br-linux

Artigos br-linux.org
Artigos sobre Linux em bom português, originais e com qualidade

OpenOffice.org: Estilo é tudo, certo?
Publicado em 3 de maio de 2004
O Cárlisson Galdino enviou esta tradução autorizada pelo autor do artigo "OpenOffice.org: Estilo é tudo, certo?", publicado originalmente em março de 2004 pelo Linux Journal. Trata-se de um guia para quando e como usar estilo ao invés de formatação manual em documentos do OpenOffice.org, e uma peculiaridade deste documento é que a íntegra do seu texto está sendo publicada por nós (a pedido do autor original) disponibilizando sob a licença OOo Public Documentation Licence ao invés da GNU FDL que adotamos para todos os demais artigos.

OpenOffice.org: Estilo é Tudo, Certo?

Original publicado no dia 31 de Março de 2004, por Bruce Byfield, em Linux Journal [http://www.linuxjournal.com/article.php?sid=7488]
Traduzido em 03 de Abril de 2004 por Cárlisson Galdino <andarilho@alexandria.cc>

Um guia para quando e como usar estilo ao invés de formatação manual em documentos do OpenOffice.org.

Estilos são a principal característica que tornam as suítes de escritório mais que máquinas de escrever. No OpenOffice.org, entretanto, eles são mais importantes que o usual. A maioria dos processadores de texto oferece estilos de caracteres e parágrafos, mas o OpenOffice também inclui estilos de moldura, página e numeração. E o mais importante, o OpenOffice.org extende o conceito de estilo para outras aplicações. O Impress, por exemplo, tem um sistema de estilos, enquanto o PowerPoint, seu equivalente no MS Office, não tem. O mesmo é verdadeiro para o OOo Calc e o MS Excel. Uma vez que você entenda porque você deve usar estilos e quando, você achará as ferramentas do OpenOffice.org para a gerência e aplicação de estilos fora de série. Você também começará a desencadear todo o poder do OpenOffice.org.

Estilos são a forma preferencial de se formatar documentos em uma suíte de escritório. A alternativa é formatação manual. Para usar formatação manual, se você quiser mudar a formatação padrão, você seleciona parte do documento - por exemplo, uma página ou um grupo de caracteres - e então aplica a formatação usando a barra de ferramentas ou menu. Cada vez que você quer formatar algo, você o faz individualmente. Este estilo de formatação é popular principalmente por não requerer nenhum conhecimento especial. De fato, ele envolve o uso do processador de texto como se fosse uma máquina de escrever.

O problema é, como Robin Williams aponta no título de seu famoso livro, The PC is Not a Typewriter. Como o título de Williams sugere, você pode fazer mais com um processador de texto como o Writer do que pode com uma máquina de escrever. Se você usar formatação manual, você não pode usar muitas funções que um processador de texto oferece ou você pode usá-las só parcialmente. Entretanto, apesar de toda a sua popularidade, formatação manual é a forma menos eficiente de se trabalhar.

A característica principal que falta a máquinas de escrever e formatação manual são estilos. Estilos são uma lista de configurações de formatação. Sua vantagem é você configurá-los em um lugar e então aplicá-los a qualquer parte do documento em que você deseje usá-los. Se você quiser mudar o formato de todas as áreas definidas, você não precisa visitar cada área individualmente, como faz quando usa formatação manual. Ao invés disso, você muda a configuração do estilo. Instantaneamente, todas as áreas marcadas com aquele estilo também são mudadas - a uma velocidade com a qual a formatação manual simplesmente não pode competir. Se você é um programador, pode pensar em projetar um estilo como equivalente à declaração de uma subrotina; de modo que partes do documento marcadas para esse estilo chamam essa subrotina.

Estilos Básicos nos Documentos do OpenOffice.org

Writer Calc Draw Impress
Parágrafos Células Elementos gráficos (incluindo objetos texto) Elementos gráficos (incluindo objetos texto)
Caracteres Páginas Autolayouts Autolayouts
Molduras (frames)
     
Páginas      
Numeração      

Por que Devemos Usar Estilo?

Muitas vezes, uns que se recusam a usar estilo têm mandado e-mail para a lista de usuários do OpenOffice.org. Eles têm o direito de trabalhar da forma que quiserem, eles insistem. O OpenOffice.org deve ser reprojetado para que usuários de formatação manual tenham o mesmo acesso aos recursos disponíveis aos que usam estilos. Primeiramente, essa requisição soa razoável. Porém, olhando de perto, ela não faz mais sentido que insistir que todas as rodovias devem ser projetadas para que pedestres possam ir tão rápido quando os motoristas. Embora o OpenOffice.org acomode formatadores manuais de várias maneiras, incluindo diversos atalhos encontrados em Ferramentas->AutoCorreção/Autoformatação, as vantagens de estilo requerem uma regularidade de entrada que formatadores manuais nunca poderão prover.

Basicamente, o uso de estilos oferece quatro vantagens principais:

  • Ao custo de trabalho extra preliminar, você poupa tempo em uma longa jornada. Gaste algumas horas definindo estilos, salve o resultado em um modelo e você não terá que pensar sobre o design por meses.
  • Quando você quiser reformatar, você tem que mudar apenas os estilos para reformatar o documento inteiro. Devido aos estilos serem hierárquicos, freqüentemente você não precisará mudar todos os estilos, só aqueles no topo da hierarquia.
  • Algumas ferramentas no OpenOffice.org são aleijadas ou simplesmente não funcionam sem estilos. No Navegador, estilos estão à direita, no topo da janela, agindo como marcos miliários para a movimentação sobre o documento. Deseja um campo para definir um número de capítulo ou para ter diferentes estilos de cabeçalhos e rodapés? Para ambas essas tarefas, você precisa usar estilos. Você deseja fazer uma tabela de conteúdo ou mudar o design da página? Você pode fazer ambos sem usar estilos, mas essas tarefas de dois minutos tomarão de você uns vinte minutos.
  • Você usa estilos de qualquer maneira. Índices e tabelas e molduras de objeto, todos usam estilos de parágrafo automaticamente. Por padrão, qualquer coisa que seja uma URL é formatada com o estilo de caractere Internet Link. Adicione um rodapé, e você estará usando o estilo de parágrafo Rodapé. A menos que você seja masoquista ou esteja contente em usar uma suíte de escritório só em um nível mais superficial, mais cedo ou mais tarde você precisará usar estilos. E por não ter como escapa deles, você pode aprender como usá-los ao invés de pular fogueiras para evitá-lo.

Quando Estilos Devem ser Usados?

A resposta mais curta é a maior parte do tempo. Na prática, porém, até especialistas usam formatação manual em certas circunstâncias. Antes de decidir se vai usar formatação manual ou estilos, veja a seguinte tabela e decida em que circunstâncias aplicar estilo ao documento que você está preparando.

Considere Usar Formatação Manual se... Use Estilos se...
O documento é curto.
O documento é longo.
O documento será impresso uma vez e nunca reusado. O documento será revisado várias vezes.
O documento será editado por apenas uma pessoa. O documento será editado por mais de uma pessoa.
Qualquer edição só ocorrerá alguns dias antes da finalização do documento. O documento será editado por semanas, meses ou talvez anos depois da primeira versão.
A formatação do documento é unica e não relacionada a qualquer outro documento. O documento pertence a uma classe padrão de documentos, tais como ofícios, fax ou memorandos.
Você planeja salvar o documento como texto plano e toda formatação será perdida de qualquer forma. O design do documento deve bater com o de outros documentos seus ou da sua compania ou organização. No mundo dos negócios, esse é o interesse em manter uma marca.
O documento é formado por muitos gráficos, e o texto utilizado não está regularmente posicionado ou espaçado - por exemplo, um folheto ou panfleto de produto. Você quer usar o documento de várias maneiras diferentes, cada um delas requerendo algumas pequenas mudanças: por exemplo, imprimir em papel branco e em papel vermelho.

Mesmo que uma das cinco primeiras condições para uso de formatação manual se aplique, usar estilos pode fazer sentido se você tiver um modelo que supra suas necessidades. As últimas duas condições são as únicas razões reais, tirando a preguiça, para usar formatação manual. O Writer oferece o Cursor Direto para design gráfico, uma configuração que adiciona tabulações e linhas como for preciso para lhe permitir inserir texto em qualquer lugar da página (veja Ferramentas -> Opções -> Documento de Texto -> Auxílio de Formatação).

Aplicando Estilos

Quando você está aplicando estilos, você tem duas ferramentas principais, o Catálogo e o Estilista. O Catálogo de Estilo, disponível a partir de Formatar -> Estilos -> Catálogo, é similar à ferramenta de mesmo nome no MS Office. O Estilista, disponível em Formatar -> Estilista ou pela chamada da tecla F11, é uma palheta flutuante. Ambas as ferramentas são para adição, edição e aplicação de estilos.

Imagem do Estilista

Figura 1. O estilista é a forma mais fácil de aplicar estilos. Seu conteúdo difere entre as aplicações. Este é o estilista do Writer.

Se você já usou o MS Office, você pode se sentir mais confortável com o Catálogo. Entretanto, o Catálogo requer mais cliques de mouse ou teclas de atalho que o Estilista para fazer as mesmas coisas. Sendo um diálogo que aprisiona o foco, o Catálogo não é tão conveniente quanto uma janela flutuante como o Estilista. Por essas razões, o Estilista deve ser a ferramenta preferida da maioria dos usuários. A excessão principal são os usuários com monitor de 15" ou menos, que não têm uma área extra para uma palheta flutuante. Embora, mesmo em uma tela pequena, os usuários possam abrir e fechar o Estilista quando necessário.

Catálogo de Estilos

Figura 2. O Catálogo é uma parte da interface do OOo e lembra sua contraparte do MS Office. A menos que você não queira mudar seus hábitos de trabalho, o Estilista é mais eficiente.

O Estilista pode ficar à esquerda flutuando ou ser pregado ou solto do lado da janela de edição, bastando arrastar sua barra de título mantendo a tecla Ctrl pressionada. No decorrer do topo da janela está um botão para cada tipo de estilo disponível para a aplicação em uso. Clique no botão, e os tipos de estilos listados no Estilista mudam. Há também o botão Preenchimento Completo, que lhe permite aplicar um estilo arrastando-o sobre uma área do seu documento, e um botão Atualizar Estilo, que lhe permite modificar um estilo baseado em formatação manual.

No botão do Estilista há uma lista de seleção que relaciona diferente visões de estilos. Visões especialmente úteis são: Estilos Aplicados, que lista só aqueles estilos que estão em uso; Estilos HTML, que lista só os pertencentes ao HTML; e a visão Hierárquica, que mostra uma árvore, deixando claro em que estilos cada estilo está baseado.

O Estilista é tão conveniente que é a única das razões principais para se usar o OpenOffice.org. Entretanto, você pode tornar os estilos mais convenientes escrevendo macros para aplicar automaticamente os estilos que são mais comumente usados e então associar cada macro a uma combinação de atalho. Adicionalmente, para o Estilista e o Catálogo, o OpenOffice.org inclui a ferramenta Carregar Estilos, disponível a partir de Formatar -> Estilo -> Carregar. A Ferramenta de Carga é um diálogo para transferir estilos entre documentos. Do diálogo, você pode escolher que estilos transferir e se os estilos existentes devem ser sobrescritos ou não.

Carregar Estilos

Figura 3. A janela Carregar Estilos é o mecanismo principal para copiar estilos de um documento para outro.

Adicionando e Editando Estilos

O OpenOffice.org inclui dezenas de estilos pré-existentes. Muitos desses estilos estão esperando a sua seleção. Outros são usados automaticamente pelo OpenOffice.org. Adicionar um gráfico, por exemplo, e uma moldura usa o estilo Gráfico automaticamente. De maneira similar, escrever algo que pareça uma URL imediatamente formata o texto com o estilo de caractere Internet Link, a menos que você desligue o reconhecimento de URL em Ferramentas -> AutoCorrigir/Autoformatar. Todos os estilos pré-existentes podem ser editados, mas não deletados. Você também desejará adicionar seus próprios estilos à medida em que as necessidades surgirem.

Organizador

Figura 4. A aba Organizador será a primeira parada quando projetmos um estilo.

Você pode trabalhar com estilos usando o Catálogo, mas quando estamos aplicando estilos, o Estilista é mais conveniente. Para editar um estilo, destaque-o no Estilista e selecione Modificar a partir do menu popup (chamado com o botão direito). Se você quiser adicionar um estilo com base no estilo destacado, selecione Novo ao invés de Modificar. Alternativamente, se você quiser um estilo que não seja baseado em nenhum estilo existente exceto o padrão, selecione um espaço em branco no Estilista para seu clique com o botão direito. Em todos esses casos, o Estilista abrirá uma janela, e você estará pronto para configurar o estilo.

Não importa o estilo, sua primeira parada quando definindo estilos deve ser a aba Organizador. Dependendo do tipo de estilo, o Organizador tem três campos. A forma como você preenche esses campos influencia bastante na utilidade dos estilos:

  • Nome: Por conveniência, cada estilo tem um nome distinto. Os estilos pré-definidos usualmente são nomeados por contexto - Título 1 ou Ênfase. Você pode preferir, entretanto, dar a seus estilos um nome descritivo ao invés disso - Página 2-Colunas ou Marcadores Azuis. Alguns estilos podem ser associados com outros estilos de um tipo diferente, assim você pode também simplificar sua vida dando a todos eles o mesmo nome. Por instância, se um estilo de numeração usa números arábicos, você pode querer chamá-lo, o estilo de caractere usado para formatar os números e o estilo de parágrafo que usa o estilo de numeração com números arábicos. Pelo fato de cada tipo de estilo ser mostrado separadamente, você nunca os confundirá, mas suas associações são óbvias de uma olhada.
  • Lincado com: este campo lista o estilo existente no qual o estilo atual é baseado. Se você começou a fazer um novo estilo destacando um estilo existente, esse estilo é selecionado nesse campo automaticamente. O novo estilo usa todas as características do estilo com que está linkado, exceto aquelas que são especificamente mudadas. O que faz com que mudanças no estilo pai afetem o estilo filho. Essa herança simplifica o projeto do seu documento por permitir que você defina estilos relacionados só uma vez. Por exemplo, se você usar o estilo Título, tudo o que você precisará definir para seus estilos filhos Título 1 e Título 2 são o tamanho e a cor. Você pode ver de quem os estilos herdam mudando para a visão Hierárquica no Estilista.
  • Próximo Estilo: o estilo que é usado automaticamente depois desse estilo. Para alguns estilos, tornar essa configuração disponível não faz sentido. Uma moldura, por exemplo, usualmente não é seguida imediatamente por nenhum outro estilo. Para outros valores, tais como parágrafos e páginas, essa definição poupa tempo. Por padrão, o estilo de parágrafo Título é seguido pelo Sub-Título, que é seguido pelo Corpo de Texto. Ao invés de ter que definir o estilo toda vez, tudo o que você precisa fazer é pressionar a tecla Enter, e o próximo estilo é usado automaticamente.

Uma descrição de outras configurações deve esperar por outros artigos. Por ora, porém, saiba que projetar um grande número de estilos para um documento é um processo intensivo. Mesmo um usuário experiente em OpenOffice.org pode precisar de várias horas para definir estilos em alguns documentos. Por essa razão, o último passo é projetar estilos cujo resultado possa ser salvo como um modelo usando Arquivo -> Modelos -> Salvar. Pela terceira ou quarta vez que você usar o modelo, você já estará começando a poupar tempo e notar a melhoria na sua pressão sangüínea.

Bruce Byfield era um gerenciador da Stormix Technologies e Progeny Linux Systems e um Editor Contribuidor do Maximum Linux. Afastado do seu desktop, ele escuta música punk-folk, levanta papagaios e corre bastante, distâncias dolorosas por sua própria livre vontade. Ele atualmente está escrevendo um livro sobre o OpenOffice.org.

Original publicado no dia 31 de Março de 2004, por Bruce Byfield, em Linux Journal [http://www.linuxjournal.com/article.php?sid=7488]
Traduzido em 03 de Abril de 2004 por Cárlisson Galdino <andarilho@alexandria.cc>

Este texto está disponível para uso sob a licença OOo Public Documentation Licence, e não sob a GNU FDL tradicionalmente adotada no BR-Linux. Esta alteração de licença ocorre a pedido do autor original.

Postado por brain em maio 3, 2004 10:43 AM

Comentários para "OpenOffice.org: Estilo é tudo, certo?"

» Postado por: ABNT em maio 3, 2004 11:42 AM, 200.160.16.:

    Falando em estilos, alguem sabe de algum link para um documento já com os estilos usados nas normas para ABNT?

 

» Postado por: abnt em maio 4, 2004 02:09 PM, 200.164.158:

 

» Postado por: Alexandre Martins em maio 4, 2004 08:51 PM, 200.146.36.:

    Neste momento o site acima diz o seguinte:
    SITE EM MANUTENÇÃO.
    Prezado usuário,
    o site CodigoLivre.org.br encontra-se em manutenção.
    Estaremos voltando à normalidade o mais breve possível.

    Pedimos desculpas pelo transtorno e agradecemos por sua compreensão.

    Atenciosamente,
    Equipe do Codigolivre

    Por favor, encaminhe suas dúvidas para: codigolivre@solis.coop.br

 

» Postado por: Rodrigo de Paula Rodrigues em junho 20, 2004 10:34 AM, 200.165.90.:

    Ótimo tutorial! Parabéns

 

» Postado por: Edson o S em agosto 9, 2004 10:44 AM, 201.8.167.1:

    Fantastico

 

Antes de comentar...

- Preserve a qualidade desta discussão
- Leia os Termos de Uso.
- Este formulário deve ser usado para comentários sobre a notícia. Se você tem dúvidas ou precisa de ajuda, use o Fórum.
- Mantenha o foco nos argumentos e no assunto
- Não faça ataques pessoais.
- Pense 5 vezes antes de entrar em discussões inúteis, como "qual é a melhor distribuição/ambiente gráfico/linguagem de programação/etc.", mesmo se alguém já tiver provocado - um erro não justifica o outro
- Não seja um e-mala ;-)

Envie seu comentário









Lembrar as informações pessoais?


Atenção: Este formulário deve ser usado para comentários sobre a notícia. Se você tem dúvidas ou precisa de ajuda, use o Fórum, onde mais pessoas estarão disponíveis para respondê-lo..






Nota: os comentários pertencem a seus respectivos autores e são de responsabilidade de quem os postou. O restante desta nota está disponível sob a licença GNU FDL, exceto se explicitamente declarado em contrário.