 1.0 mais pacotes adicionais da SUSE. Vale ressaltar que no Oracle 10G, a Oracle não dará suporte ao UnitedLinux (é o boato que corre), devido ao consórcio meio que "deu pra traz" (Leia CULPA DA SCO!)...

 

Antes de comentar...

- Preserve a qualidade desta discussão
- Leia os Termos de Uso.
- Este formulário deve ser usado para comentários sobre a notícia. Se você tem dúvidas ou precisa de ajuda, use o Fórum.
- Mantenha o foco nos argumentos e no assunto
- Não faça ataques pessoais.
- Pense 5 vezes antes de entrar em discussões inúteis, como "qual é a melhor distribuição/ambiente gráfico/linguagem de programação/etc.", mesmo se alguém já tiver provocado - um erro não justifica o outro
- Não seja um e-mala ;-)

Envie seu comentário









Lembrar as informações pessoais?


Atenção: Este formulário deve ser usado para comentários sobre a notícia. Se você tem dúvidas ou precisa de ajuda, use o Fórum, onde mais pessoas estarão disponíveis para respondê-lo..






Nota: os comentários pertencem a seus respectivos autores e são de responsabilidade de quem os postou. O restante desta nota está disponível sob a licença GNU FDL, exceto se explicitamente declarado em contrário.