Visite também: UnderLinux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L ·  NoticiasLinux ·  SoftwareLivre.org ·  [mais] ·  Currículo ·  Efetividade

Sobre o BR-Linux

O BR-Linux é um website mantido por Augusto Campos Google+ que focaliza a comunidade de brasileiros interessados no kernel Linux e outros assuntos correlatos, trazendo notícias sobre temas que a interessam e permitindo a livre discussão entre seus participantes.

Com mais de 90.000 visualizações de páginas por dia, mais de 1 milhão de visitantes únicos por mês e uma média de 10 novas notícias todos os dias, trata-se de uma comunidade vibrante e permanentemente em atividade.

Criado em 1996, o BR-Linux é um dos mais antigos websites sobre Linux em atividade no Brasil. Embora no passado tenha se envolvido com ênfase na publicação de documentação e tutoriais, a proliferação de outras iniciativas nacionais neste sentido permitiu que a partir de 2004 o foco passasse a se concentrar nas notícias sobre o kernel Linux e software livre em geral.

Hoje o objetivo do BR-Linux é fazer a sua parte para manter a comunidade e os interessados em Linux no Brasil informados sobre todos os aspectos relacionados a tecnologia, inclusão digital e outros temas ligados ao código aberto, para que cada um possa desenvolver seu próprio posicionamento e definir sua atitude. Parte deste processo é oferecer, junto a cada notícia, uma área de debates sobre ela. O BR-Linux não se furta a divulgar sua própria opinião e posicionamento sobre os temas abordados, sempre que considera relevante.

Administrado e mantido por uma equipe pequena e coesa, o BR-Linux recebe a contribuição de diversos indivíduos, algumas empresas e da comunidade como um todo, de diversas formas - incluindo a constante criação de conteúdo, publicado sempre sob licenças de livre redistribuição. Uma empresa merece menção especial: há 3 anos o website é hospedado em servidores fornecidos de forma totalmente gratuita pela Linux Security, possibilitando que o editor possa se concentrar na publicação de conteúdo, sem dividir seu tempo com a administração de servidores e a obtenção de recursos.

O fato de ser trabalho voluntário permite ao BR-Linux continuar subsistindo como um veículo com personalidade própria, mantido com características de blog pessoal, e assumindo o direito de expressar opinião. O que não o impede de recomendar na barra lateral da capa: "Visite sempre múltiplos sites para formar sua opinião, pois os pontos de vista e os focos de cobertura podem variar bastante" - e incluir abaixo desta frase os links para diversos outros sites da comunidade Linux brasileira.

Tema e foco: O tema básico do BR-Linux são os softwares de código aberto (especialmente os que rodam sobre o kernel Linux, mas sem se limitar a eles) e outros assuntos correlatos, incluindo as notícias sobre organizações e indivíduos que possam ter implicações sobre o mercado ou a comunidade associados ao software livre, os sistemas UNIX e seus derivados, os padrões abertos, softwares de qualquer natureza que rodem em ambientes suportados pelo Linux, a inclusão digital, a liberdade do conhecimento, políticas de segurança, direitos autorais, a liberdade e privacidade na internet, a conectividade, o hardware e outros temas que possam interessar a desenvolvedores, distribuidores, administradores de sistemas, usuários ou entusiastas do software livre, do Linux ou dos produtos a ele relacionados.

Perguntas freqüentes: Respostas para diversas dúvidas comuns dos leitores podem ser encontradas na FAQ do BR-Linux.

Anunciantes: Saiba como anunciar no BR-Linux.


BR-Linux na revista Isto É (2004)

Troféus: O BR-Linux recebeu menção em diversos órgãos de imprensa ao longo destes anos de atividade. Houve episódios de material plagiado (sem menção à fonte ou autoria) em outros websites e até em revistas nacionais, mas aconteceram também vários casos que são motivo de orgulho, incluindo uma longa menção em uma matéria sobre a internacionalização do Linux publicada na revista Linux Format inglesa em outubro de 2000, uma matéria (com foto de página dupla, reproduzida acima) na revista Isto É (que classificou o BR-Linux como "a página sobre software livre mais procurada no Brasil"), ocasionais menções em sites internacionais como o LWN e o Slashdot, e a frequente citação como fonte reconhecida em matérias sobre Linux em websites de notícias como Terra, UOL e Yahoo Notícias.


Veja recomenda o BR-Linux (já em 05/1999, ainda no Trix.net)

 

Posicionamento do BR-Linux

  1. O BR-Linux promove o software livre, o código aberto e outras modalidades de licenciamento de software e de conteúdo digital que interessem às respectivas comunidades, sem tratá-las como se concorressem entre si, por acreditar que todo usuário de computador, se assim desejar, deve ter a liberdade de escolher softwares que ele possa plenamente executar, copiar, distribuir, estudar, compartilhar, modificar e melhorar, para qualquer finalidade.
  2. O BR-Linux é um site dedicado ao Linux e ao fomento de sua comunidade no Brasil, mas não representa ou fala em nome de nenhuma outra marca, entidade ou agremiação.
  3. Embora considere válidas as justificativas ideológicas para a preferência pelo código aberto, o BR-Linux.org opta por defendê-lo adotando sempre que possível justificativas pragmáticas, baseadas no superior atendimento das demandas percebidas pelo usuário, e nos resultados mensuráveis.
  4. O BR-Linux tem opinião, e a manifesta sempre que julga conveniente - e por isto encoraja seus leitores a sempre se informar a partir de múltiplas fontes e pontos de vista, para conhecer opiniões adicionais antes de formar a sua. Ainda assim, o BR-Linux aceita publicar artigos assinados que não correspondam à opinião do site ou de seu autor, quando considera o texto relevante, de qualidade e adequado ao público do site.
  5. Embora aplauda e até mesmo contribua com indivíduos e organizações que adotam uma postura evangelista ou missionária buscando conscientizar e pregar a causa da liberdade de software ao público em geral, o BR-Linux concentra seu foco em uma missão mais específica: prover informação atualizada, com variedade e qualidade, para as pessoas que já usam o código aberto, ou que já tiveram seu interesse despertado por ele.
  6. Quanto ao vocabulário, o BR-Linux chama o Linux de Linux, e o GNU de GNU, e leva em conta as opiniões dos respectivos autores e de outros envolvidos quando precisa se referir a casos omissos. Para as palavras em nosso idioma, havendo discussão sobre o sentido ou validade de seu uso em qualquer conteúdo do site, o BR-Linux adota primariamente o conjunto completo das acepções referenciadas em edições recentes dos dicionários Houaiss e Aurélio, e as grafias que constam no Vocabulário Ortográfico mantido pela ABL. Para palavras em inglês, adota-se primariamente o dicionário Webster's. Para termos técnicos de informática e tecnologia, adota-se primariamente a terminologia empregada pelo proponente de cada tecnologia; caso seja necessário referência externa, na ausência de material do próprio proponente da tecnologia, emprega-se os documentos do IETF, o Jargon File ou as definições consolidadas na Wikipedia, nesta ordem. Para a conceituação de Software Livre e seu licenciamento, no BR-Linux se adota e assume a definição da FSF; do mesmo modo, para código aberto é empregada a definição (anotada) da OSI, e para conteúdos livres, a do FreedomDefined.
  7. O BR-Linux repudia a censura, o patrulhamento ideológico e as tentativas de imposição de comportamentos, atitudes, ideologias e até mesmo do exercício de direitos, exceto quando realizado por parte legitimamente constituída para tal.
  8. O BR-Linux considera parte de sua missão divulgar as ações e posicionamentos dos líderes das comunidades de software livre e código aberto, tratando-os como integrantes dignos de destaque, mas não como divindades, entes infalíveis ou que devem ser protegidos de suas próprias declarações e atos.
  9. O BR-Linux não considera que exista alguma distribuição, SGBD, editor de texto, linguagem de programação ou outro software que seja absolutamente superior a todos os demais de sua classe. Entretanto, quando se trata de observar quais são os mais populares ou preferidos, o BR-Linux adota a ordem definida pelos seus leitores na pesquisa anual dos Favoritos da Comunidade Linux Brasileira. [veja os resultados: 2006, 2005, 2004, 2003 ]
  10. O BR-Linux compõe sua pauta a partir de notícias e informações que possam interessar ao conjunto de seus leitores, partindo de sugestões deles mesmos e do conjunto de seus editores. Eventualmente estas notícias incluem aspectos negativos ou críticas sobre a comunidade ou parte dela, como é natural. Outras vezes, o nexo com o Linux é apenas indireto, por se tratar de alguma atitude digna de nota (ou de análise) de outros participantes do mesmo mercado onde o Linux atua. Da mesma forma, determinados assuntos cobertos pelo BR-Linux certamente são considerados irrelevantes por parte da comunidade, ao mesmo tempo em que outras parcelas os apreciam - ao mesmo tempo em que determinados assuntos que seriam considerados relevantes por parte dos leitores sempre podem ficar de fora, pelos mais variados motivos.
  11. O BR-Linux comercializa espaços demarcados para publicidade, mas não mascara a publicidade paga como se fosse notícia, nem comercializa publicidade redacional ou merchandising.
  12. O BR-Linux busca fomentar a comunidade e o mercado nacionais associados ao software livre e de código aberto, incluindo grupos de usuários, outros sites da comunidade, editoras, cursos, prestadores de serviços, empregadores, distribuidores de software, e outros, aceitando publicar notas e avisos enviados por eles como sugestão de notícia, mas sem se furtar a publicar notícias a respeito deles mesmo quando não há viés positivo, se considera relevante.
  13. O BR-Linux considera que é mais eficaz promover o software livre divulgando suas qualidades do que atacando empresas e produtos proprietários.
  14. O BR-Linux acredita que toda pessoa deve poder exercer e divulgar suas opiniões no momento de realizar suas escolhas como cidadão, membro da comunidade e consumidor, "votando" individualmente com a carteira e com os pés na hora de apoiar iniciativas ou adquirir produtos e serviços.
  15. O BR-Linux apóia e divulga outras iniciativas de indivíduos ou grupos com objetivo de informar a comunidade brasileira, complementando de forma independente e autônoma as atividades do próprio BR-Linux, e oferecendo seu ponto de vista e sua contribuição.
  16. O BR-Linux publica anúncios comerciais em suas páginas, de acordo com o detalhamento disponível no Guia do Anunciante. Um percentual dos recursos obtidos com a publicação do material com licença livre enviado pela comunidade é periodicamente empregado no fomento a projetos e entidades relacionados ao software livre, a critério do autor do BR-Linux. Estas contribuições podem ou não ser divulgadas, a critério do BR-Linux.

 

O editor: Augusto Campos

O BR-Linux foi criado e é editado por Augusto César Campos, que dedica diariamente uma parcela do seu tempo livre a fazer a sua parte para manter informada a comunidade Linux brasileira.

Embora esteja hospedado em servidores administrados pela empresa Linux Security e localizados em Marília (SP), todo o conteúdo enviado pelos colaboradores e pela comunidade é editado a partir do escritório do BR-Linux em Florianópolis.

Augusto Campos está envolvido na comunidade Linux brasileira desde 1996, participando de eventos e colaborando de forma contínua ou esporádica em diversas publicações técnicas em atividade ou extintas, como Linux Magazine (onde é colunista fixo), Revista do Linux, PC Master, Geek, Copyleft e outras, além de diversos jornais e outros websites da comunidade. Como curiosidade, ele é uma das 4 pessoas que foram incluídas nas duas "Seleções Brasileiras de Linux" já eleitas por publicações brasileiras: a da Revista do Linux e a da PC Master.

Quando não está editando o BR-Linux, ele é administrador em uma organização de porte nacional, ou anda de bicicleta na Avenida Beira-Mar Norte ;-)

Se você desejar entrar em contato com o Augusto, use este formulário ou o endereço brlinuxtalkΘgmail.com no Google Talk.

Inserindo um banner ou as notícias do BR-Linux no seu site

Se o seu site suporta PHP, é muito fácil incluir nele um resumo das notícias do BR-Linux com atualização automática - veja as instruções. Sinta-se à vontade, a licença de uso destas informações é livre.

Uma forma ainda mais fácil de incluir as notícias do BR-Linux no seu site ou blog, sem ter de fazer nenhum upload ou instalação, é copiar e colar um trecho de javascript no layout ou no tema, preferencialmente em uma barra lateral. Veja as instruções e saiba como é fácil inserir as manchetes do BR-Linux na barra lateral do seu site ou blog.

Caso você tenha interesse em exibir o banner do BR-Linux em seu site, não é necessário pedir autorização - ficamos muito felizes! Veja na nossa página de dicas sobre banners vários modelos de gráficos, o código HTML necessário e todos os demais detalhes.

Comentar

 
comments powered by Disqus

Comentários arquivados