Visite também: UnderLinux ·  Dicas-L ·  SoftwareLivre.org ·  [mais] ·  Currículo ·  Efetividade ·  makerNews ·  Arduino

Hoje: Workshop on-line de Iptables - grátis

Tags: patrocinador, firewall

No dia 15/03, às 20:00, vai acontecer o nosso Workshop on line de Iptables. Será um laboratório aplicando muitos recursos importantes, como filtro de pacotes, logs de tráfego, DNAT e SNAT. A participação é gratuita.

Enviado por Bruno Odon (admΘbrunoodon·com·br)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Webinar 16/03/17 - Debate: Alternativas de Interface Gráfica para o Elastix

Tags: evento

Com a mudança do Elastix 5.0 (sem a utilização do Asterisk), muitos estão procurando a melhor alternativa de distribuição para o Elastix.

Neste webinar vamos apresentar a evolução das interfaces gráficas para o Asterisk, assim como mostrar as principais distribuições do mercado e suas características. Após esta apresentação inicial vamos convidar os participantes para falarem sobre experiências e expectativas sobre este mercado.

Este Webinar gratuito vai acontecer no dia 16/03/17 (quinta-feira), às 15:00 e às 20:00 (Brasília). Para inscrições favor enviar um email para treinamentos@portaldosaber.net.

Enviado por Alberto Mitsuo Sato (amsatoΘportaldosaber·net)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Dia da maldade: o desafio que vale um pacote de cursos

Tags: patrocinador, evento

Sexta-feira é o dia da maldade! Sendo assim, o HowTo Online vai escolher uma sexta-feira aleatória de cada mês para propor um desafio hard, valendo um pacote de treinamentos LPIC1+LPIC2+LPIC3-300 para o primeiro colocado. A primeira sexta será esta, dia 17/03.

Enviado por Bruno Odon (admΘbrunoodon·com·br)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Responsável pela TI de Munique nega que haja razão relevante para destrocar o Linux pelo Windows

Tags:

Segundo Karl-Heinz Schneider, não há razões práticas, e vários dos problemas apontados na TI de Munique são reais mas não têm relação com o LiMux.

Schneider é responsável pela empresa IT@M, responsável por grande parte das ações de TI da prefeitura, e conclui que gastar milhões de euros para adotar novamente o Windows e retroceder na migração para Linux (com a distribuição local LiMux) feita há 10 anos é uma medida para a qual não há justificativas técnicas sólidas, apenas intenções de natureza política.

O artigo da TechRepublic revisita vários dos aspectos que sumarizamos em nossa recente notícia “Nesta semana: Município de Munique vai votar sobre reverter a adoção de Linux em seus 15.000 PCs”, e informa que o conselho municipal irá votar a questão após a conclusão de um levantamento sobre os aspectos financeiros envolvidos.

Segundo Schneider, os problemas com compatibilidade com MS Office estão resolvidos (nas máquinas que exigem trocar documentos em formatos específicos com organizações externas usuárias do MS Office) por meio de virtualização.

Ele também reafirmou a conclusão de estudos anteriores de que grande parte dos problemas apontados decorrem de más decisões administrativas, e não de características técnicas das soluções adotadas. Entre essas situações administrativas estão a competência compartilhada entre a gestão central de TI, a cargo da IT@M, e a gestão em cada unidade, a cargo de departamentos internos, o que levou a problemas como a continuidade do uso de versões antigas e de equipamentos mais lentos em determinadas unidades.

O artigo também inclui uma breve análise política, citando inclusive um representante do partido que se opõe ao retorno ao Windows, que diz que esse retorno é muito provável, devido ao apoio pela maioria dos políticos de Munique e à atratividade do negócio oferecido pela Microsoft.

Para uma perspectiva histórica, acrescento nosso post de 2003: Bastidores da vitória do Linux em Munique.

(via linux.slashdot.org - “Munich's IT Lead: 'No Compelling Reason' To Switch Back To Windows From Linux - Slashdot”)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Diretor da Linux Foundation prevê fracasso para empresas que não colherem a inovação do open source

Tags:

A Linux Foundation, cujos membros incluem nomes como Microsoft, Oracle, VMWare e Samsung, defendeu a importância de as organizações colherem a inovação compartilhada do código aberto. Ou, nas palavras de seu diretor Jim Zemlin, elas irão falhar.

Ele não se fixou apenas nesse aspecto da colheita, mas também tocou na importância de investir: segundo ele, os projetos open source mais valiosos são aqueles em que uma comunidade de desenvolvedores rica e diversificada é usada para criar valor que beneficia a indústria e a sociedade, e parte desse valor é reinvestida de volta nesse projeto.

A manifestação foi parte de uma palestra em uma conferência promovida pelo Google, cuja abertura foi de Vint Cerf, um dos pais do TCP/IP e da Internet, que destacou a importância que a abertura e desnecessidade de obter permissões para uso da tecnologia da Internet teve para a inovação ao longo de sua história.

O keynote teve ainda manifestação do vice-presidente de infraestrutura do Google, que opinou sobre o Linux. Segundo ele, o Linux ganhou algumas das batalhas do início da Internet porque era aberto, mas também porque era o mais inovador na época. Ele recomenda que as empresas trabalhem com o código aberto não só pelo valor do código, mas também pelos valores do ecossistema e da comunidade.

(via news.slashdot.org - “Linux Foundation Chief: Businesses 'Will Fail' If They Don't Use Open Source Code - Slashdot”)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Intel doa US$ 250.000 ao FreeBSD, anuncia aproximação

Tags:

Doação corresponde a duas vezes e meia a contribuição que os membros Gold da Linux Foundation fazem a ela anualmente, mas me parece que a participação mais importante virá em termos de apoio ao desenvolvimento de suporte no FreeBSD a especificidades das plataformas Intel, incluindo itens como drivers e ferramentas relacionados a CPUs, produtos de rede, SSDs e mais.

Parabéns! Excelente notícia para o FreeBSD e para todos que se beneficiam do seu código aberto.

(via www.phoronix.com - “Intel To Increase Engagement With FreeBSD, Makes $250k Donation - Phoronix”)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

VMware se torna membro Gold da Linux Foundation

Tags: comunidade

Como já diz o link da própria fundação a VMware se tornou membro gold da Linux Foundation, o que pode causar sentimentos dos mais diversos.

Apenas para relembrar o porque: A Linux Foundation é uma associação de indústria, que defende os interesses de seus membros contribuintes. Não é uma instituição de caridade, e não faz "bem gratuito" em prol do Linux.

É um tanto estranho que uma empresa com o histórico da VMware se junte a uma aliança como a LF, ainda mais depois dos seus longos anos de desrespeito aos princípios mais básicos da comunidade FOSS (como o conceito de copyleft) e a sua continua saga de não assumir que distribuiu trabalho derivado da GPL sem o devido alinhamento legal, e até mobilizando diversos advogados para defender seu ponto de vista deturpado.

Resta aguardar, para ver que frutos sairão desta "parceria"

Enviado por Nícolas Wildner (nicolasgauchoΘgmail·com)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Vídeo: Configurando a seleção de camadas no Gimp

Tags: video

Veja como configurar o Gimp para selecionar e manter ativa a camada selecionada.

Duração: 1:27

Enviado por Marcelo de Souza (marcellodesouzaΘgmail·com)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Arquitetura web escalável baseada em software livre - Teamlyzer

Tags:

O Teamlyzer é uma aplicação web para avaliação de empresas que foi totalmente desenvolvida em software livre. Independente, colaborativa, com mecanismo anti-fraude e adaptada para profissionais das Tecnologias da Informação, ao contrário das demais plataformas existentes.

Lendo as avaliações pode preparar melhor as suas entrevistas em determinada empresa. Partilhando as suas experiências estará a ajudar outros informáticos a prepararem as deles.

Enviado por Dinis Monteiro (dns·monteiroΘgmail·com)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Kubernetes - Iniciando com Pods

Tags: instalar, containers

Nesse post vamos mostrar como realizamos a instalação e também como iniciar os trabalhos com Kubernetes. Como podemos criar nossos primeiros containers com Kubernetes.

Enviado por Mundodocker (contatoΘmundodocker·com·br)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Jenkins - parte 3

Tags:

Esta é a última parte desta série sobre o Jenkins e é também onde justamente tudo aquilo ensaiado na parte anterior será efetivamente colocada em prática com a criação de um job contendo várias etapas, com execução disparada por um outro e, para encerrar algo mais complexo que o Freestyle Project, a execução em pipeline.

Enviado por Giovanni Nunes (giovanni·nunesΘgmail·com)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Firefox 52 desativa (finalmente) suporte a plugins NPAPI como Silverlight, Acrobat e Java

Tags:

Excelentes notícias: suporte a Web Assembly e, finalmente, o fim do suporte à NPAPI, originalmente previsto para o final de 2016.

Há anos as funcionalidades da jurássica NPAPI vêm sendo substituídas por tecnologias mais recentes, e agora a Mozilla considera que já chegou o ponto em que os plugins baseados na NPAPI – tradicionais fontes de travamentos, lentidão e incidentes de segurança – podem ser substituídos por alternativas melhores, incluindo as Web APIs.

Esse aviso de 2015 detalha os planos da Mozilla para desativação da NPAPI (incluindo o estágio atual), explica a razão da exceção dada ao Adobe Flash, e aponta links da Oracle sobre o que fazer quanto a soluções dependentes de applets Java, bem como outras indicações dadas na época a desenvolvedores que dependiam de plugins da NPAPI.

Segue texto enviado pelo Ricardo:

O Mozilla Firefox é um dos browsers mais usados atualmente. Constantemente com diversas atualizações de desempenho e com novas funcionalidades, o Firefox permanece sendo uma opções viável e segura para usuários que procuram estabilidade. Sendo assim, recentemente, a Mozilla lançou o novo Firefox 52 que traz diversas novidades que, provavelmente, deseja conhecer.

(...) Agora, a principal mudança foi a desativação do suporte a plugins NPAPI (Netscape Plugin API) como Silverlight, Acrobat e Java :( – igualmente, feito pelo Google Chrome em 2015. O único plugin “salvo” foi o Flash. Contudo, para usuários Linux o Flash vive um dilema recorrente. No passado, chegou a “morrer” para o Linux… a Adobe chegou a não publicar mais versões atualizadas para o “pinguim”. Para navegadores em sistemas Linux, estava disponível apenas através da API “Pepper” como parte da distribuição do navegador Google Chrome. Contudo, nesse meio tempo a Adobe liberou novamente atualizações para o Linux :/

No caso do Firefox, a Mozilla planeja ativar o Flash no Firefox apenas com o consentimento do usuário. Esta mudança está prevista no futuro! (...)

Enviado por RICARDO FERREIRA COSTA (linuxdescomplicadoΘgmail·com)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Seguindo passos da Sony: SO do Nintendo Switch (aparentemente) também é baseado no FreeBSD

Tags: kernel, bsd, games

Conforme já noticiado aqui, o Orbis OS do Playstation 4 utiliza um sistema operacional baseado no FreeBSD. Seguindo a mesma linha, hipoteticamente o Nintendo Switch (console da Nintendo) também adotou o FreeBSD como seu sistema base.

Aqueles que estavam menos afoitos para clicar em "I Agree" e sair jogando, notaram que o FreeBSD está listado na licença do aparelho. A única gafe: A grafia "Free BSD" na grafia.

Outra hipótese é de que a Nintendo possua um SO proprietário, e utilizou apenas trechos de código do FreeBSD em seu sistema. Esta é uma questão que só o "uname -a" pode confirmar ;)

Enviado por Nícolas Wildner (nicolasgauchoΘgmail·com)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Lançado o sta2 da Mageia 6, em 4 ISOs: Xfce de 32 e 64 bits, Plasma e GNOME

Tags: office, distribuicoes

A Equipe Mageia anunciou o lançamento do segundo instantâneo de estabilização (sta2), último passo para o lançamento da Mageia 6. Apesar do atraso, isto irá permitir versões muito mais recentes do Plasma 5 e dos Aplicativos KDE, melhorando a sua qualidade.

Este lançamento vem com quatro imagens ISO Live: Plasma de 64 bits, GNOME de 64 bits, Xfce de 32 bits e 64 bits.

A Mageia 6 sta2 vem com Kernel 4.9.13 (atual LTS), Plasma 5.8.5 (corrente LTS), Gnome 3.22.3, MATE 1,16, Cinnamon 3.2.4, Xfce 4.12.1, LibreOffice 5.3.1.1, Firefox 45 ESR, Thunderbird 45 ESR, Cromo 56

Outras partes importantes da distribuição também foram atualizadas. Acesse no blog os links para a lista completa de pacotes para as ISOs, as notas de lançamento, a errata e as ISOs para testar a nova versão de desenvolvimento.

Lembramos que esta é uma versão candidata a pré–lançamento, portanto, não está pronta para uso em produção. Se você encontrar algum erro, informe-o no nosso Bugzilla para que possa ser corrigido para a versão final.

Se você quiser contribuir para a melhoria da Mageia, acesses as listas de discussão, fóruns (em português, inglês ou outros idiomas) ou acesse a página de contribuidor/colaborador.

Enviado por macxi (ideiaslinuxetcΘgmail·com)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]

Streama: Saiba como montar um servidor de streaming de vídeos, semelhante ao Netflix

Tags: banco-de-dados, servidor

A ferramenta é ideal para pessoas que têm diversos filmes e séries salvos no computador; e querem gerir melhor e até mesmo compartilhar com os amigos. Assim, é possível montar um servidor de streaming de vídeos, semelhante ao Netflix, e desfrutar de boa parte das funcionalidades oferecidas pela empresa americana.

Além disso, é uma ferramenta gratuita, escrito usando Grails 2.4.4, AngularJS, HTML5 e MySQL por Antonia Engfors, que permite disponibilizar a sua própria Netflix privada para streaming de seu conteúdo multimídia.

Enviado por RICARDO FERREIRA COSTA (linuxdescomplicadoΘgmail·com)

Compartilhe: [Twitter] [Facebook] [Comentar]