br-linux

Artigos br-linux.org
Artigos sobre Linux em bom português, originais e com qualidade

Análise de Sistemas Gerenciais de Pacotes para Slackware
Publicado em 6 de novembro de 2003
Este artigo do toledo (toledo@core-dumped.org) começa assim: "Sim, o Slackware tem um gerenciamento de pacotes e neste artigo vamos analisar 3 tipos de sistemas gerencias de pacotes desenvolvidos especialmente para o Slackware, são eles: swaret, slapt-get e slackpkg. Vou relatar uma breve explicação de como usar cada um deles, vamos lá!" - leia e debata!

Análise de Sistemas Gerenciais de Pacotes para Slackware

Autor: toledo (toledo@core-dumped.org)

1. Introdução

Sim, o Slackware tem um gerenciamento de pacotes e neste artigo vamos analisar 3 tipos de sistemas gerencias de pacotes desenvolvidos especialmente para o Slackware, são eles: swaret, slapt-get e slackpkg. Vou relatar uma breve explicação de como usar cada um deles, vamos lá!

2. Swaret

Com certeza o swaret é o sistema mais completo, com muitas funções, entre elas - a mais importante - a de resolver dependências. Pode ser baixado através do site oficial: http://www.swaret.org/ ou pelo 2o. CD de Instalação do Slack (/extras).

2.1 Instalando e configurando o Swaret

Instale como qualquer outro pacote (como root):

# installpkg swaret-x.x.x-noarch-x.tgz

Após sua instalação é necessário renomear o arquivo de configuração:

# mv /etc/swaret.conf.new /etc/swaret.conf

O arquivo de configuração do Swaret é bem extenso, não vou entrar em detalhes para não sair do propósito do artigo, mas você pode obter ajuda através do seguinte comando:

# man swaret.conf

Gerando lista de pacotes:

# swaret --update

Pronto! Agora você já pode utilizar o Swaret para gerenciar seu pacotes :)

2.2 Exemplos de como utilizar o Swaret

Para instalar todos os programas em um comando só:

# swaret --install -a

Gerar a lista de dependencias a serem consultadas:

# swaret --dep -a

Help/FAQ/Manual

# swaret --faq
# swaret --manual

3. Slapt-get

Já o Slapt-get é o projeto mais recente nessa área. Um APT-like desenvolvido para distribuição Slackware a partir da versão 9.0. A vantagem é que você pode usar também o repositório www.linuxpackages.net (não oficial) para gerenciar os pacotes.

3.1 Instalando e configurando o Slapt-get

Como todo pacote criado para o Slackware, execute como root:

# installpkg slapt-get-x.x-xx.tgz

A configuração do slapt-get é simples e não precisa fazer nenhuma alteração no arquivo de configuração dele. Mas se for preciso é só editar o arquivo /etc/slapt-getrc

Para baixar os arquivos necessários para o funcionamento do Slapt-get, rode:

# slapt-get --update

E seu sistema está pronto usar o Slapt-get! :)

3.3 Exemplos de como utilizar o Slapt-get

Atualize seu sistema executando:

# slapt-get --upgrade

Para baixar apenas as atualizações:

# slapt-get --download-only

Help

# slapt-get --help

4. Slackpkg

O Slackpkg, desenvolvido pelo brasileiro Piter Punk, é o mais diferente de todos os outros. Seu desenvolvedor segue muito a linha K.I.S.S(Keep it Simple, Stupid - Mantenha-se simples), não resolvendo dependências, o qual se encaixa perfeitamente na simples distribuição Slackware. Você pode baixar o slackpkg em: http://slackpkg.sourceforge.net/ ou instalar do /extras do 2o. CD de instalação do Slackware.

4.1 Instalando e configurando o Slackpkg

Para instalar é fácil, como ele foi escrito em linguagem Shell-Script é só instalar como qualquer outro pacote para o Slack. Como root, execute:

# installpkg slackpkg-x.xx-noarch-x.tgz

O arquivo /etc/slackpkg/slackpkg.conf, permite configurar o Slackpkg. Não vou entrar em muitos detalhes porque é simples de configurá-lo, mas para você ter idéia, você pode fazer configurações do tipo: verificação de integridade (md5sum), manter os pacotes de instalação no HD, adicionar flags para o wget e etc. Outra configuração interessante, é que você pode adicionar pacotes que não quer instalar no arquivo /etc/slackpkg/blacklist, através do comando:

# slackpkg blacklist pacote

Agora edite o arquivo de configuração /etc/slackpkg/mirrors, escolha um dos mirrors que se encontra no arquivo e descomente a linha (Ah, você pode também incluir um ftp de sua escolha ou se preferir, até usar o CD contendo pacotes para o Slackware)

Feito isso, agora temos que baixar a lista de arquivos para sabermos o que teremos de pacotes que poderão ser instalados/atualizados:

# slackpkg update

Pronto, seu sistema está pronto para fazer instalações/atualizações e etc com o Slackpkg :)

4.2 Exemplos de como utilizar o Slackpkg

Para manter sua distribuição Slackware sempre atualizada contra bugs de segurança, execute:

# slackpkg upgrade patches

E para atualizar seus pacotes por versões novas:

# slackpkg upgrade slackware

5. Conclusão

Cada sistema apresentado aqui tem seu próprio propósito. Se você é um administrador que não tem muito tempo para ficar analisando o ChangeLog e resolvendo problemas de dependência, use o swarent ou o slapt-get, já se você é um administrador mais preocupado com o funcionamento do seu sistema e é um usuário fiel ao Slackware (como eu), com certeza irá preferir o slackpkg.

Sugestões, críticas e dúvidas, entre em contato: toledo@core-dumped.org

Postado por brain em novembro 6, 2003 11:03 AM

Comentários para "Análise de Sistemas Gerenciais de Pacotes para Slackware"

» Postado por: Fernando Tauscheck em novembro 7, 2003 08:28 AM, 200.17.210.:

    Apesar de não ser exatamente um gerenciador de pacotes, temos o slackcheck, que simplesmente atualiza a máquina apartir de um servidor... A principal antagem dele é que ele atualiza outras máquinas rodando slackware tbém... Tá aí mais uma dica...

 

» Postado por: THB_MATRIX em fevereiro 10, 2004 06:02 PM, 200.138.253:

    Achei interessante o artigo.
    Eu sou um inútil e desocupado, portanto posso usar o slackpkg.
    Porém muita gente precisa maior agilidade e não quer ler informações de dependencias...
    Mas claro que tem o detalhe: slackpkg é nacional :D

 

Antes de comentar...

- Preserve a qualidade desta discussão
- Leia os Termos de Uso.
- Este formulário deve ser usado para comentários sobre a notícia. Se você tem dúvidas ou precisa de ajuda, use o Fórum.
- Mantenha o foco nos argumentos e no assunto
- Não faça ataques pessoais.
- Pense 5 vezes antes de entrar em discussões inúteis, como "qual é a melhor distribuição/ambiente gráfico/linguagem de programação/etc.", mesmo se alguém já tiver provocado - um erro não justifica o outro
- Não seja um e-mala ;-)

Envie seu comentário









Lembrar as informações pessoais?


Atenção: Este formulário deve ser usado para comentários sobre a notícia. Se você tem dúvidas ou precisa de ajuda, use o Fórum, onde mais pessoas estarão disponíveis para respondê-lo..






Nota: os comentários pertencem a seus respectivos autores e são de responsabilidade de quem os postou. O restante desta nota está disponível sob a licença GNU FDL, exceto se explicitamente declarado em contrário.