Visite também: UnderLinux ·  VivaOLinux ·  LinuxSecurity ·  Dicas-L ·  NoticiasLinux ·  SoftwareLivre.org ·  [mais] ·  Efetividade ·  Linux in Brazil ·  Floripa  

Dicas-L - Brazilfw, sucessor do Coyote Linux: firewall e gateway em um disquete



“O coyote linux foi uma invenção da Vortech, empresa da área de redes, e foi desenvolvido para compartilhamento de banda larga. O detalhe a seu respeito é que ele rodava a partir de um único disquete, e as suas exigências espartanas de hardware permitiam que ele rodasse em virtualmente qualquer computador velhusco guardado na garagem: um 486DX/25, com 8MB de memória podia rodar o coyote sem necessidade de nenhuma adaptação.

O coyote foi tão bem recebido aqui no Brasil que o fórum de discussões da Vortech começou a receber um grande número de inscritos brasileiros e de novos tópicos em português, mesmo sendo oficialmente em inglês. Em certo ponto, o autor e mantenedor dele, Joshua Jackson criou um novo subforum dentro do site da Vortech, somente em português. Já que ele não conseguia que os brasileiros postassem em inglês, pelo menos ele isolaria o bochicho brazuca em um cantinho próprio.

Depois que o Joshua anunciou sua intenção em descontinuar o desenvolvimento do coyote, o Claudio Cussuol, que já era ativo participante do projeto, resolveu adotar o órfão: juntou-se com outros interessados e criou a infra necessária, fóruns, sites, etc. Hoje em dia o brazilfw (seu novo nome) está de cara nova e acrescido de várias funções que o tornam significativamente melhor do que as versões anteriores. Como diz o novo site, que traz logo abaixo do logotipo: 'Nossa missão: ser a opção para quem amava o Coyote Linux Floppy Firewall'.”


Veja o texto completo em [Dicas-L] Brazilfw, firewall e gateway em um disquete.

Escrevi sobre o Coyote na edição de fevereiro de 2002 da saudosa Revista do Linux. É interessante perceber o quanto estas iniciativas individuais conseguem manter-se em destaque por períodos tão longos, quando atendem a uma legítima demanda dos usuários.

Comentários dos leitores

Os comentários abaixo são responsabilidade de seus autores e não são revisados ou aprovados pelo BR-Linux. Consulte os Termos de uso para informações adicionais. Esta notícia foi arquivada, não será possível incluir novos comentários.
Comentário de bebeto_maya
Mundo Estranho...: __Que mundo estranho esse em que vivemos...Falamos tanto em Linux, OpenOffice, Gimp, Firefox que nos esquecemos de projetos extremamente bem sucedidos na área de S.L...E um deles é o Coyote...

__Todo mundo que trabalha com redes conhece...Independente de ser usuário de Linux ou Windows.E o mais interessante é que COyote virou um padrão mesmo...Quem poderia imaginar a loucura de um país que cospe no Firefox e apóia o Coyote, um programa feio sem intereface agradável, porém extremamente simples e funcional.

__Querem outro software que a gente sempre esquece, mas é líder no seguimento...ZSNES, o melhor emulador de Super Nintendo, do mundo, extremamente baixado e inteiramente gratuito e livre.
________________________________
Arte com Linux e Software Livre:
http://inteligencianatural.sites.uol.com.br
Comentário de Peter Parker
Incômodo: Será que só eu me sinto incomodado com essa falta de respeito de escrever em português em fóruns internacionais?
Comentário de brandizzi
+1: Certamente não.

Acho que o português brasileiro vai entrar para a história como o idioma que transformou o Orkut de uma (potencialmente) grande fonte de conhecimento e cultura em um templo da vadiagem e dos spammers :/ Ainda bem que o UB2M (usuário brasileiro burro médio) é incapaz de acessar qualquer outra coisa.

--
Adam Victor Nazareth Brandizzi
Site: http://brandizzi.googlepages.com
"Real programmers don't use Pascal: just the integer ones can do it."
Comentário de vmedina
Deve ser só você mesmo... Ô complexo de inferioridade!: Tem gente que não sabe escrever e ler em inglês, e por isso eles devem ser excluídos? Por quê?

Se um programa é muito usado no Brasil é de se esperar perguntas em pt-BR nele. Por um acaso o usuário brasileiro é menos usuário do que o que fala inglês? Ele está lá de favor, como se tivessem permitido que ele usasse por uma caridade?

Se você tem uma dúvida e só fala em português, se expresse em português. Alguém vai chegar e responder na mesma linguagem.

Ô complexo de inferioridade!

Vinícius Medina
Usuário Linux 383765. É um também? Mostre a sua cara!
Comentário de Gustavo Bittencourt
Conhecimento??? Cultura??????: O Orkut NUNCA foi uma "fonte de conhecimento e cultura", mesmo antes da invasão brazuca.
Comentário de Gustavo Bittencourt
Milagre: Desta vez eu concordo contigo :)
Comentário de vmedina
Vai chover!!!!!!: hahahahaah! :)

Eu sou um rapaz razoável nas horas vagas! :P

Vinícius Medina
Usuário Linux 383765. É um também? Mostre a sua cara!
Comentário de vmedina
Milagre 2, a missão!: Também concordo com vc! :)

Vinícius Medina
Usuário Linux 383765. É um também? Mostre a sua cara!
Comentário de brandizzi
Bem, suspeito...: ...que vocês não estivessem lá antes, devo confessar :) Não era a Biblioteca de Alexandria, mas me foi muito útil, quando ainda se falava inglês por lá.

--
Adam Victor Nazareth Brandizzi
Site: http://brandizzi.googlepages.com
"Real programmers don't use Pascal: just the integer ones can do it."
Comentário de brandizzi
Se um programa é muito:
Se um programa é muito usado no Brasil


...é de se esperar um fórum brasileiro. Triste é ver gente postando em protuguês (ou frances, ou parsi, ou latim, ou pré-indo-europeu basco) numa lista especificada para ser em inglês...

Poxa, eu pessoalmente acho que é muita falta de educação escrever para uma lista usando um idioma que não seja comum a todos. Entendo que, às vezes, alguem mais perdido faça isto uma vez ou outra, mas é realmente ridúculo a mania brasileña de ficar falando em português em listas e fóruns internacionais por não dar importância para estes "imperialistas filhos da p*" ou coisas assim...

Lembre-se da recomendação da RFC 1855:

Remember that date formats, measurements, and idioms may not travel well. Be especially careful with sarcasm.


Se precisamos fazer isto para nos orgulharmos do nosso país[1] e o defendermos é porque não há nada do que se orgulhar ou para defender.

[1] Eu acho esse negócio de se orgulhar do próprio país é uma maneira de manipular toda uma nação para fazer coisas idiotas como invadir o Iraque, matar crianças ou pagar R$ 10 mi para mandar um cara brincar de cientista no espaço, de modo que não me orgulho do meu país de uma forma ou de outra.

--
Adam Victor Nazareth Brandizzi
Site: http://brandizzi.googlepages.com
"Real programmers don't use Pascal: just the integer ones can do it."
Comentário de vmedina
"O patriotismo é o último refúgio dos canalhas" Sammuel Johns: Mas não disse por patriotismo ou postura anti-imperialista

Claro que em Listas por e-mail é deselegantes, mas fóruns entra quem quer no tópico. Se você não sabe ler, não entre oras! ;)

Para que se frustrar com algo que é legal, pois vc sabe que tem um monte de gente e um monte de línguas brincando com o seu programa.

Vinícius Medina
Usuário Linux 383765. É um também? Mostre a sua cara!
Comentário de Peter Parker
Depende do ponto de vista: "Tem gente que não sabe escrever e ler em inglês, e por isso eles devem ser excluídos? Por quê?"

E que tal: tem muito mais gente em fóruns internacionais que não sabem escrever e ler em português, e tem regras claras sobre o idioma a ser usado, por que todos eles deveriam ser excluídos do seu post?
Comentário de vmedina
Simples: Porque ele não vai apresentar respostas de forma que eu possa entender! :P

Oras, uma boa parte do mundo fala português né!


Vinícius Medina
Usuário Linux 383765. É um também? Mostre a sua cara!
Comentário de brandizzi
Fórum não é minha área...: ...mas ainda acho meio deselegantes. Mas prefiro deixar esta categoria aos senhors "forenses" daqui :p

--
Adam Victor Nazareth Brandizzi
Site: http://brandizzi.googlepages.com
"Real programmers don't use Pascal: just the integer ones can do it."
Comentário de
Minha opinião: Brandizzi, abordei a questão do idioma no Guia do e-mala, em 1998. Minha opinião é que escrever em idiomas nacionais ao acessar recursos internacionais (que padronizem algum outro idioma) é um dos muitos caminhos para se tornar um e-mala...

O link: http://br-linux.org/linux/e-mala#idioma

Mas eu concordo com a forma como o Timo Salmi colocou a questão no FAQ da Usenet que ele escreveu no século passado: escrever em um idioma comum a todos, em fóruns e serviços internacionais, não é compulsório - é apenas a escolha mais racional.
BR-Linux.org
Linux® levado a sério desde 1996. Notícias, dicas e tutoriais em bom português sobre Linux e Código Aberto. "A página sobre software livre mais procurada no Brasil", segundo a Revista Isto É.
Expediente
Sobre o BR-Linux
Enviar notícia ou release
Contato, Termos de uso
FAQ, Newsletter, RSS
Banners e selos
Anunciar no BR-Linux
BR-Linux apóia
LinuxSecurity, Tempo Real
Suporte Livre, Drupal
Verdade Absoluta
Pandemonium
Efetividade, Floripa.net
sites da comunidade
Ajuda
Moderação
Flames: não responda!
Publicar seu texto
Computador para Todos
Notícias pré-2004
Tutoriais, HCL pré-2004