FAQ

Linux in Brazil

Documentação original
e de qualidade
em bom português

Dúvidas comuns | Perguntar no Fórum | Notícias | Mais documentos | Contato

FAQ Linux in Brazil

Augusto C. Campos - brain@matrix.com.br

O que é um(a) FAQ?

FAQ é uma sigla em inglês correspondente a Frequently Asked Questions, ou "Questões Frequentemente Formuladas". Trata-se basicamente de um conjunto de perguntas comuns sobre um determinado assunto, acompanhadas das respectivas respostas ou indicações de onde procurar a resposta, e servem como uma tentativa de facilitar a vida dos usuários novos, que podem encontrar suas respostas antes mesmo de fazer a pergunta, bem como poupar a paciência dos usuários experientes que já cansaram de responder às mesmas perguntas de sempre.

Qual o objetivo deste FAQ?

O objetivo do FAQ do Linux in Brazil é reunir as respostas às perguntas mais comuns no Fórum do Linux in Brazil (www.linux.trix.net), servindo ao mesmo tempo como um estímulo à discussão no próprio fórum e como um recurso a mais de apoio ao usuário de Linux no Brasil.

Quem mantém o FAQ?

Este FAQ é mantido pelo editor do Linux in Brazil, Augusto C. Campos (brain@matrix.com.br), que adverte: esclarecimentos sobre as respostas aqui prestadas devem ser pedidos através do Fórum, e não através de e-mail pessoal para o autor, que já recebe e-mail mais do que suficiente, obrigado.

Por que há tão poucas respostas diretas, e tantos links externos?

Porque as perguntas já estavam respondidas por expecialistas no assunto, e não há porque reinventar a roda. A idéia é garantir que o usuário interessado possa se informar, e não entregar tudo de mão beijada para ninguém.

Posso reproduzir o conteúdo deste FAQ?

Sim, desde que a informação seja disponibilizada sem custo para o usuário e preservando o copyright do autor original. O autor ficaria feliz, entretanto, em ser notificado de qualquer uso das informações deste FAQ.

Encontrei um erro no FAQ. Como devo proceder?

Por favor avise o autor, via e-mail ou através do Fórum.

O que é RTFM? Como eu faço isso?

RTFM é uma resposta bastante comum a perguntas que não deveriam mais ser feitas, pois estão amplamente respondidas na documentação disponível (e que em geral é gravada nos CDs, impressa em livros e revistas, e disponibilizada em sites de fácil acesso).

A sigla é em inglês, e significa "Read The F***ing Manual" - "Leia o maldito manual", em uma tradução bem-educada. Quando você receber este tipo de resposta, muitas vezes ela virá acompanhada de uma referência a *qual* manual você deveria ler. Se isto não acontecer, procure:

Se o idioma for uma barreira, utilize tradutores online gratuitos como o Babelfish - não saber Inglês não serve como desculpa para não ler documentação. Muitos dos documentos do Linux Documentation Project constam também em versão traduzida (embora nem sempre atualizada) no LDP-BR.

Eu ouço tanto dizer que o Linux é um sistema operacional suportado pela comunidade... E agora querem que eu vá ler manuais?

Sim, afinal a comunidade já escreveu os manuais... E os softwares. E os websites. E todo o resto. Em geral você terá muita colaboração quando perguntar algo que não esteja nos manuais, e pouca ou nenhuma quando perguntar algo que consta nos guias introdutórios.

Como faço para aumentar minhas chances de obter ajuda ao recorrer a listas ou fóruns de discussão?

Simples! Leia o nosso Guia do e-mala e faça tudo ao contrário :)

Uso uma versão antiga do Linux, ou de um aplicativo, e está acontecendo um erro. Que posso fazer?

Em primeiro lugar, faça upgrade de todos os softwares envolvidos. Todo software livre pode ser obtido gratuitamente, ou a custos muito baixos. Muitos problemas podem ser evitados utilizando versões recentes, e dificilmente alguém vai ser capaz de reproduzir e compreender o seu problema se você utiliza uma versão de 2 anos atrás - os parâmetros mudam, os arquivos de configuração mudam, e os bugs vão sendo extintos.

Assim, jogue fora (ou doe) aquele CD que você ganhou de brinde em 1998, e instale uma versão atual, atualize todas as configurações pertinentes, e só então verifique se o erro permanece. Se permanecer, aí você pode descrevê-lo nas suas listas e fóruns favoritos, e esperar ser levado a sério.

E quais são as listas e fóruns sobre Linux?

Quase todos os sites de maior projeção sobre Linux mantêm seus próprios fóruns online para discussão ou resolução de dúvidas - e geralmente as dúvidas são resolvidas mais pela comunidade do que pelos responsáveis pelo site, o que é natural. Nosso Fórum está às ordens, e você encontrará outros, alguns de excelente qualidade, na maioria dos demais sites sobre o assunto.

Quanto a listas, eu assino apenas duas em português, embora saiba que existam outras de boa qualidade. Ambas possuem websites informativos, visite: Dicas-L e Linux-BR. A primeira manda apenas UM e-mail por dia, sempre com uma boa dica selecionada pelo prof. Rubens Queiroz de Almeida. Na segunda trafegam dezenas, sobre os mais variados assuntos, de todos os níveis - perguntas, respostas e muita discussão.

Pode ser uma excelente idéia assinar as listas de avisos de segurança e anúncios em geral mantidas por sua distribuição de Linux - muita coisa útil e importante circula por este tipo de meio, informe-se no site de sua distribuição.

Qual é melhor? KDE ou GNOME? Kylix ou gcc? Emacs ou vi? Pine ou mutt? Linux ou Windows?

Estas são perguntas que você não deveria fazer - elas não possuem resposta, dependem de opinião. Se você quiser ser levado a sério, no *máximo* diga algo como: "possuo o equipamento tal, meu nível de conhecimento é X, as tarefas que pretendo desempenhar são A, B e C - qual a melhor alternativa neste caso?"

Mas em geral você vai estar melhor atendido se comparar por si só as características de cada uma de suas alternativas, pois as respostas de outras pessoas podem estar bastante distorcidas por suas próprias crenças e preferências.

Como garantir a segurança do Linux?

Se você está instalando um servidor exposto à Internet, provavelmente não deveria estar com este tipo de dúvida. Usuários domésticos, entretanto, podem iniciar com este meu artigo sobre o assunto, e prosseguir com o Security-HOWTO no Linux Documentation Project.

A placa de vídeo XYZ é suportada pelo Linux?

A pergunta certa deveria ser: "o fabricante da placa XYZ já oferece suporte ao Linux?". Mas a resposta em geral se encontra no FAQ do XFree86, ou no website de sua distribuição de Linux favorita.

Como configuro a impressora XYZ no Linux?

Configurar a impressora não é tarefa das mais complicadas, e deve estar adequadamente coberta no manual da sua distribuição - você tem o manual, não tem? De qualquer maneira, a referência básica no que diz respeito a impressoras são o Printing-HOWTO e o Printing-Usage-HOWTO. Temos também uma dica em português!

Como faço para acessar meus disquetes, partições de outros sistemas operacionais ou CD-ROMs pelo Linux?

A resposta tradicional é: você precisa "montá-los", através do comando mount, ou editando corretamente o arquivo /etc/fstab. Caso você use um ambiente gráfico moderno como o KDE, podem haver outras alternativas mais intuitivas, cobertas pela documentação do mesmo.

Como posso utilizar meu scanner no Linux?

O suporte a scanners no Linux é dado por um pacote chamado SANE, cujo site você deve consultar. Eu escrevi também um texto sobre a configuração dos scanners "brasileiros" via porta paralela da Videocompo.

Onde posso obter mais informações sobre hardware suportado pelo Linux?

A fonte mais "oficial" de todas é o Hardware-HOWTO; mas o site do seu distribuidor favorito de Linux pode ter mais informações interessantes também.

Como recupero minha senha de root?

Perdeu? Esqueceu? O administrador de sistemas sumiu e você não tem a senha? Não se desespere! Todo sistema operacional tem alguma maneira de dar acesso privilegiado em caso de extravio da senha de root. No caso da maioria dos Unix, isto envolve dar um boot em modo monousuário - e para isto você precisa ter acesso físico ao console da máquina. Em primeiro lugar, force um reboot - pode ser através das teclas CTRL+ALT+DEL, ou outras medidas mais drásticas conforme necessário - considere a possibilidade de perda de dados antes de simplesmente tirar o computador da tomada.

Durante a inicialização, ao visualizar o familiar prompt "Lilo:", ao invés de simplesmente teclar ENTER, digite o nome da configuração que você usa para o boot (geralmente linux) seguida dos parâmetros single init=/bin/bash rw, assim:

  Lilo: linux single init=/bin/bash rw

Com isto, o Linux dará boot em um modo especial, monousuário, sem necessidade de senha. Troque a senha do root (através do comando passwd), reinicie o micro, e pronto!

Se o seu gerenciador de boot não for o tradicional Lilo em modo texto, inspecione atentamente a tela ou menu exibido durante o boot, para verificar como incluir parâmetros interativamente. Em geral esta opção existe, e você não terá dificuldade de encontrá-la.

Além disso, certifique-se de guardar seus servidores (não apenas os de Linux

  • *todos* os sistemas comerciais possuem alternativas similares) a salvo de acesso físico por pessoas não autorizadas, ou eles também poderão praticar este truque :-) Este texto de minha autoria detalha mais profundamente a questão.

    Como eu configuro a rede no Linux?

    A resposta a esta pergunta é extensa. Eu mesmo já escrevi vários textos a respeito, procure no meu índice de artigos ou na minha área de dicas. Se não for suficiente, recorra diretamente ao último (e mais completo) recurso: o Net-HOWTO no Linux Documentation Project.

    Antes que você pergunte, SIM, o Linux é compatível com a maior parte dos provedores de banda larga disponíveis no Brasil.

    E para compartilhar a conexão à Internet entre várias máquinas?

    Isto não costuma ser difícil. Ligue-as em rede normalmente, e aí ative o IP Masquerading, ou uma proxy (como o Squid) ou ambos.

    Eu já escrevi vários textos sobre os dois assuntos, procure no meu índice de artigos ou na minha área de dicas.

    E a conexão por modem?

    Também pode ter uma resposta extensa. Muitos usuários preferem soluções gráficas e "fáceis" como o KPPP e o WvDial (procure no freshmeat.net). Mas quando estes falham, às vezes é difícil encontrar a razão da falha. Minha preferência é por seguir as instruções que constam no manual impresso das melhores distribuições, ou optar pela configuração manual do pppd, ou de um script simples como o meu PPP Fácil.

    Além disso, escrevi vários textos a respeito, procure no meu índice de artigos ou na minha área de dicas. Se não for suficiente, recorra diretamente ao último (e mais completo) recurso: a dupla PPP-HOWTO + Modem-HOWTO no Linux Documentation Project.

    Finalmente, se o seu modem tem características especiais (winmodem e similares, como o LT Winmodem da Lucent, os modems PCTEL e vários modelos em placas PCI, ISAPNP e onboard) e não foi reconhecido automaticamente por sua distribuição, procure instruções (e drivers) em sites especializados, como o ModemClub, JCMP3 e Winmodems are not modems.

    O ppp disca, conecta mas não consigo acessar nada na internet. Por que?

    Se o seu ppp está configurado corretamente, provavelmente você esqueceu de configurar o servidor DNS. Utilize sua ferramenta de configuração favorita, ou edite o arquivo /etc/resolv.conf, acrescentando (no início) a seguinte linha, substituindo o 10.11.12.13 pelo endereço do servidor DNS do seu provedor de internet :

    nameserver 10.11.12.13
    

    Configurei o Linux corretamente, quero discar para meu provedor mas o KPPP (ou similar) insiste em apresentar mensagens de erro que não fazem sentido (modem ocupado, etc). Por que?

    As mensagens de erro das versões correntes do kppp são enganosas, em muitas ocasiões. A sugestão é utilizar um discador mais simples (como o PPP Fácil) e acompanhar as mensagens de erro através do comando 'tail -f /var/log/messages'.

    O Linux insiste em dizer que meu modem está ocupado, por que?

    Uma das possíveis razões é o erro na configuração da IRQ do modem. Verifique sua configuração, e recorra às suas ferramentas de configuração favoritas para alterá-la. Uma dica extra é consultar o manual da sua distribuição (você tem o manual, não tem?) e os manuais oficiais, Modem-HOWTO e PPP-HOWTO, que você encontra no Linux Documentation Project.

    Como alterar o prompt da shell?

    É possível incluir muita informação útil no prompt do bash, incluindo o diretório corrente, hostname, usuário corrente, e muito mais. É possível também usar belos esquemas de cores, e até mesmo usar o prompt para redefinir o conteúdo da barra de título do seu xterm, exibindo nela o nome do diretório corrente, por exemplo. Mais detalhes no Bash-Prompt-HOWTO.

    Como faço para criar um disquete de boot do Linux?

    Criar disquetes de boot é uma boa maneira de ficar tranquilo quando ocorrem falhas de inicialização - um upgrade de kernel mal executado, ou problemas físicos nos discos rígidos, por exemplo. O Bootdisk-HOWTO explica como criá-los.

    Quero desinstalar o Linux, mas não consigo me livrar do LILO durante o boot. Como fazer?

    Se você já desinstalou o Linux, dê um boot de DOS, Windows ou outro (assim chamado) "sistema operacional" da Microsoft, e use o comando "FDISK /MBR", que irá reconstruir seu setor de boot, apagando o LILO.

    Durante a inicialização do Linux, o LILO começa a carregar, exibe algumas letras na tela e em seguida congela. Qual a razão?

    Como um bom gerenciador de boot, o LILO é um software compacto, o que prejudica a inclusão de mensagens de erro detalhadas. Entretanto, estes caracteres exibidos pelo sistema são um bom instrumento de diagnóstico. Veja o significado de cada mensagem:

  • L - o arquivo /boot/boot.b não pôde ser lido, devido a problemas (de qualquer espécie) no disco.
  • LI ou LIL? - o arquivo /boot/boot.b foi movido sem que o LILO fosse em seguida reinstalado, ou ocorreu um erro de disco.
  • LIL - O LILO não pôde alocar dados do map file, provavelmente por um erro de disco.
  • LIL- - Dados inválidos no map file, o arquivo /boot/boot.b foi movido sem que o LILO fosse em seguida reinstalado, ou ocorreu um erro de disco.
  • LILO - o LILO foi carregado com sucesso.

    Saiba mais sobre o assunto, prestando muita atenção às limitações do LILO, lendo o LILO Mini-HOWTO.

    Fiz o download de um arquivo no formato .tar.gz (ou .tgz) e quero instalar. Como proceder?

    Esta pergunta é importantíssima, e tem um documento oficial só para ela! Consulte o Software-Building-HOWTO.

    Mas tenha também em mente as seguintes dicas: para descompactar e extrair no diretório corrente o arquivo teste.tar.gz, digite tar zxvf teste.tar.gz. Para criar um arquivo no formato .tar.gz contendo todo o diretório exemplo1, situado no seu diretório corrente, use tar zcvf nomequalquer.tar.gz exemplo1. E lembre-se que bons pacotes incluem um arquivo chamado INSTALL, em formato texto, explicando como realizar a sua instalação.

    Rede, Dial-up e modem

    O ppp disca, conecta mas não consigo acessar nada na internet. Por que?

    Se o seu ppp está configurado corretamente, provavelmente você esqueceu de configurar o servidor DNS. Utilize sua ferramenta de configuração favorita, ou edite o arquivo /etc/resolv.conf, acrescentando (no início) a seguinte linha, substituindo o 10.11.12.13 pelo endereço do servidor DNS do seu provedor de internet :

    nameserver 10.11.12.13

    Configurei o Linux corretamente, quero discar para meu provedor mas o KPPP (ou similar) insiste em apresentar mensagens de erro que não fazem sentido (modem ocupado, etc). Por que?

    As mensagens de erro das versões correntes do kppp são enganosas, em muitas ocasiões. A sugestão é utilizar um discador mais simples (como o pppfacil e acompanhar as mensagens de erro através do comando 'tail -f /var/log/messages'.

    O Linux insiste em dizer que meu modem está ocupado, por que?

    Uma das possíveis razões é o erro na configuração da IRQ do modem. Verifique sua configuração, e recorra às suas ferramentas de configuração favoritas para alterá-la. Uma dica extra é consultar o manual da sua distribuição (você tem o manual, não tem?) e os manuais oficiais, Modem-HOWTO e PPP-HOWTO, que você encontra no Linuxdoc.org, ou em versão traduzida no LDP-BR.

    Instalei o Linux corretamente, mando discar pelo Minicom, e o sistema não faz o que eu esperava que ele fizesse. Por que?

    Já passamos do ano 2000, e é surpreendente que muitos usuários continuem usando o minicom como ferramenta de discagem para posterior estabelecimento de conexão PPP. Ele não foi feito para isto, e certamente não é a melhor solução para este problema (embora seja excelente para outros usos, e até mesmo para testar se seu modem está funcionando bem). Use uma ferramenta de discagem mais apropriada, como o wvdial, scripts chat ou o pppfacil. Se tiver certeza de que seu sistema está bem configurado, use até mesmo front-ends como o kppp; mas dar suporte a conexões ppp pelo Minicom nesta década parece um contra-senso.

    Comprei por engano um Winmodem ou HSP Modem, mas gostaria de utilizá-lo no Linux. O que posso fazer?

    Leia nossa dica sobre modems PCTEL. Se não for suficiente, corra ao linmodems.org.

    Como faço para permitir que um usuário comum (não-root) inicie a conexão com a Internet?

    Você não deveria, pelo menos não sem considerar os impactos de segurança sobre o seu sistema. Mas se mesmo assim você quiser, o PPP-Howto explica, no item ''Using PPP and root privileges''. Você encontra este documento no Linuxdoc.org, ou em versão traduzida no LDP-BR.

    O modem XYZ é suportado pelo Linux?

    Se o seu modem for externo, provavelmente a resposta é SIM. Se ele é interno, padrão ISA, e possui jumpers para configuração de IRQ e endereço de I/O, a resposta deve ser SIM também. Muitos outros modems (modems PCI, modems onboard...) podem ou não funcionar. No caso dos PCI, podemos ajudar; para maiores detalhes, visite Linmodems.org e o Modem-HOWTO que você encontra no Linuxdoc.org , ou em versão traduzida no LDP-BR.

    Como faço para interligar a minha rede local à Internet usando o Linux?

    Isto é bem mais fácil do que parece. Visite o nosso mini-tutorial de IP Masquerading, para interligação direta (inclusive através de linha discada), ou o nosso texto sobre o Squid, para conexão restrita a web e ftp. O IP-Masquerade-HOWTO e o IPCHAINS-HOWTOtambém podem ajudar muito.

    Como faço para que o Linux disque automaticamente sempre que houver necessidade de conexão à Internet?

    Visite nosso texto sobre diald e descubra!

    Não sei onde posso estar errando na configuração do PPP, e não consigo conectar com meu provedor, embora meu modem esteja corretamente reconhecido pelo Linux. O que devo fazer?

    Consulte nossas dicas de conexão, principalmente a parte que fala no pppfacil. Se restarem dúvidas, recorra ao PPP-Howto, que você encontra no Linuxdoc.org , ou em versão traduzida no LDP-BR.

    Meu modem disca, troca sinais com o modem do provedor, mas após alguns instantes a conexão cai antes de se completar totalmente. Como posso resolver?

    Leia a resposta à questão anterior.

    Quero instalar um servidor de e-mail baseado em Linux. Como fazer?

    Além de ser recomendável adquirir ANTES um bom conhecimento de como funciona o sistema de e-mail, quais os papéis desempenhados pelo SMTP, pelo DNS e pelo POP ou IMAP (se for o caso), e de suas necessidades específicas, você deve consultar o Mail-Administrator-HOWTO.

    Quero instalar um servidor de e-mail com domínios virtuais baseado em Linux. Como fazer?

    Como fazer para que meu sistema Linux, com uma única placa de rede, responda por vários endereços IP?

    Quero instalar um servidor web baseado no Linux. Como fazer?

    Quero instalar/configurar um servidor ftp baseado no Linux. Como fazer?

    Tenho um servidor de ftp, e quero que os usuários não possam "passear" pela árvore de diretórios da máquina. Como posso limitá-los apenas ao seu diretório home?

    Como faço para ler meus e-mails do provedor, filtrá-los por assunto, origem, data e lista, responder automaticamente quando estiver em férias, reenviá-los automaticamente para minha conta pessoal, e outras necessidades (in)comuns?

    Como montar uma lista de distribuição de e-mail baseada em Linux?

    Como configurar o banco de dados Oracle no Linux?

    Como configurar o banco de dados PostgreSQL no Linux?

    Como faço para saber mais sobre a interligação do Linux em redes Windows, e vice-versa?

    Como faço para saber mais sobre a interligação do Linux em redes Novell, e vice-versa?

    Como faço para configurar um sistema de catálogos de usuários na minha rede, semelhante ao do MS-Exchange, mas usando o Linux?

    Estou com problemas relacionados ao serviço de DNS, ou à resolução de nomes. A quem recorrer?

    Quero configurar a placa de rede XYZ no Linux. Como fazer?

    Quero ativar o serviço XYZ utilizando linhas X.25 no Linux. E agora?

    Quero conectar duas máquinas através de linha privativa de telefonia. Como fazer?

    Não consigo dar telnet como root para meu sistema Linux. O que devo fazer?

    Certo, mas como posso me informar melhor sobre boas práticas de segurança?

    Como utilizo atribuição de endereços baseada em DHCP?

    Preciso de mais informações sobre rede no Linux, e não sei onde procurar. Quais os documentos essenciais?

    Suporte a Hardware

    Como configuro a placa de video ou o monitor XYZ no Linux?

    A placa de vídeo XYZ é suportada pelo Linux?

    Como configuro a acentuação em português e o teclado brasileiro (ABNT ou US international)?

    Como configuro a impressora XYZ no Linux?

    Como faço para acessar meus disquetes, partições de outros sistemas operacionais ou CD-ROMs pelo Linux?

    Como posso utilizar meu scanner no Linux?

    Como configuro minha placa de som no Linux?

    Como configuro a minha placa multi-serial no Linux?

    Como configuro meu ZIP Drive no Linux?

    O Linux aceita minha UPS ou no-break inteligente?

    Meu teclado possui algumas teclas estranhas, com um desenho que lembra uma pequena janela. Como posso dar alguma utilidade a elas?

    Comprei um microcomputador barato, mas ele veio com uma placa de som on-board (modelo CMI8xxx). Como utilizá-la no Linux?

    É possível instalar o Linux no meu laptop ou notebook?

    Onde posso obter mais informações sobre hardware suportado pelo Linux?

    Geral

    Estou encontrando problemas para recompilar o kernel do Linux. Quem pode me ajudar?

    Como alterar o prompt da shell?

    Como faço para criar um disquete de boot do Linux?

    Quero desinstalar o Linux, mas não consigo me livrar do LILO durante o boot. Como fazer?

    Quero ativar a característica XYZ do LILO no boot do Linux. Como fazer?

    Durante a inicialização do Linux, o LILO começa a carregar, exibe algumas letras na tela e em seguida congela. Qual a razão?

    Quero jogar alguma versão de Quake no Linux, mas estou enfrentando o problema XYZ. Como proceder?

    Estou com problemas para reparticionar o meu disco rígido para poder instalar o Linux. O que devo fazer?

    Que livros sobre Linux eu devo ler?

    Como posso obter um diploma de técnico em Linux no Brasil?

    Estou tentando rodar um programa em Perl sem sucesso. Como fazer?

    Fiz o download de um arquivo no formato .tar.gz (ou .tgz) e quero instalar. Como proceder?

    Fiz o download de um arquivo no formato .rpm e quero instalar. Como proceder?

    Fiz o download de um arquivo no formato .deb e quero instalar. Como proceder?

    Como saber os arquivos contidos dentro de um pacote RPM?

    Onde posso encontrar o programa XYZ para Linux?

    Preciso de um software de CAD para Linux. Onde posso obter?

    Quero usar programas em Clipper no Linux. É possível?